sexta-feira, 17 de março de 2017

DELÍCIAS DA VENDINHA....Abram alas para as saudades...




 
Sem conhecer supermercado, paulistano comprava produtos a granel. Foto: Acervo/Estadão
Até meados da década de 1950, os paulistanos não tinham supermercado na cidade. As compras de alimentos como feijão, farinha e milho eram feitas, a granel, em quitandas, feiras, empórios e uma infinidade de armazéns de secos e molhados que existiam espalhados pela cidade. Os fregueses entravam nessas chamadas 'vendinhas' e escolhiam o produto que ficava exposto em sacos abertos. Podiam pegar na mão, examinar a qualidade, o cheiro, a textura. O pedido era feito ao balconista, que pesava e empacotava em sacos de papel os alimentos para o cliente. Quem não tinha dinheiro na hora, pedia para anotar na caderneta.
O Estado de S. Paulo - 19/5/1940
Pelos anúncios das páginas de classificados do Estado é possível conhecer um pouco como era o serviço de abastecimento em São Paulo antes dos supermercados. O Empório Central, no largo do Rosário, por exemplo, vendia farinha de centeio, para pão, féculas de batata e fubá de milho branco.
A Casa F. Monteiro & Cia Ltda, um dos maiores comerciantes de secos e molhados da cidade, publicava no jornal aos domingos a lista de preços de suas mercadorias. "Nosso lema é vender barato para vender mais", disse ao Estado, em 1946, Fernando Monteiro, um dos sócios do empório.
O Estado de S. Paulo - 27/11/1883 e 19/5/1946
    

No Brasil. O primeiro supermercado da cidade, e do Brasil, foi inaugurado em agosto de 1953, com o nome 'Sirva-se'. Ficava na esquina da rua da Consolação com a alameda Santos. Os proprietários tentavam pela primeira vez implantar aqui o sistema norte-americano de vendas no varejo, o auto-serviço, como era chamado, que possibilitava uma escolha mais livre dos produtos por parte do consumidor, dispensando a presença do vendedor.

O Estado de S. Paulo - 4/9/1953
⥈⥈⥈⥈⥈⥈⥈



ASSIM TUDO COMEÇOU; 


"A VENDINHA"



SAUDADES, DOS TEMPOS PASSADOS,
GOSTAR DE COMPRAR DE VENDER,
FORMARAM  QUEM IA MOVER.
HERÓIS QUE DE LONGE TROUXERAM,
CULTURAS COSTUMES FORMADOS,
CRIARAM FIZERAM VENDINHAS,
QUE HOJE SÃO SUPER MERCADOS...


Do editor
João Eli Cassab... JO/ELI


Resultado de imagem para Vendinhas lindas fotos

AMOLEÇA SEU CORAÇÃO...



A vendinha!


Resultado de imagem para vendinha fotos




A Dança das LINGUIÇAS...

linguiça




 miscigenação de raças culturas...


Imagem relacionada




Lembra como éra a vendinha?
Alegre, tão vivas, cheirosas!
Do aroma dos doces, das frutas,
Das linguiças, bailando, fogosas.
Tal qual trapezistas, mostrando,
num circo sem medo encenando,
com ágeis garotas formosas.


Figuras queridas da infância,
imagens, das doces lembranças.
Pedir em namoro a sonhada.
Sentir, beijar sua amada,
Agora poder novamente,
Voltar a sorrir e abraçar,
quem nunca saiu da sua mente.


Quem nunca chorou de saudade?
Quem nunca sentiu felicidade?
Ao cantar uma velha cantiga,
ao sonhar, ao rever uma amiga,
ao lembrar de um amor que marcou,
Perceber que ele foi mas voltou,
recordar é viver, de verdade! É Felicidade!


Do editor
João Eli Cassab... JO/ELI





Nenhum comentário:

Postar um comentário