terça-feira, 29 de maio de 2018

A PLANTA QUE EVITA A RETENÇÃO DE LÍQUIDO, AJUDA A PERDER PESO E COMBATE VARIZES.



A natureza nos fornece muitas alternativas naturais para tratar uma série de problemas de saúde.
Por isso, é de grande importância conhecer as propriedades medicinais das frutas, raízes e plantas.
Além do benefício da cura, a medicina natural também evita efeitos colaterais que destroem o corpo e geralmente apresenta soluções mais econômicas.
Nesta matéria, falaremos do poder de uma planta que pode chegar até seis metros de altura e que tem um cheiro forte.
Nós estamos falando da arruda.
Dela, extraímos um óleo essencial maravilhoso para o organismo.
Embora nem todo mundo suporte o sabor da arruda, ela tem propriedades antibacterianas que combatem: dermatite, fungo, pé de atleta e coceira que geralmente sentimos no meio dos dedos.
Tudo isso sem mencionar que promove o rejuvenescimento da pele.
E tem mais!
A arruda possui propriedades sedativas, capazes de relaxar o corpo e a mente em momentos de estresse e ansiedade.
Seu chá é ótimo para:
- Combater prisão de ventre
- Tratar má digestão
- Acabar com cólicas
- Aliviar dores no estômago
- Reduzir dores na cabeça

- Diminuir inchaço na barriga
- Relaxar
- Tratar amenorreia
- Melhorar a circulação nas pernas, ajudando a combater varizes
- Evitar a retenção de líquidos e acelerar a liberação de gordura, o que o torna uma bebida ideal para perda de peso
Para preparar o chá é muito simples:
INGREDIENTES
 
1 colher (chá) de arruda seca

1 xícara de água
MODO DE PREPARO
Adicione a xícara de água a uma panela e leve ao fogo médio.
Quando a água começar a ferver, adicione a colher de arruda seca e deixe no fogo durante 3 minutos.
Passado este tempo, desligue o fogo e tampe a panela para que o chá descanse por 5 minutos.
Depois é só coar e beber.
Não é recomendado tomar mais de três xícaras do chá por dia.
Além disso, se você é gestante, não beba a infusão.
A arruda pode ser muito forte para o bebê.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.







Nenhum comentário:

Postar um comentário