terça-feira, 19 de maio de 2015

Terceira... 5 Teorias malucas sobre as Piramides...3. O Poder de Cura e Imortalidade...

LISTASMISTÉRIO...

5 TEORIAS MALUCAS SOBRE AS PIRÂMIDES


Parte preliminar...
Pirâmide é todo poliedro formado por uma face inferior e um vértice que une todas as faces laterais. Existem diversos tipos de pirâmides espalhadas pelo globo, no entanto, nós  brasileiros geralmente ouvimos falar apenas das pirâmides do Egito durante as aulas de História do Ensino Fundamental e Médio.
Essas estruturas incomuns sempre chamaram muita atenção devido os mistérios que as envolvem. São marcos de Engenharia Antiga e a maior parte dessas engenhosas obras já estavam de pé 3 mil anos antes de Cristo nascer, sendo que, até hoje, os cientistas debatem a respeito de como elas foram construídas, em especial, as pirâmides que se encontram no Egito.
Esse post é destinado aos amantes do nonsense e deixa de lado a lógica para explorar nossa imaginação em busca de uma nova visão sobre antigas discussões. Trata-se de teorias malucas que abordam o tema encontradas na Internet bem estilo clássico do Ah Duvido.

Terceira teoria...

O Poder da ura e Imortalidade...

pyramid-artwork-340780[1]
Em 1989, o PhD Alexander Golod se uniu ao Antigo Governo Soviético para realizar uma pesquisa sobre o poder das pirâmides. Golod suspeitava que algumas estruturas geométricas podem produzir campos energéticos que tem o poder de afetar fenômenos no Universo, fazendo-os se comportar de maneira diferente. Com cerca de R$ 1,1 milhão de doláres, Golod e o Governo construíram na Rússia  mais de vinte grandes pirâmides em oito locais diferentes, cada uma com 44 metros de altura pesando mais de 55 toneladas, feitas de fibra de vidro.
Efetuada a construção, Alexander conduziu um estudo intenso envolvendo diversas ciências: medicina, ecologia, agricultura, física e ciências da saúde.
Ao término, Golod concluiu que:
  • o sistema imunológico dos organismos  melhoram notavelmente (composição de leucócitos no sangue aumentou);
  • as pirâmides melhoram a regeneração de tecido;
  • sementes armazenadas em pirâmide de 1-5 dias mostraram um aumento de 30-100% na produtividade;
  • atividades sísmicas perto das áreas de pesquisa de pirâmide foram reduzidas em termos de gravidade e tamanho;
  • tempo violento também parece diminuir na proximidade das pirâmides;
  • pirâmides construídas no sul da Rússia (Bashkiria) parecem ter um efeito positivo sobre a produção de petróleo com o óleo tornando-se menos viscoso em 30% e o rendimento dos poços de petróleo aumentaram de acordo com testes realizados pela Academia de Moscou de Petróleo e Gás;
  • foram realizados estudos com 5000 presos que ingeriram sal e pimenta, que tinham sido expostas ao campo de energia da pirâmide. Os resultados dos teste exibiram um índice de violência muito reduzida e o comportamento geral foi muito melhor;
  • testes de cultura de tecido padrão mostrou um aumento da sobrevivência de tecido conjuntivo após a infecção por vírus e bactérias;
  • substâncias radioativas mostram uma diminuição do nível de radiação no interior da pirâmide;
  • há relatos de carregamento espontâneo de capacitores;
  • os físicos observaram mudanças significativas nos limiares de temperatura e supercondutividade e nas propriedades de semi-condutores e nano carbono materiais.
  • água no interior da pirâmide permanecera líquida em menos 40 graus Celsius, mas congelou instantaneamente se empurrada ou batida de qualquer forma;
E isso era apenas o começo das descobertas. Posteriormente, descobriu-se que o tamanho das pirâmides mudavam os resultados das pesquisas. Quanto maior, melhor a qualidade dos eventos ocorridos. Os antibióticos, por exemplo, teriam seu poder de cura aumentado em milhares de vezes em um usuário que  tenha se tratado dentro da pirâmide. E, para deixar tudo mais estranho, meses após a construção, as Forças Aéreas da Rússia detectaram um intenso e assustador campo magnético sendo emitido das pirâmides!
Claro que todo esse amaranhado de bizarrices fizeram com que mais tarde explodissem teorias e mais teorias na Internet. A mais atraente delas – e por que não dizer “maluca” – fala que os faraós já sabiam disso e a intenção deles em construir pirâmides tão gloriosas estariam no fato de acreditarem que, se construíssem uma pirâmide extremamente gigante, o resultado não poderia ser outro senão a imortalidade de quem vive dentro delas.
Como construir a Grande Pirâmide hoje custaria aproximadamente 9 bilhões de reais – são 230 metros de comprimento em cada lado, 146 metros de altura, composta de 2,3 milhões de pedras pesando de 3 toneladas à 70 toneladas, em uma massa total de 6,5 milhões de toneladas – parece que nunca iremos saber se essa teoria é ou não simplesmente doida, a não ser que o governo Egipcío permita a reforma da unica existente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário