quinta-feira, 13 de agosto de 2015

IMPORTANTÍSSIMO...Leslie Keeley teria encontrado a cura para o alcoolismo no século 19, mas sua fórmula misteriosa nunca foi revelada!

IMPORTANTÍSSIMO...Leslie Keeley teria encontrado a cura para o alcoolismo no século 19, mas sua fórmula misteriosa nunca foi revelada!

O médico mais famoso dedicado ao tratamento do alcoolismo era Leslie Keeley, que comandou o Instituto Keeley e vendia nele o famoso “Keeley’s Gold Cure”.
A tradução literal seria “A Cura de Ouro de Keeley”. O objetivo era se livrar do vício do álcool. Quando os pacientes buscavam tratamento, recebiam um quarto agradável, encorajamento e quatro injeções de bicloreto de ouro por dia.
A substância era, obviamente, um segredo. A questão é que essa substância não existia, mas funcionava. O resto da comunidade médica estava curiosa para descobrir qual era o medicamento dado aos seus paciente. Eles arrancariam o “ouro” de Keeley a qualquer custo. Algumas amostras não eram difíceis de serem obtidas. Keeley vendia frascos de uma versão da cura para serem tomados por via oral, assim que o paciente chegasse em casa.
Mas eram as injeções que fascinaram as pessoas, que, muitas vezes, entravam no instituto disfarçados de alcoólatras ou de trabalhadores do instituto para tentar obter amostras. Muitos deles conseguiam o material para investigação da substância, mas cada análise produzia resultados diferentes. Alguns cientistas encontraram traços de álcool na composição. Alguns encontraram vestígios de extrato de coca. Outros encontraram estricnina, casca de salgueiro, amônia e aloe vera (popularmente chamada de babosa). Muitos encontraram vestígios de sais de ouro, mas ninguém poderia explicar por que aquilo realmente funcionava.
Alguns cientistas acreditavam que tudo não passava de um placebo, que incentivava os pacientes por conta do ouro, dando a impressão de que eles estavam recebendo um tratamento de alta classe e caro. Um químico afirmou que as injeções eram apenas sedativos.
Keeley nunca revelou o segredo de sua “substância de cura”. Independentemente disso, centros de Keeley ficaram populares durante todo o final de 1800 e início de 1900, e a última existiu até 1965.


Alguns teóricos da conspiração acreditam que Keeley realmente tinha encontrado um tratamento eficaz, mas foi suprimido. A maioria dos médicos, agora, acreditam que Keeley tinha uma alta taxa de sucesso, porque seus centros davam a cada pessoa uma atenção individual e incentivo. Visto dessa forma, ele fez uma descoberta médica até hoje desconhecida.



Não se tem notícia de clínicas que pratiquem o mesmo método ao redor do mundo. Também não se sabe se de fato existia algum fármaco descoberto por ele que conseguia ajudar os alcoólatras a saírem do vício. O fato é que, sendo ou não placebo, o número de pessoas que conseguiam abandonar completamente o álcool era bastante alto e significativo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário