sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Óleo de Orégano. Como Beneficiar sua Saúde.CONHEÇA SEUS PODERES.


Como Beneficiar sua Saúde com o Óleo de Orégano

Neste Artigo:Tome o óleo de orégano oralmenteAplique o óleo de orégano como uma pomada tópicaTrate o óleo de orégano como um remédio

Existem algumas pesquisas científicas que sugerem a existência de propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas, antifúngicas e antiparasitárias do óleo de orégano. Embora testes confiáveis feitos em humanos testando a eficácia do óleo de orégano no tratamento de condições médicas ainda estejam em falta, ele tem um apoio anedótico considerável. Siga os passos abaixo para se dar a melhor chance de beneficiar sua saúde com o óleo de orégano.

Método 1 Tome o óleo de orégano oralmente
 
Em um pequeno estudo sobre o óleo de orégano (também conhecido como óleo do orégano Mediterrâneo ou Origanum vulgare — este não é feito da planta utilizada como tempero, que é conhecida como Oregano Marjoram), a administração oral do óleo por seis semanas resultou no abatimento ou desaparecimento de certas cepas de parasitas e sintomas gastrointestinais. Existem certas evidências de que a administração oral desse óleo pode ajudar a reduzir inflamações estomacais e combater certos parasitas e bactérias que podem causar sintomas gastrointestinais desagradáveis.


1
Consulte um médico. Os suplementos de óleo de orégano não são recomendados para todas as pessoas. Antes de começar um regime com esse óleo para tratar sintomas internos, consulte um médico para certificar-se de que não há qualquer contra-indicação (como gravidez ou anemia) para o uso do óleo.
Um médico também deve ser capaz de sugerir uma dose recomendada para as tentativas de usar o óleo de orégano como um tratamento natural para a sua condição.
Algumas doses do óleo precisam ser combinadas com comprimidos de ferro ou outros óleos ou líquidos para diluir a concentração ou corrigir certos efeitos que o uso puro ou consistente dele pode causar.


2
Selecione um óleo emulsificado. Durante todo o seu tratamento, 600 mg de óleo emulsificado em forma de cápsula por dia deve ser a dose máxima necessária (para tratamentos a curto prazo) para aliviar sintomas intestinais e reduzir a inflamação.
Doses menores, de 100 a 150 mg por dia em forma de cápsula, devem ser suficientes para sintomas ou problemas menos sérios, como desequilíbrios fúngicos, inflamações gerais, problemas nos seios nasais e dores estomacais.


3
Tome o óleo diariamente até que os sintomas se resolvam. O óleo de orégano precisa ser tomado consistentemente para acumular o efeito e reduzir os sintomas. Não pule doses, assim, você terá uma maior chance de se beneficiar das propriedades curativas do óleo de orégano. As doses podem ser divididas durante o dia.


4
Beba o óleo misturado com suco, água ou leite. Como ele pode ser muito intenso e até perigoso em sua forma não diluída, tome os suplementos em forma de cápsula ou misture as gotas não diluídas com um copo pequeno de suco, água ou leite antes de consumir.
O óleo de orégano (de 3 a 6 gotas) misturado com suco pode ajudar com dores de garganta, resfriados ou problemas nos seios nasais.
Quando for comprar um suplemento, procure por uma concentração de 70% ou mais de cianofenol.

Método2Aplique o óleo de orégano como uma pomada tópica

As mesmas propriedades antifúngicas e anti-inflamatórias do óleo de orégano que o tornam útil para problemas respiratórios e gastrointestinais fazem com que ele possa ser usado como uma pomada tópica para tratar problemas semelhantes. O óleo diluído pode ser aplicado diretamente à pele para ajudar a curar infecções fúngicas, coceiras, irritações da gengiva e outras irritações cutâneas.


1
Siga as instruções da embalagem do óleo de orégano. Dependendo da concentração do produto comprado, talvez você precise misturá-lo com diferentes quantidades de outros óleos antes de aplicá-lo à pele.


2
Misture o óleo de orégano com azeite de oliva ou óleo de coco. Se o de orégano for em sua forma pura, misture uma gota dele com uma colher de chá de um azeite alimentar leve, como o de oliva ou de coco.
Se precisar de óleo suficiente para cobrir uma área maior da pele, mantenha a proporção de uma gota de óleo de orégano e uma colher de chá de outro óleo para toda a mistura.


3
Comece com um regime de cuidados de pele de uma aplicação por dia. Se sua infecção ou problema persistir ou apresentar pouca melhora, aumente a aplicação (de óleo de orégano diluído) para duas ou três vezes por dia.
Se não houver melhora após duas semanas ou os sintomas piorarem, descontinue o uso do óleo e consulte um médico. A natureza do problema de sua pele talvez não possa ser tratada de forma eficaz pelo óleo de orégano.

Método 3 Trate o óleo de orégano como um remédio

Assim como qualquer outro tratamento médico, o óleo de orégano pode ter efeitos colaterais e talvez até cause reações alérgicas em alguns indivíduos. Ele não deve ser usado para tratar doenças sérias ou sintomas graves a menos que seja sob supervisão de um médico ou farmacêutico. Se perceber uma reação negativa aos suplementos ou às aplicações tópicas, descontinue o uso do óleo e consulte um médico.


1
Esteja ciente de possíveis alergias. Como o orégano é da mesma família de plantas da menta, tomilho, manjericão e sálvia, as pessoas com alergias a alguma dessas ervas pode apresentar uma reação semelhante ao orégano.
Se você tem uma sensibilidade a qualquer membro dessa família de plantas, tenha cuidado ao usar o óleo de orégano, começando com uma única dose de concentração baixa até que descubra como seu corpo reagirá.


2
Não use o óleo de orégano como um tratamento a longo prazo. Como ele pode interferir na absorção de ferro e afetar o fluxo sanguíneo, ele deve ser usado apenas como tratamento a curto prazo de condições específicas.
O óleo de orégano não é um suplemento diário recomendado, mesmo para indivíduos que sofrem de inflamação intestinal crônica ou problemas gastrointestinais a longo prazo, a menos que tenha sido prescrito por um médico.


3
Descontinue o uso imediatamente e procure ajuda médica se certas reações forem apresentadas. Se o uso do óleo de orégano causar vômito, erupções cutâneas, inchaço, irritação ou dificuldades respiratórias, consulte um médico. Mesmo os óleos naturais possuem propriedades medicinais significativas e podem causar sérias complicações médicas quando administrados de forma incorreta ou em indivíduos com uma intolerância aos compostos da planta.
Dicas

Várias gotas do óleo também podem ser colocadas em uma colher de chá de açúcar e tomadas oralmente duas ou três vezes por dia para tratar sintomas gerais de inflamação ou infecção.
Tente gargarejar com o óleo de orégano diluído para aliviar uma dor de garganta ou sinusite. Misture duas ou três gotas do óleo em suco de laranja ou água morna e gargareje várias vezes, de manhã e à noite, para aliviar a inflamação e combater infecções.
Avisos

Os suplementos como o óleo de orégano não são regulamentados pelos órgãos de vigilância sanitária. Selecione cuidadosamente um suplemento de uma empresa e vendedor respeitáveis e armazene o produto de acordo com as instruções na embalagem.
Não exceda as doses diárias recomendadas na embalagem do óleo de orégano, pois isso pode ter sérias consequências à sua saúde.
Referências

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2233768/
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10815019
http://naturaldatabase.therapeuticresearch.com/nd/Search.aspx?cs=OSU&s=ND&pt=100&id=644&fs=ND&searchid=32905773
http://www.naturalstandard.com/databases/herbssupplements/oregano.as

Nenhum comentário:

Postar um comentário