segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

VEJA O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ PASSA CAFÉ ABAIXO DOS OLHOS...

VEJA O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ PASSA CAFÉ ABAIXO DOS OLHOS...


Truque para rejuvenescer a região dos olhos






Olheiras incomodam bastante, já que é um problema bem visível.


Muita gente reclama dos vários produtos no mercado que prometem eliminar as manhas escuras abaixo dos olhos, pois eles são caros e pouco eficientes.
 
As mulheres conseguem disfarçar o problema com maquiagem, mas não passa de um paliativo.
Os homens, por outro lado, nem para isso podem apelar.
Nós temos um método barato e simples, além de ser totalmente natural.
 
Tudo o que você precisa é de café, pimenta-do-reino ralada e óleo de coco.
MODO DE PREPARO
Misture um pouco de borra de café (o pó que sobrou depois do preparo) com um pouquinho de pimenta-do-reino e, em seguida, adicione o óleo de coco.
Não precisa de quantidades específicas – basta combinar um pouco de cada ingrediente.
Depois que obtiver a mistura, passe na área das olheiras.
 
Faça isso massageando suavemente com os dedos.
Depois, deixe a mistura repousar durante cinco ou dez minutos.
O ideal é que a máscara fique seca sobre a pele.
Remova a mistura com água e passe um hidratante para finalizar, se quiser.








Aplique à noite e, antes, passe um pouco na pele para ver se ocorre alguma reação alérgica.
Por ser natural, este tratamento pode ser realizado várias vezes por semana.
Além de eliminar a mancha escura, a receita ajuda a hidratar a pele, graças ao óleo de coco.
 
Quanto ao café, ele é o protagonista de muitos tratamentos de beleza, alguns deles já publicados no nosso Cura pela Natureza (veja <AQUI>).
Não pense que as olheiras só podem ser resultado de fadiga e falta de sono.
Elas também podem ser:
- Hereditárias
- Causadas pelo estresse
- Causadas por anemia
- Devido ao elevado consumo de sal, álcool e fumo
- Causadas pela exposição excessiva ao sol
Não deixe de experimentar a receita deste post, afinal é bem mais barata do que qualquer outro produto industrializado.​

Nenhum comentário:

Postar um comentário