sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Um UFO estacionado na plataforma de petróleo do Golfo do México.



Um UFO estacionado na plataforma de petróleo do Golfo do México
Postado por Clóvismoliveir@ em 28 de setembro de 2018
Publicado em: Sem Categoria. Deixe um comentário

fonte https://www.segnidalcielo.it/

Um UFO estacionado na plataforma de petróleo do Golfo do México
por Segnidalcielo 

QUE SEMPRE SE FALOU (EU NÃO Rrs) O HOMEM NAMORA AS LOIRAS E CASA COM AS MORENAS... "As ruivas mais belas de Hollywood"! ONDE FICAM?



 QUE SEMPRE SE FALOU (EU NÃO Rrs) O HOMEM NAMORA AS LOIRAS E CASA COM AS MORENAS... "As ruivas mais belas de Hollywood"! ONDE FICAM? 

Imagem relacionada



Da esquerda para a direita: a apresentadora Maria Eugenia Suconic, a cantora Florence Welch e a atriz Marina Ruy Barbosa

“Os homens preferem as loiras, mas casam-se com as morenas”. Deve ser porque eles ainda não conheceram nenhuma ruiva! Brincadeiras à parte, esse dito popular antigo e um tanto quanto machista é uma balela! Mas o que interessa mesmo é que tem MUITA ruiva maravilynda nesse mundo!






E você já imaginou quais são os motivos de algumas pessoas nascerem ruivas e outras não? Há séculos atrás tinha gente que acreditava bizarramente que os ruivos eram bruxos(as) e tinham pacto com o tinhoso. Mas a real mesmo é que o rutilismo é resultado de uma modificação causada por um gene recessivo (alô, alô aula de genética!) e que atinge cerca de apenas 1% da população mundial. Ou seja, é tipo uma loteria do DNA. :)
As diferenças entre loiras, morenas e ruivas já ganhou diversas pesquisas de opinião e é motivo de distinção social desde a antiguidade . Se as loiras são mais sedutoras e as morenas são "para casar", estudo nenhum conseguiu provar, mas uma atriz que é ícone de beleza contou suas experiências com as duas cores de cabelo. Para Olivia Wilde , o tratamento que se presta a uma loira e uma morena, pelo menos no "showbizz" de Hollywood, é muito diferente. A atual morena dividiu suas impressões com o site "Into The Gloss".
"ACHO QUE A IDEIA DE QUE AS MORENAS SÃO MAIS INTELIGENTES AINDA EXISTE, MESMO QUE NÃO FAÇA SENTIDO"


Mulheres que Amamos – Scarlett Johansson | Salada de Cinema
saladadecinema.com.br




A atriz, que já foi apontada como a mulher mais sexy do mundo, contou sobre as épocas em que era loira e morena e como as cores dos cabelos podem ter influenciado em sua carreira: "passei os primeiros anos da carreira super loira. Eu era uma espécie de 'a menina realmente bonita' ou 'a garota sensual'. 


Naquele ponto da carreira, eram papéis que não me interessavam. Quando tingi os fios de castanho por conta de um papel, as ofertas de personagens mudaram bastante. 

Imagem relacionada

As ofertas passaram a ser para interpretar uma 'garçonete com um coração de ouro' ou uma médica.

Resultado de imagem para As ruivas mais belas de Hollywood

 Me perguntei na época se me ofereceriam esses papéis se eu ainda fosse loira. Acredito que não".



Por outro lado, quando o assunto era a vida social, Olivia percebeu uma mudança nos olhares masculinos quando virou morena. "Me sentia invisível porque você entra em um ambiente e ninguém olha para você.


Resultado de imagem para As ruivas mais belas de Hollywood

 Quando se é loira, é como se um holofote estivesse sempre posicionado sobre sua cabeça. As pessoas não podem evitar olhar", lembrou.

Mulheres que Amamos – Scarlett Johansson | Salada de Cinema
saladadecinema.com.br




Olivia Wilde conta sobre as diferenças sociais e profissionais de ...
belezaextraordinaria.com.br





Love Things: As Ruivas mais Sexy de Hollywood
lovethiings.blogspot.com





Top 10 ruivas que amamos – Série Maníacos
seriemaniacos.tv




As ruivas mais belas de Hollywood - parentztalk.com
parentztalk.com




As ruivas mais belas de Hollywood - Blog Social 1
m.blogs.ne10.uol.com.br




Alma Ruiva: Abril 2012
almaruiva.blogspot.com




Mulheres que amamos: as ruivas mais sensacionais do cinema | Cinema ...
cinemacomrapadura.com.br




Mary Jane: 10 atrizes ruivas (e gatas!) que poderiam interpretar a ...
cineclick.com.br




Notícias ao Minuto Brasil - Confira as ruivas mais belas de Hollywood
noticiasaominuto.com.br




As belas ruivas de Hollywood - Atualidade - SAPO Lifestyle
lifestyle.sapo.pt




As loiras mais poderosas de Hollywood | MdeMulher
mdemulher.abril.com.br


Imagem relacionada

As loiras mais espetaculares de todos os tempos - MDig
mdig.com.br

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

A EVOLUÇÃO DA TERRA SEGUNDO A CIÊNCIA...


Evolucionários...





o mundo em seus olhos terra gif


Imagem relacionada


Segundo cientistas,


Formação do planeta Terra...

Segundo cientistas, o planeta Terra foi formado há aproximadamente 4,6 bilhões de anos após uma grande explosão. Na atmosfera havia muita água, gases e relâmpagos. Quando esses três elementos se juntaram, deram surgimento a diversas substâncias que começaram a fazer da Terra um ambiente propício para a vida.

Muitos elementos químicos formados entraram nesta composição, sua atmosfera era composta por aproximadamente 80% de gás carbônico, 10% de metano, 5% de monóxido de carbono, e 5% de gás nitrogênio. Sendo que os elementos mais densos tenderam a permanecer no centro deste redemoinho gravitacional. Por outro lado, os elementos menos densos, os gases, permaneceram na superfície deste redemoinho. As temperaturas do núcleo do redemoinho permaneceram bastante elevadas e baixavam gradualmente nas regiões que se aproximavam da superfície.

Em forma de retrospectiva, segue os principais eventos que marcaram a formação do planeta e de seus habitantes, os seres vivos.
1º evento: Formação da Terra há aproximadamente 4,5 bilhões de anos, nesse período o planeta era extremamente quente equivalente a uma imensa bola de fogo, não abrigando nem uma forma de vida.
2º evento: Passados milhões de anos após a formação do planeta, a Terra entrou em um processo de resfriamento gradativo, essa alteração originou uma estreita camada de rocha em toda a Terra.



Resultado de imagem para planet earth gif

3º evento: Com as mudanças ocorridas na temperatura do planeta, que foi se resfriando, foi expelida do interior da Terra uma imensa quantidade de gases e vapor de água. Esse processo fez com que os gases formassem a atmosfera e o vapor de água favoreceu o surgimento das primeiras precipitações, um longo tempo de chuva ocasionou a formação dos oceanos primitivos, que possuíam cerca de 20 cm de profundidade.
4º evento: A formação dos oceanos foi fundamental para o surgimento da vida no planeta, pois a origem da vida veio dos seres aquáticos. Dessa forma surgiram primeiramente na planta e as bactérias e algas, além de microrganismos, isso há cerca de 3 bilhões e 500 milhões de anos.
5º evento: Essas primeiras formas de vida foram importantes para o surgimento de outros seres. Surgiram então, oriundos dos microrganismos, os invertebrados dentre eles medusas, trilobitas, caracóis e estrela-do-mar, além disso, desenvolveram plantas tais como as algas verdes, todos os seres vivos desse momento habitavam ambientes marinhos.
6º evento: Pouco tempo depois algumas espécies de plantas marinhas desenvolveram a capacidade de se adaptar fora do ambiente aquático migrando para áreas continentais, dando origem às primeiras plantas terrestres.
7º evento: Os animais terrestres tiveram sua origem a partir do momento que algumas espécies de peixes saíram da água dando origem aos anfíbios e posteriormente aos répteis. Houve um tempo no qual o planeta Terra ficou povoado por grandes répteis denominados de dinossauros, esse ficou caracterizado como o Período Jurássico. O período permiano deu origem às plantas com flores e os mamíferos. Os grandes répteis foram extintos há 70 milhões de anos.
8º evento: Há aproximadamente 65 milhões de anos teve início a formação das grandes cadeias de montanhas como o Himalaia e os Alpes. Os animais como os mamíferos e as aves proliferaram por todo o planeta, a atmosfera já possuía as mesmas características atuais.
9º evento: Há aproximadamente 4 milhões de anos surgiram os ancestrais dos seres humanos, o planeta a partir de então entrou em períodos de muito frio ocasionados pelo crescimento das geleiras, no entanto, há 11 mil anos as geleiras se fixaram nas zonas polares.

Planeta Terra


A Terra é o terceiro planeta mais próximo so Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar. 

Imagem relacionada


É também o maior dos quatro planetas telúricos. É por vezes designada como Mundo ou Planeta Azul

Raio: 6.371 km
Idade: 4,54 bilhões de anos
Distância do Sol: 149.600.000 km
Gravidade: 9,807 m/s²
Massa: 5,972E24 jg
População: 7,125 bilhões (2013)

(Dados retirados do site Wikipédia)

A Terra é o único planeta do Sistema Solar onde existe vida, isso ocorre porque ela apresenta fatores químicos e físicos, sem os quais a vida não seria possível. Estes fatores são: a luminosidade, a temperatura amena, a disponibilidade de água, o ar atmosférico rico em oxigênio e as substâncias químicas utilizadas pelos organismos em geral.

A sobrevivência de qualquer espécie depende da presença destes fatores, mas não exclusivamente deles, de fato, se observarmos a vida de um organismo verificaremos que ele nunca está isolado; pois além dos componentes físicos e químicos ele está sempre cercado por outros seres vivos. Chama-se meio ambiente ao conjunto de fatores físicos, tais como luz e calor, químicos, como oxigênio, nitrogênio e carbono e os biológicos; os seres vivos em geral, sendo eles dos reinos: Monera, Protozoa, Fungi, Vegetal e Animal.

Nosso planeta é uma esfera de 14 mil quilômetros de diâmetro. Em torno dessa esfera existe uma grossa camada gasosa que recebe o nome de Atmosfera, isto é, esfera de ar. Grande parte da crosta terrestre, denominada Litosfera, é recoberta por uma camada de água, chamada Hidrosfera. Reserva-se o termo Biosfera para designar a parte do planeta onde pode ser encontrada vida, trata-se, portanto da região do planeta que contém todos os seres vivos e onde a vida é permanentemente possível.

Resultado de imagem para planet earth gif

A biosfera compreende um espaço que vai desde a altitude de 6200 metros até a profundidade de cerca de 10100 metros, existindo então uma faixa de um pouco mais de 16 quilômetros que compreende os seres vivos, um pouco pequena diante dos 14 mil quilômetros de diâmetro da Terra. Chama-se Ecossistema a uma parte da Biosfera que pode ser estudada isoladamente, como podemos citar um lago, um rio, uma floresta ou um pântano. Note que em um ecossistema existem dois componentes: um físico, denominado biótopo, que é representado pelos componentes abióticos, isto é, não vivos do meio: solo, água, sais, etc; e o outro vivo, denominado biocinese, representado pelos componentes bióticos, isto é, vivos, que nada mais são que o conjunto de seres vivos que povoam o ambiente físico. O ecossistema é, portanto, o conjunto de dois componentes que se inter-relacionam. Chama-se Habitat ao lugar onde uma espécie pode ser encontrada, isto é, seu endereço dentro do ecossistema. Nicho ecológico é o papel que o organismo desempenha dentro do ecossistema. Ao dizermos que o leão habita as savanas africanas, estamos nos referindo ao seu habitat, mas se dissermos que nas savanas o leão atua como predador, devorando grandes herbívoros como a zebra e os antílopes, estaremos nos referindo ao seu nicho ecológico.

Existe vida em outro planeta
Através do telescópio espacial Kepler, a NASA já foi capaz de identificar alguns planetas possivelmente habitáveis. Mas eventualmente havia uma característica ou outra que poderia diminuir as chances de encontrarmos vida fora da Terra.
Porém, a NASA descobriu o Kepler-186f,( o possível primo da terra)e o primeiro planeta confirmado a ter o tamanho da Terra e estar localizado na zona habitável de outra estrela. Isso significa que o novo astro tem o tamanho ideal e a distância certa de seu sol para que ele possa apresentar características similares às de nosso planeta – ou seja, uma composição rochosa e água em estado líquido na superfície
“Estar na zona habitável não significa que o planeta é habitável. A temperatura no planeta depende muito do tipo de atmosfera que ele tem”, explica Thomas Barclay, pesquisador do Bay Area Environmental Research Institute.
Contudo, a atmosfera do Kepler-186f ainda é desconhecida. O telescópio espacial não possui tecnologia suficiente para detectar se as condições atmosféricas são ideais para a presença de água e para que as temperaturas sejam toleráveis para haver vida da maneira que conhecemos. Uma análise mais detalhada do astro será feita pelo telescópio espacial James Webb, que deve ser colocado em órbita em 2018.
Segunda NASA, até 2025 conseguiremos encontrar vidas além da terra,

Por que o nosso planeta possui vida?

Segundo o site “solo na escola”, os principais pontos para que exista vida na terra são:

1- Distância do Sol
Nosso planeta está no ponto exato. Um pouco mais próximo do Sol seria muito quente, e um pouco mais longe muito frio! Os 150 milhões de quilômetros que separam a Terra do Solo é o ponto exato para que a água possa existir em todos os seus estados (gasoso, líquido e sólido).

2- Lua
Ainda não abordamos aqui no blog como a Lua se formou, mas esse será assunto para um post futuro. O que devemos saber agora é que a Lua é responsável pelas marés, e de acordo com os que acreditam que a vida surgiu no oceano, a influência da Lua é essencial. Caso as marés não flutuassem, provavelmente toda a vida estaria restrita ao oceano.

3- Rotação
Se este movimento planetário não existisse, um dos lados do planeta receberia luz solar durante todo o tempo, se tornando muito quente e com nenhuma possiblidade de abrigar a vida, assim como o outro lado, que seria muito frio (sem receber os raios solares) e inóspito.

4- Gravidade
a gravidade manipular objetos e até mesmo se locomover seria muito difícil, o que faz esta força ter grande importância para a vida em nosso planeta.


5- Campo magnético
Já falamos bastante sobre o campo magnético terrestre aqui no blog. O campo nos protege como um escudo, impedindo que partículas carregadas pelo vento solar cheguem até a Terra. Sem ele, estaríamos (literalmente) fritos.

6- Obliquidade
Esta é uma palavra bonita (e difícil) para definir a inclinação da Terra. Se nosso planeta recebesse a mesma quantidade de energia proveniente do sol, provavelmente a diversidade que vemos hoje não seria possível. A inclinação da Terra permite o corrimento de zonas temperadas, onde ocorre a maior diversidade biológica do planeta.
7- Água
Não é por acaso que sempre que os astrônomos observam um planeta a primeira coisa que é pesquisado é a possibilidade de aquele planeta possuir água. Este é um elemento básico para a vida (da forma que conhecemos) e não falta na Terra.

8- Fotossíntese
Esta reação que transforma dióxido de carbono e água em oxigênio e energia é essencial para toda a vida na Terra. Se as bactérias fotossintetizantes e posteriormente as plantas não se desenvolvessem, a vida seria extremamente restrita. A transformação do CO2 em O2 permitiu que a vida aflorasse.



9- Movimentos geológicos
Se todos os nutrientes presentes no solo e nos mares estivessem distribuídos de forma homogênea no nosso planeta, a vida seria impossível. Os movimentos geológicos “bagunçam” com a estrutura do planeta, criando pontos mais ricos e férteis em alguns locais e inóspitos em outros. A tectônica de placas também é responsável pelo processo de especiação, quando duas populações de uma mesma espécie são separadas por um impedimento físico, gerando depois de muito tempo duas espécies diferentes.

10- Tempo
A Terra é um planeta resistente. Possui 4,5 bilhões de anos, o que permitiu que chegássemos até hoje com a vida da forma que conhecemos. Muitos outros planetas são criados e destruídos em menos tempo, o que impede que ocorra a possibilidade de a vida de estabelecer.

Autores da pesquisa: Gustavo Roberto, Fernando Alves, Igor Muzy e Lucas Utikava.

Bibliografia:

http://www.explicatorium.com/CFQ7-Big-Bang.php

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=georges-lemaitre-descobriu-expansao-universo#.VdXOPflVikp

https://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_Lema%C3%AEtre

http://www.if.ufrgs.br/~riffel/fundamentos/notas_aula/trabalho_alunos/BB1.pdf

http://www.sofisica.com.br/conteudos/curiosidades/bigbang2.php

http://blogdocarlosmaia.blogspot.com.br/2015/01/a-origem-do-planeta-terra-documentario.html

http://www.grupoescolar.com/pesquisa/origem-do-planeta-terra.html

http://www.coladaweb.com/astronomia/a-origem-da-terra

http://www.escolakids.com/a-origem-da-vida-na-terra.htm

http://alysson10blogspotcom.blogspot.com.br/