domingo, 1 de outubro de 2017

PARA TODA VIDA! Como fazer iogurte natural em casa?


Se há um produto que é maravilhoso para a flora intestinal, sem dúvidas, é o iogurte. Sua textura suave e fresca encanta o paladar, proporciona vitaminas, minerais e nutrientes ao organismo. Você já tentou fazer iogurte natural em casa?
Imagem relacionada
Por que se conformar com o que há no supermercado quando você pode fazer uma versão do jeito que você gosta, sem conservantes e ingredientes escondidos?
Dizem que para que as coisas fiquem bem feitas, devemos fazê-las nós mesmos. Quer um iogurte caseiro econômico e fácil de preparar? Então mãos à obra!
O iogurte não é nada mais do que leite fermentado, ou seja, com milhões de bactérias que se transformam em ácido lático.

Se você se envolve no preparo, pode controlar os ingredientes, principalmente a quantidade de açúcar e os conservantes.
O objetivo é que seja benéfico para a saúde e que tenha a segurança de que o produto que consome não tem ingredientes industrializados.
As empresas enchem os iogurtes de corantes e aromatizantes para dar sabor, aroma e uma cor que nos prende, mas isso também pode ser prejudicial.
Imagem relacionada
Não há nada como saborear uma deliciosa consistência cremosa misturada com frutas e ver como se tinge de forma natural.
Fique tranquila! Se cozinhar não é a sua praia, não se preocupe porque a receita para fazer iogurte natural em casa é muito simples.
A chave está em três passos: coloque, misture e espere. É só isso!
Receita para fazer iogurte natural em casa
Ingredientes
2 litros de leite integral
½ xícara de iogurte natural sem açúcar (100 g)
1 colher de sopa de açúcar (10 g)
Preparo
Coloque o leite integral em uma panela e aqueça. Não deixe ferver, já que isso mudaria o sabor do iogurte. Mantenha durante 10 minutos a uns 90 ºC para que pasteurize.
Logo antes de ferver, desligue o fogo e deixe esfriar. Com a ajuda de um termômetro, verifique para que esteja a uns 40 ºC. Caso não tenha termômetro, coloque o dedo mindinho no leite e se puder contar 20 segundos sem se queimar, está no ponto!
Adicione a colher de açúcar e mexa de forma uniforme.
Coloque o iogurte e bata muito bem até obter uma mistura homogênea.
Despeje em um molde e cubra com papel alumínio para depois envolver com um pano de cozinhar.
Deixe o molde bem coberto durante 4 horas para que comece o processo de fermentação.
Abra e escorra o soro que se soltou e, com a ajuda de uma colher, bata a mistura.
Finalmente, coloque-o em um recipiente com tampa e deixe na geladeira durante a noite.
Ao acordar, você terá o seu iogurte!
Recomendações
O iogurte e o leite devem estar frescos.
Quando adicionar o iogurte, o leite não deve estar frio, já que as bactérias precisam de calor, mas também não deve estar muito quente, porque se destroem.
Por nenhum motivo interrompa o processo, uma vez que esteja coberto.
Benefícios do iogurte caseiro
Imagem relacionadaContém nutrientes como: potássio, vitamina A, fósforo e cálcio.
Altos níveis de proteína e probióticos.
Não tem aditivos, conservantes e nem saborizantes.
Por ser uma fonte rica em cálcio, previne a osteoporose.
Melhora o aparelho digestivo e acelera o metabolismo.
Reforça o sistema imunológico.
Limpa a flora intestinal e permite que os nutrientes se absorvam melhor.
Previne a anemia.
Reduz o colesterol no sangue, por isso evita o risco cardiovascular.
Ao passar por um processo de fermentação, o leite também fermenta, assim, é ideal para as pessoas intolerantes à lactose.
Ajuda na gastrite e na prisão de ventre.
Previne diarreias, gases e cólicas estomacais.
Suas propriedades beneficiam a pele, pois contribuem para a eliminação de toxinas, e inclusive é ótimo como máscara: nutre, repara e desinfeta o rosto.
Os probióticos equilibram os linfócitos e mantêm os intestinos em equilíbrio, além de regular a produção de citocinas que se encarregam de regular a função das células. Isso ajuda a controlar as alergias, principalmente no verão.
Combate o sobrepeso e a obesidade.
Infecções vaginais? Graças aos lactobacilos que se produzem na fermentação do iogurte natural, é possível evitar que as bactérias se multipliquem no caso de contrair um fungo.
O iogurte não pode faltar depois de praticar exercícios, pois suas altas quantidades de proteínas e carboidratos ajudam os músculos a se repararem e liberarem a energia acumulada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário