sábado, 15 de novembro de 2014

Seis fatos que justificariam "A EXISTÊNCIA DAS SEREIAS".


Seis fatos que justificariam a existência das sereias


 

Você já deve ter se perguntado se alguma criatura mítica ou fantástica existe de fato, ou se essas figuras são fruto da imaginação de algum louco ou artista. As sereias são seres descritos minuciosamente em relatos, livros e filmes, mas será que elas existem ou existiram em um passado remoto?

Isto aconteceu em um aquário natural...Muito interessante...
Suposta "Explicação" do video da sereia real no aquário (Mermaid Real Sighting)

ma das teorias é a Hipótese do Macaco Aquático: ancestrais mais ou menos próximos dos humanos teriam adotado, durante um certo período, um estilo de vida semiaquático na costa africana, seja pela necessidade de buscar alimento na água ou de defender-se de predadores.

De qualquer modo, esse fato pode ter influenciado sua evolução, gerando uma subespécie anfíbia, enquanto outros hominídeos mantiveram uma existência puramente terrestre.

Embora tenha sido abandonada ao longo dos anos, ao menos três estudiosos – Max Westenhofer, ideólogo, Sir Alister Hardy, biólogo marinho, e Elaine Morgan, escritora feminista – se dedicaram a desenvolver essa teoria.



Há múltiplas explicações que justificam a Hipótese do Macaco Aquático, entre elas:

1. O fato de sermos os únicos primatas que não tem o corpo totalmente recoberto por pelos, uma condição só existente em ambientes aquáticos ou subterrâneos.

2. Os humanos são os únicos mamíferos bípedes. Essa transformação não ocorreria facilmente na savana africana, onde evoluíram os primeiros homens. Já na água, o corpo humano tende a manter essa posição.

3. A respiração do ser humano é diferente da de outros mamíferos, já que temos a capacidade de controlá-la voluntariamente. Tal como os mamíferos marinhos, podemos inalar o ar necessário para mergulhar e depois voltar à superfície para respirar.

4. Assim como os mamíferos aquáticos, e ao contrário dos terrestres, os humanos possuem uma reserva de gordura que retêm durante todo o ano.

5. As lágrimas, a sudorese excessiva e a porção de pele que separa o polegar do dedo indicador sugerem antepassados aquáticos segundo os adeptos da teoria.

6. Por último, nossa facilidade de nadar, em comparação à falta de jeito de muitos mamíferos terrestres na água, sugere que evoluímos de seres aquáticos.



Os detratores descartam a teoria enfatizando, por exemplo, que existem muitos mamíferos aquáticos totalmente peludos, como lontras e castores. Por outro lado, nenhum mamífero aquático é bípede, e o mais importante, em nenhum momento foram encontrados vestígios fósseis que comprovem a existência de “macacos aquáticos” ou sereias.

No entanto, nos últimos anos, diversas pesquisas sugerem a possibilidade de existirem criaturas aquáticas com uma linguagem tão complexa como a do ser humano, o que fez ressurgir a hipótese das sereias.

Segundo novos estudos, alguns hominídeos podem ter passado por uma adaptação evolutiva ao ambiente aquático, transformando as duas pernas em uma cauda que lhes permitisse nadar com mais facilidade.

E você, no que acredita? Será que as sereias existem mesmo?

Veja a seguir dois documentários produzidos pelo Animal Planet sobre as sereias:



GRANDE PARTE DA AGUA DA TERRA é mais velha do que o Sol.


Grande parte da água da Terra é mais velha do que o Sol.



Grande parte da água da Terra e de outros lugares do siistema solar provavelmente antecede o nascimento do Sol, aponta novo estudo.
A descoberta sugere que a água é comumente incorporada a planetas recém-formados, em toda a Via Láctea e, além disso, essa é uma boa notícia para qualquer um que espera que a Terra não seja o único planeta a abrigar vida.

“A conclusão do nosso estudo é que o gelo interestelar notavelmente sobreviveu ao processo extremamente violento do nascimento de uma estrela, para então ser incorporado aos corpos planetários”, afirmou a principal autora do estudo, Ilse Cleeves, doutoranda em astronomia pela Universidade de Michigan. “Se a formação do nosso sol foi típica, gelo interestelar, incluindo água, provavelmente sobreviveu e foi um ingrediente comum durante a formação de todos os sistemas extra-solares”, acrescentou Cleeves. “Isto é particularmente interessante dado o número de sistemas planetários extra-solares, confirmados até o momento, que também teve, durante a sua formação, abundante acesso à água, promotora da vida.”

Os astrônomos descobriram cerca de 2.000 exoplanetas até agora, e muitos bilhões provavelmente existem nas profundezas do espaço sem serem detectados . Em média, cada estrela da Via Láctea acolhe pelo menos um planeta.



O conceito que mostra a seqüência temporal do gelo de água, a partir da nuvem molecular originária do Sol, viajando através dos estágios de formação de estrelas, e, eventualmente, sendo incorporado no sistema planetário em si.
Água, água por toda parte.

O nosso sistema solar é abundante em água. Oceanos não apenas na superfície da Terra, mas também sob as crostas geladas da lua Europa, de Júpiter, e da lua Encélado, de Saturno. E o gelo também é encontrado na nossa lua, em cometas, nos pólos de Marte e até mesmo dentro de crateras sombreadas em Mercúrio, o planeta mais próximo do sol.

Cleeves e seus colegas queriam saber de onde toda essa água veio.

“Por que isso é importante? Se a água do início do sistema solar foi herdada, principalmente, do gelo do espaço interestelar, então é provável que o gelo similar presente em outros locais, juntamente com a matéria orgânica prebiótica que ele contém, é abundante na maioria ou em todos os discos protoplanetários ao redor de formações estelares”, disse o co-autor Conel Alexander, do Instituto Carnegie para a Ciência, em Washington, DC. “Mas se a água do sistema solar primitivo foi, em grande parte, o resultado de processamento químico local durante o nascimento do sol, então, é possível que a abundância de água varie consideravelmente na formação de sistemas planetários, o que, obviamente, tem implicações para o potencial do surgimento da vida em outros lugares “, acrescentou Alexander.
A água pesada e ‘normal’.

Nem toda a água é a H2O “padrão”. Algumas moléculas de água contêm deutério, um isótopo pesado do hidrogênio que contém um próton e um nêutron em seu núcleo (Isótopos são versões diferentes de um elemento cujos átomos têm o mesmo número de prótons, mas números diferentes de nêutrons. O isótopo de hidrogênio mais comum, conhecido como prótio, por exemplo, tem um próton mas nenhum nêutron.).

Porque eles têm massas diferentes, o deutério e o prótio se comportam de maneira diferente durante as reações químicas. Alguns ambientes são, portanto, mais propícios para a formação de água “pesada” – incluindo os lugares superfrios, como o espaço interestelar.

Os pesquisadores construíram modelos que simularam reações dentro de um disco protoplanetário, em um esforço para determinar se os processos durante os primeiros dias do sistema solar poderiam ter gerado as concentrações de água pesada observadas hoje nos oceanos da Terra, material de cometas e amostras de meteoritos.

A equipe colocou os níveis de deutério a zero no início das simulações, em seguida, assistiu para ver se gelo suficientemente enriquecido com deutério pode ser produzido dentro de 1 milhão de anos – uma vida padrão para discos de formação planetária.

A resposta foi não. Os resultados sugerem que de 30 a 50% da água dos oceanos da Terra e talvez de 60 a 100% da água dos cometas, originalmente formados no espaço interestelar, antecedem o nascimento do Sol. (Estas são as estimativas de alta qualidade geradas pelas simulações, as estimativas de baixa qualidade sugerem que pelo menos 7% da água dos oceanos e, pelo menos, 14% da água dos cometas antecede o sol.)

Embora essas descobertas, publicadas na revista Science, sejam sem dúvida de interesse para os astrobiólogos, elas também ressoaram para Cleeves em um nível pessoal, disse ela:

“Uma fração significativa da água da Terra é provável e incrivelmente antiga, tão antiga que antecede a própria Terra. Para mim, descobrir esses tipos de ligações diretas entre a nossa experiência diária e a galáxia em geral é fascinante e coloca uma perspectiva maravilhosa sobre o nosso lugar no universo.”

CLIENTES AGORA TÊM QUE TER ESCORE... bom para conseguir empréstimos.




Clientes agora devem ter “escore” bom para conseguir empréstimos...



Já criou ou programou o seu?
Já ouviu falar de “escore”? A prática consiste em investigar o histórico de crédito do consumidor (se já atrasou pagamento de contas ou ficou inadimplente, por exemplo), para que bancos ou o comércio decidam se aceitam ou não o risco de conceder o crédito pedido. A adoção de critérios mais seletivos no crediário tem objetivo de reduzir as perdas em calotes.
Como funciona o “escore”

Ter o “nome limpo”, e não estar relacionado entre os consumidores que estão com pagamentos atrasados nos bancos de dados dos serviços de proteção ao crédito, continua importante, mas não é tudo. O novo sistema para avaliação de crédito e risco do consumidor passa pelo levantamento do seu perfil, do histórico de pagamentos, suas referências comerciais e outros dados que são analisados e com eles se chega a uma pontuação, o “escore”. Quanto maior a pontuação, melhor a qualidade do crédito.

“O score é uma referência que serve para a decisão da empresa em conceder ou não crédito e também para definir a taxa de juros da operação”, afirma o diretor do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Rio Preto, Kelvin Kaiser. O método de avaliação segue um padrão, mas também adota particularidades que variam de estabelecimento para estabelecimento. 



Legalidade do processo

Para Kaiser, o método é legal, mas poderia ser mais transparente ao informar o consumidor porque seu empréstimo é menor. E é nesse aspecto que o Cadastro Positivo, que acaba de ser regulamentado, pode ser benéfico.
Cadastro Positivo

O governo publicou no Diário Oficial da União do mês passado a regulamentação da lei que criou o Cadastro Positivo, sistema que permite a bons pagadores tomarem empréstimos com juros mais baixos. A legislação é um esforço do governo para forçar a redução dos spreads, diferença entre os custos de captação dos bancos e a taxa cobrada dos clientes finais. A regulamentação entra em vigor a partir de janeiro do ano que vem.

O texto do decreto 7.829 regulamenta a formação dos bancos de dados de empresas de análise de crédito com informações dos consumidores bons pagadores. A empresa que quiser manter um banco de dados deverá ter patrimônio líquido mínimo de R$ 20 milhões. O prazo de permanência das informações nos bancos é de 15 anos.
Como funciona o processo de avaliação.

Em geral, o processo de avaliação começa com o pedido de informações nos serviços especializados, como SCPC, Equifax e Serasa. São levantados dados do histórico do consumidor como inadimplência, se costuma pagar as prestações em dia, se atrasa os pagamentos, se já pegou financiamento.

Depois disso, a instituição ou loja em que o consumidor busca o empréstimo ou parcelamento da compra avalia o motivo do pedido desse crédito pelo consumidor. Em seguida, são avaliadas as informações que a empresa tem em seu próprio banco de dados, de sua relação com esse cliente.

E, quanto pior o histórico do consumidor, maior a dificuldade em obter crédito. Clientes que já tiveram o nome negativado enfrentam mais dificuldades para concretizar a operação. O atraso no pagamento dificulta, mas pode não ser tão grave dependendo das razões (se ficou desempregado, se faliu, por exemplo). Quanto tempo levou para quitar essa dívida também conta.



Frequência de compras também é avaliada

Mas não é só para quem não honrou seus compromissos que obter crédito pode ser difícil. Se o relacionamento com o mercado é baixo, isso também influencia. Por exemplo, o consumidor que faz poucas operações, que opta por guardar dinheiro em casa, que tem baixa movimentação financeira, tende a ter baixa pontuação. “A falta de informações também pesa. Muitas vezes a loja opta por liberar pouco dinheiro para conhecer esse cliente”, afirma.

Qual sua opinião sobre a medida? Deixe um comentário contando pra gente!
Fonte: Diário WEB


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

BANANA! REMÉDIO NATURAL. Sacarose, frutose e glicose, combinados com fibra, a banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia.




Contendo três açúcares naturais – sacarose, frutose e glicose, combinados com fibra, a banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia. Pesquisas provam que apenas duas bananas fornecem energia suficiente para um treino intenso de 90 minutos. Não é à toa que a banana é a fruta número um dos maiores atletas do mundo.

 

Entretanto, energia não é a única coisa que uma banana pode fornecer para nos ajudar a manter a saúde. Ela também ajuda a curar ou prevenir um grande número de doenças e condições, tornando-se uma obrigação adicioná-la à dieta diária.
Depressão
De acordo com uma recente pesquisa realizada pela MIND, entre pessoas que sofrem de depressão, muitas se sentiram melhor depois de comer uma banana. Isto porque a banana contém triptofano, um tipo de aminoácido que o corpo converte em serotonina, reconhecida por relaxar, melhorar o humor e, geralmente, fazem a pessoa se sentir mais feliz. Além disso, a vitamina B6 regula os níveis de glicose no sangue, o que pode afetar o seu humor.

Resultado de imagem para Bananas fotos

Anemia
Fonte de ferro, as bananas estimulam a produção de hemoglobina no sangue e ajudam nos casos de anemia.



Pressão Arterial
Este fruto tropical é muito rico em potássio e tem reduzido teor de sódio, tornando-a perfeita para controlar a pressão arterial. Com isso, o FDA (Food and Drug Administration), órgão americano parecido com a ANVISA, acaba de permitir que seja informada, pelas indústrias agrícolas, a habilidade da fruta de reduzir o risco de pressão arterial e de acidente vascular cerebral.
Poder Cerebral

200 estudantes de uma escola de Twickenham (Inglaterra) tiveram ajuda nos exames deste ano comendo bananas no café da manhã, lanche e almoço em uma tentativa de elevar sua capacidade mental. A pesquisa mostrou que frutas com elevado teor de potássio podem ajudar na aprendizagem, fazendo os alunos ficarem mais atentos.

Resultado de imagem para Bananas fotos

Prisão de Ventre

Por conta do seu elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta pode ajudar a normalizar as funções intestinais, superando o problema de prisão de ventre, sem ter de recorrer a laxantes.
Ressaca
Uma das maneiras mais rápidas de curar uma ressaca é fazer uma vitamina de banana com leite e mel. A banana acalma o estômago e, com a ajuda do mel, eleva o baixo nível de açúcar, enquanto o leite acalma e hidrata todo o corpo.
Azia
Bananas têm efeito antiácido natural no organismo, por isso, quem sofre de azia deveria experimentar comer uma banana para aliviar as queimações incômodas.
Enjoo Matinal
As náuseas podem ser evitadas ao comer uma banana entre as refeições, pois ela ajuda a manter os níveis de açúcar elevados.

Resultado de imagem para Bananas fotos

Picadas de Mosquitos
Antes de comprar um creme para picada de inseto, as pessoas podem tentar esfregar a área afetada com a parte interna da casca da banana. Muitas delas têm resultados excelentes com a redução do inchaço e da irritação.
Nervos
Bananas são ricas em vitamina B, que ajuda a acalmar o sistema nervoso. Estudos do Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no trabalho leva à excessiva ingestão de fast-foods, chocolate e biscoitos. Olhando para 5.000 pacientes em hospitais, pesquisadores concluíram que os mais obesos eram os que trabalhavam em lugares com mais pressão. O relatório concluiu que, para evitar a ansiedade por comida, é necessário controlar os níveis de açúcar no sangue e comer alimentos ricos em carboidratos a cada duas horas, ajudando a manter esses níveis estáveis.
Úlceras
A banana é usada na dieta diária contra desordens intestinais, devido à sua textura macia e suavidade. Ela também neutraliza a acidez e reduz irritações, protegendo as paredes do estômago.

Resultado de imagem para Bananas fotos

Controle da Temperatura
Muitas culturas veem a banana como fruta “refrescante”, podendo reduzir tanto a temperatura física como o temperamento emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as grávidas comem bananas para os bebês nascerem com temperatura mais baixa.
Em resumo
A banana é um “remédio natural” para muitos males. Quando comparada a uma maçã, percebe-se que a banana tem quatro vezes mais proteína, duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo, cinco vezes mais vitamina A e ferro, além de maior quantidade de outras vitaminas e minerais. Também é rica em potássio e é um dos alimentos mais valiosos conhecidos, de modo que uma frase muito comum do dito popular pode ser verdadeira: “Uma banana por dia mantém o médico longe!”.


Imagem relacionada

PRAÇA DA LIBERDADE, RIO CLARO QUERIDA no tempo, que não faz muito tempo.



Antonio Hellmeister de Oliveira.

Fotos da linha do tempo.

Praça da Liberdade: no tempo, que não faz muito tempo.




“Uma árvore é o resultado de um processo evolutivo de pelo menos 600 milhões de anos. Nós, seres humanos, existimos na Terra há apenas 4 milhões. Somos nada. Temos que aprender com as árvores, elas podem ensinar muita coisa”.

Praça da Liberdade: no tempo, que não faz muito tempo...
Indo ao Forum.
Indo ao Forum, deparei com uma árvore sendo castigada por uma beleza singular, florada fora de tempo, um Flamboyant vermelho, o castigo da natureza é desafiar o homem que odeia coisas belas. Eis um bom motivo de se declarar: um por todos e todos por um ao mesmo tempo. Tempo de reunião pós aula, lá ainda têm os rostos marcados, e era lá que se combinávam,
outros encontros: festas, banco do Jardim, GG, Excelsior e até a missa das 9:30 da Matriz de domingo. Dia e noite, noite e dia se misturavam em cores, sons e aromas. Sorrisos, sempre bem distribuídos a cada gesto por expressões de agradecimentos, não se falava dessa amizade ou daquela, via-se no rosto como
eram felizes, e a cada dia chegava-se mais e mais amigos aumentando mais a rodinha. Pena que os bancos de madeira do nosso Jardim e aquelas árvores de “Flamboyant” na Praça, davam não só sombras sobre nós enquanto não tocasse o último sinal, fosse do Ribeiro ou do Puríssimo, não se arredava pé, esta nem tanto da ramagem mas das flores que nos envolviam.



Lamento, alguém levou os bancos com as mensagens riscadas e dedicadas às meninas.
Lamento, alguém levou os bancos com as mensagens riscadas e dedicadas às meninas. Mais lamentável ainda, foram os Flamboyant abaixo, com os entalhes em corações e declarações estas dos apaixonados, que vez na ausência da amada, ainda do sinal da escola, que não soubesse por ele, mais romântico seria por outras, a contar o segredo gravado na natureza, que seria centenária se não fosse o próprio homem , na sua índole má, por que árvores e ainda artes?
Foram-se os símbolos dos jovens enamorados.
Foram-se os símbolos dos jovens enamorados, felizes por
provas existenciais das loucuras, e cultura esta natural,
espontânea por arquivo da natureza, declaração sem cópia, autentica, eterno de alguém em silêncio, não havia a presença da lua para compartilhar e ficar mais poético; o sol, naquele horário não era romântico, mas em compensação com os seus raios deu as cores que todos têm a beleza na memória, muito embora não mais existam aqueles detalhes que foram exclusivo
para nós espectadores dessa "Ágora". Pois bem, a última a cair, comentava acima, passava eu na Praça e lá estava no chão, não era uma simples árvore, velha, carcomida por cupins. ali caída uma história tão jovem ainda e cheia de amor .
Um monumento... me aproximei...
Um monumento... me aproximei, pois lembranças de épocas, ainda trago em minha memória - um amigo transferindo o seu coração naquele tronco, em detalhes com entalhe, um coração flechado não doído, pois sabia eu ser correspondido, e tão vivo ainda permanecia o entalhe e o escrito – Fran e Neia. Pena não
estar com uma câmera para registrar e nem poder levar para guardar, apesar de estar reduzido a um toco, ainda era pesado demais. Notei em volta, todas o mesmo destino. Memorial seria, se não estivesse caída sem piedade por serra elétrica, cortadas em tocos por bruta homens e arremessadas na caçamba de um
trator, cujo destino fornos e chaminés, esses fragmentos de amores liberados em fumaça e lá em cima os ventos entalham as nuvens. Essa arte pendurada no céu, eu sempre quis saber o mistério, mas a mente, nunca me deu a capacidade de saber demais.
Elas apenas avisam... Agora sei em parte o segredo das
nuvens, e por quem choram!
Rosa Maria Hermini, Artur Fonseca Fernandes, Terencio Barberio Junior eoutras 64 pessoas curtiram isso.
Sandra Zanchetta Bons tempos,que não faz muito tempo...Belo texto Toninho,me emocionei!Grande abraço.
MAria Belén Salazar Posso Fiquei triste.Nossos Flamboyants caidos, nossos bancos,na mesma praça com o mesmo jardim...Tantos sonhos, tantos ideais, tantos momentos românticos...Que pena!Nossa juventude chor com as nuvens, Toninho!
Roseana Schmidt Trippe Quantos planos, reuniões, sonhos. Um dia tudo vai embora. Só resta a saudade. Esta não sai dos nossos corações. Um abraço Toninho!!!!
Jane Bueno de Camargo A mesma praça;o mesmo banco.... Quantas saudadesssssssssssssssss!
4 de novembro às 18:55 · Curtir · 1
Sandra Sueli Couto Que texto lindo Toninho! Me fez lembranças guardadas na caixinha do tempo pular para fora! Abç
Luzia Carlini Argento Bons tempos.

Arlindo Chinelatto Chinelatto O Ricardo D`abronzo, meu amigo querido Caio que viajou fora do combinado, é figura presente, pra mim, além de outros é claro, nestas postagens ou passagens do não menos Grande Toninho.
4 de novembro às 19:32 · Curtir · 1

Matias Martinez Carmem vc se lembra dessa época.


Conchita B Almeida II adorava parar na banca de revistas...era tão bom !!!!!

4 de novembro às 20:39 · Curtir
Antonio Hellmeister de Oliveira Arlindo, vamos citar alguns do 14 Bis - Caio D´Abronzzo, Tonho Maria, sempre de binóculo, Felicio Pavan, Carlos e Pice Borges, Wood, Sergio Schmidt, Barana, Fritz, Plinio e Ilca, Wilson Marques Santos, Sergio e Marcos Pezzotti, Virgilio, Diogenes(Dodô), Alvaro Escrivão e Regina, Carlinhos Morelli, Edimilson, Mané D´Aquino, Reinaldo Rolin e Carlos Roberto(Café). Agora - do morcego - Ciro Bovo, Guila Brusch,Adilson de Lima, Antonio da Silva(Randal)Fredão, Ariovaldo Santana(Tui), Carlos Alberto(Tipão), Claudio Brochini(Cebola),Francisco Scorza, Faustinho Brunini,Flávio A Salles, Pagnoca, Fernando Fitipaldi, Gilson Coutinho(Toxó), Ivan Capelatto, José R. Campos, João Machado,José Mauro, Jose Carlos(Cacau), José Luiz(Gatão), José Eduardo Pitta, Marcos Baungartner(Bonga),Marinho Sanches,Orlando Nopgueira(Cascudo), Orlando Cantoviski,Paulo Leonardo, Rubens Fernandes(Binho),Roberto A. Zucchi, Roberto M Ferrão, Rui Pfeifer, Reynaldo Godoy, Silvio Àvila, Silvio Rosalem,Valdir Duarte, José Antonio(Zé Carvo), Rui Rodrigues(Bolinha). Estas duas turmas, muitos deles riscaram e escreveram frases nos Flamboyants, e nem todas as meninas sabem isso.
5 de novembro às 15:47 · Editado · Descurtir · 5

Tania Fantussi Parabéns primo, uma mensagem maravilhoso dos nossos tempos de escola, de juventude que daquela época só restam as lembranças.
5 de novembro às 14:06 · Curtir
Fritz Dikerts Filho Parabéns Toninho pelo seu texto e obrigado pela lembrança... Abraços....
Regina Estela Perissinotto Ramos Tempo bom.

Maria Regina Negreiros Você me faz voar para nosso maravilhoso passado com seus textos. São deliciosos...

Há 11 horas · Curtir

Marlene Domaneschi belo texto...belos tempos....saudade!!!!!

Há 10 horas · Curtir
Ivan Roberto Capelatto Belo texto, velho amigo... gera mais saudades ainda do que já tenho de Rio Claro.
Há 6 horas · Curtir
Roseana Schmidt Trippe Meu coração chega a chorar de tanta saudade. Um grande e terno Abraço a todos os amigos citados pelo Toninho e saudades dos que já nos deixaram!!@
Ivan Roberto Capelatto Estava pensando neles, nos que já nos deixaram, e me assustei... são muitos.
Antonio Hellmeister de Oliveira Ivan. Será que existe o Portal, que nos leve ao Paraíso? E será que encontraremos com eles? Eu cheguei por vezes fazer viagem astral. E das vezes dessa viagem, eu estava me preparando para visitar amigos em sono. Quando da volta, encima da minha casa,
Ivan Roberto Capelatto Estamos naquele momento da vida onde nossos desejo do reencontro, da vida pós morte e de um sentido para tudo isso nos convoca a buscarmos respostas. Conheço alguns que já fizeram essa viagem, mas gostaria muito que alguém "decretasse" que esse Portal existe mesmo.
Há 6 horas · Curtir
Antonio Hellmeister de Oliveira A dobra do tempo já é caso confirmado. Ah, em 1969, li uma reportagem de um Engenheiro Químico da UNICAMP, que teve uma experiência assim, e me parece ele comentou sobre o Portal. Na época, abafaram o assunto.

Ivan Roberto Capelatto Esperança para nossa humilde existência... Deus permita que seja assim, pois isso daria um SENTIDO a tudo.

Antonio Hellmeister de Oliveira Eu divago demais, e fico na busca tetando desvendar alguns mistérios para ter sentido e me confortar. Não desacredito não. Para mim ainda prevalece - Existe mais coisas entre o céu e a Terra, que a nossa vã filosofia possa imaginar. Sabe, Ivan, aqui na dá para comentar muito, mas tive outras experiências de encontros(visitas). Sou obrigado acreditar!!! Como você comentou acima. Muitos já se foram, mas estivemos com eles...e nessa Praça.

Silvania Vidal Calvo Deiusti oi amigo adoro suas postagem, saudades imensas de nossa terrinha, estou em são paulo mas vou sempre para minha cidade querida, beijos para voce, rose e as meninas linda.

João Eli Cassab Linda postagem Toninho...os tempos levam muitas coisas para longe, mas as saudades aproximam outras... bendito é povo que tem memórias, raízes que o fazem feliz.

AS 10 CASAS MAIS CARAS DO MUNDO NA ATUALIDADE.


As 10 casas mais caras do mundo da atualidade...

O site Compare Camp listou as casas mais caras do mundo segundo dados imobiliários de 2014. Veja as dez mais:



10º. 17 Upper Phillimore Gardens – US$ 128 milhões

Local: Londres – Reino Unido
Dono: Elena Franchuk, filha de um oligarca e ex-presidente russo, conhecida pela sua filantropia e por ser amiga de Elton John.




9º. Kensington Palace Gardens – US$ 140 milhões

Local: Londres – Reino Unido
Dono: Roman Abramovich, bilionário russo dono do time de futebol Chelsea.



8º. Seven The Pinnacle – US$ 155 milhões

Local: Montana – Estados Unidos
Dono: Edra e Tim Blixseth, produtor discográfico norte-americano. Edra hoje em dia é sua ex-mulher.



7º. Hearst Castle – US$ 191 milhõesLocal: Los Angeles – Estados Unidos
Dono: Administradores da propriedade de William Randolph Hearst, magnata falecido em 1951, que construiu um dos maiores impérios de mídia dos EUA, considerado o pai da imprensa sensacionalista.



6º. Ellison Estate – US$ 200 milhões

Local: Califórnia – Estados Unidos
Dono: Larry Ellison, co-fundador e presidente da Oracle, já foi o terceiro homem mais rico da América.



5º. 18-19 Kensington Palaca Gardens – US$ 222 milhões

Local: Londres – Reino Unido
Dono: Lakshmi Mittal, magnata e proprietário de uma das maiores fabricantes de aço do planeta, chegou a ser o quarto homem mais rico do mundo.

4º. Four Fairfield Pond – US$ 248,5 milhões
Local: Nova Iorque – Estados Unidos
Dono: Ira Rennert, empresário e investidor americano que fez fortuna com negócios no setor metalúrgico.


3º. Villa Leopolda – US$ 750 milhões

Local: Côte D’Azur – França
Dono: A filantropa brasileira Lily Safra, casada com o banqueiro Edmond Safra, que morreu num incêndio na casa do casal em Mônaco. O incêndio teria sido criminoso e o segurança de Safra chegou a cumprir pena, mas alega não ter cometido o crime.



2º. Antillia – US$ 1 bilhão

Local: Mumbai – Índia
Dono: Mukesh Ambani multimilionário indiano e proprietário da segunda maior empresa da Índia, a petrolífera Reliance Industries.



1º. Palácio de Buckingham – US$ 1,5 bilhão

Local: Londres – Reino Unido
Dono: Hojé a residência oficial dos monarcas britânicos. O Palácio conta com 775 quartos, 92 escritórios e 78 banheiros.

PELE E PSIQUISMO! A psicobiologia da dermatite atópica.


Pele e Psiquismo.

A psicobiologia da dermatite atópica...






Trata-se de um tipo de eczema...



Quadro dermatológico extremamente incômodo para o paciente e para a família é a dermatite atópica. Trata-se de um tipo de eczema, que surge geralmente aos dois ou três meses de idade com uma distribuição generalizada, tornando-se, no seu desenvolvimento típico, circunscrito a poucas áreas na criança maior. Casos há em que o acometimento geral da pele se prolonga pela vida adulta. A característica maior desta doença é a coceira intensa que provoca, levando a criança a buscar alívio, quando deitada, esfregando-se nos lençóis.

A doença se inicia por um aspecto avermelhado e ressecado da pele. A seguir, aparecem escoriações, provocadas pelo ato de coçar, pápulas e pequenas bolhas, que geram exsudação. As alterações afetam as faces do rosto e a fronte, o pescoço e as dobras e, às vezes, grandes extensões da pele. A evolução se dá por períodos de exacerbação entremeados com fases de diminuição ou desaparecimento das lesões num curso crônico.

Geralmente, aos dois ou três anos, a criança tem alterações restritas à dobra dos cotovelos e à região atrás dos joelhos que, em fases de regressão, apresentam coloração esbranquiçada e aspecto ressecado. Cerca de metade dos pacientes pode ficar livre da doença entre os 10 e os 15 anos de idade.



Origem

A dermatite atópica é uma doença alérgica, que pode ocorrer isoladamente ou em concomitância com outros quadros alérgicos, como asma, rinite, urticária. Das crianças que se curam após os 10 anos, muitas desenvolvem uma ou mais dessas outras doenças, como se permanecesse o estado alérgico com outro tipo de manifestação.

As crianças com dermatite atópica produzem anticorpos do tipo IgE, desencadeados por ação de antígenos de variadas origens, principalmente antígenos ambientais. A pele tende ao ressecamento e é muito sensível a contato com produtos químicos, especialmente sabões, que aumentam o ressecamento e a sensibilidade. Com muita facilidade, a pele do atópico é infectada pelo estafilococo dourado, fato que concorre para manter e agravar o quadro clínico.

No processo inflamatório típico estão presentes diversos mensageiros químicos, liberados por terminações nervosas ou produzidos por células imunitárias. Além disso, há uma marcada influência dos estados emocionais e a própria dermatite condiciona certos aspectos da personalidade pelas dificuldades que causa aos pacientes.
Influência psico-emocional



Fatores neuropsíquicos sempre foram associados ao curso da dermatite atópica, como revela o nome neurodermatite, usado no século XIX. Atualmente, a psiconeuroimunologia vem trazendo à luz alguns dos caminhos seguidos pelos estímulos psíquicos para influenciar o desenvolvimento da doença.

Emiliano Panconesi e Giuseppe Hautmann, em artigo publicado em Dermatologic Clinics, em 1996, sugerem que um estado psicoemocional excitado atua sobre fatores genéticos predisponentes, como defeito no sistema do linfócito T, deficiência transitória de IgA secretora e resposta anormal de receptores de membrana. Isso causa aumento da imunoglobulina E e da liberação de mediadores por mastócitos, deficiência da imunidade mediada por células, resposta vasomotora cutânea anormal e deficiência quimiotática, de onde se origina a sensação de prurido. Daí, pela coçadura, surge a lesão cutânea.

Em todo esse processo há a participação de neuropeptídios, que são as moléculas mensageiras do cérebro. O dermatologista e imunologista Hermênio Cavalcanti Lima, em Tópicos em Imunodermatologia Clínica (2004), citando estudo em que crianças com dermatite atópica foram submetidas a tensão e observada a ação desse fator psicoemocional sobre o cortisol, relata que os investigadores sugeriram que crianças com a doença podem ser mais suscetíveis a erupção da pele motivada pela tensão por causa de uma baixa capacidade de resposta do eixo hipotálamo-hipófise-supra-renal. Essa deficiência bloquearia a competência natural do corpo para produzir cortisol e suprimir a inflamação, o que conduz à exacerbação da dermatite.

Por outro lado, o paciente com dermatite atópica adquire certos traços de personalidade decorrentes do incômodo constante causado pela inflamação da pele e pela coceira intensa. Ele é descrito como irritável, exigente e infeliz; precisa de muito mais carícias e contato físico do que a média das crianças.

Se a dermatite persistir até a adultez pode gerar um indivíduo tenso, inseguro, agressivo, com sentimentos de inferioridade e inadequação, instabilidade emocional, hipersensibilidade afetiva e outros traços, que demandariam uma psicoterapia, porquanto o estresse originado desses aspectos emocionais realimenta o quadro clínico.



A influência dos familiares

Na infância, há ainda o problema dos familiares. Estes tendem a considerar o atópico uma pessoa com deficiência e dão exagerada atenção a sua condição cutânea, muitas vezes superportegendo-o ou criando-lhe incapacidades e falta de confiança. Os pais e parentes próximos devem ser orientados a não estimular atitudes de dependência para não facilitar a criação de condições para manipulação dos outros pela criança.



É preciso dar o cuidado devido ao problema, aplicar os medicamentos com carinho e delicadeza e sugestionar a criança sobre seu poder de controlar certa parte da alteração de sua pele sabendo que, com o passar do tempo, é grande a probabilidade de melhora, podendo mesmo o paciente ficar livre da dermatite.

Colaboração: Dr. Roberto Azambuja - Dermatologista

DOENÇAS DA PELE...Dermatite atópica ou eczema atópico.


Doenças da Pele
A dermatite atópica pode existir junto com a asma, rinite, urticária e pode gerar um indivíduo tenso, inseguro, agressivo, com sentimentos de inferioridade .

Dermatite atópica ou eczema atópico

O que é?

A atopia é uma doença adquirida por herança genética que, na pele, causa lesões inflamatórias: a dermatite atópica ou eczema atópico. A pessoa que sofre de atopia, além da dermatite atópica pode apresentar asma ou rinite alérgica. É frequente encontrar histórico de uma destas doenças nos familiares.

Manifestações clínicas

O principal sintoma é a coceira, que pode começar antes mesmo das lesões cutâneas se manifestarem. Na infância as lesões são avermelhadas e descamativas. Podem atingir a face, tronco e membros. Com o ato de coçar, tornam-se escoriadas e podem sofrer infecção secundária.

Nos adolescentes e adultos, as lesões localizam-se preferencialmente nas áreas de dobras da pele, como a região posterior dos joelhos, pescoço e dobras dos braços. A pele destes locais torna-se mais grossa, áspera e escurecida. Usualmente localizada nestas áreas, a dermatite atópica pode se generalizar, atingindo grandes áreas corporais.



Passada a infância, pode ocorrer o desaparecimento total das lesões mas, geralmente, a doença tem curso crônico (longa duração), apresentando períodos de melhora e de piora. É comum, após o desaparecimento da dermatite atópica, ocorrer a substituição desta por uma das outras formas de apresentação da atopia (asma ou rinite).

Outra característica da pele do atópico é a sua tendência maior ao ressecamento que, por si só, pode dar origem à sensação de coceira e descamação. O estresse emocional pode desencadear períodos de piora e não deve ser menosprezado.
Tratamento


A hidratação da pele é muito importante, devendo-se evitar sabonetes agressivos, buchas e banhos quentes. Se tomar mais de um banho por dia, o sabonete deve ser usado apenas em um deles. Logo após o banho, com a pele ainda úmida, deve-se usar hidratantes para evitar o ressecamento.

As lesões são tratadas com o uso de cremes e pomadas à base de corticosteróides ou outras substâncias que ajudam a combater a inflamação. Em caso de infecção secundária, devem ser usados antibióticos. Medicações anti-alérgicas ajudam a diminuir e controlar a coceira. Casos mais graves podem necessitar de medicações mais potentes, via oral, para o seu controle. O tratamento da dermatite atópica depende de cada caso e deve ser conduzido por um médico
dermatologista.
Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima - Dermatologista



Ivermectina (Ivermec)

Bula de Ivermectina (Ivermec)
A Ivermectina é usado no tratamento de vermes como oncocercose, filariose, pediculose, ascaridíase, escabiose e estrongiloidíase intestinal.

Este medicamento pode ser vendido com os nomes Ivermec, Plurimec, Levercitin ou Revectina e, é produzido por laboratório Ucifarma, sob a forma de comprimidos.
Preço da Ivermectina

A Ivermectina custa entre 12 e 23 reais.
Indicações da Ivermectina

A Ivermectina está indicado no tratamento de estrongiloidíase intestinal, oncocercose, filariose, escabiose, vulgarmente conhecida como sarna e também infestação por piolhos.



Modo de uso da Ivermectina

Este remédio pode ser tomado por crianças, adolescentes e adultos e varia com a doença. Assim:
Oncocercose: dose única 150 mcg/ Kg de peso; repetir entre 3 a 12 meses seguintes.
Estrongiloidíase: dose única de 200 mcg/ Kg de peso.
Filariose: dose única de 20 a 200 mcg/Kg de peso.
Piolho: dose única de 200 mcg/Kg de peso.
Sarna: dose única de 150 mcg/Kg de peso.

O medicamento deve ser tomado em jejum e uma hora antes da primeira refeição do dia. Não deve ser ingerida com medicamentos da classe dos barbituratos, benzodiazepinas ou ácido valpróico.
Efeitos colaterais da Ivermectina

A Ivermectina pode provocar cefaleias, náusea, vomito, diarreia, constipação e dor abdominal.
Contraindicações da Ivermectina

Este remédio está contraindicado na gravidez, durante a amamentação, quando o paciente tem meningite ou asma ou se a criança tiver menos de 15 Kg.

DOENÇAS DA PELE!.Dermatite seborreica.



Doenças da Pele
Dermatite seborreica
O que é?
Trata-se inflamação crônica da pele que surge em indivíduos geneticamente predispostos, tratando-se portanto de manifestação constitucional. As erupções cutâneas características da doença ocorrem predominantemente nas áreas de maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas.
A causa da dermatite seborreica é desconhecida mas a oleosidade excessiva e um fungo (Pityrosporum ovale) presente na pele afetada estão envolvidos no processo. A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas ocorre geralmente após a puberdade. Nos recém nascidos também podem ocorrer manifestações da doença, devido ao androgênio materno ainda presente.
Manifestações clínicas

A dermatite seborreica tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora e de piora. A doença costuma se agravar no inverno e em situações de fadiga ou estresse emocional.
As manifestações mais frequentes ocorrem no couro cabeludo e são caracterizadas por intensa produção de oleosidade (seborréia), descamação (caspa) e prurido (coceira). A caspa pode variar desde fina descamação até a formação de grandes crostas aderidas ao couro cabeludo. A coceira, que pode ser intensa, é um sintoma frequente nesta região e também pode estar presente com menor intensidade nas outras localizações.


Mais fotos

Quando atingem a pele, as lesões da dermatite seborreica são avermelhadas e com descamação gordurosa. As áreas mais atingidas são a face (principalmente o contorno nasal, supercílios e fronte), pavilhões auriculares e região retroauricular e o centro da região torácica anterior e posterior.


Mais fotos

Outras manifestações são a blefarite seborreica, que atinge as pálpebras, e a presença de lesões em áreas de dobra de pele, como as axilas e regiões inframamárias. Casos graves de dermatite seborreica podem evoluir para a generalização das lesões, atingindo extensas áreas da pele.
Tratamento

Não existe medicação que acabe definitivamente com a dermatite seborreica porém seus sintomas podem ser controlados. Deve-se evitar a ingestão de alimentos gordurosos e de bebidas alcoólicas e o banho muito quente.
O tratamento geralmente é feito com medicações de uso local na forma de sabonetes, xampus, loções capilares ou cremes, que podem conter anti-fúngicos ou corticoesteróides, entre outros componentes. Em casos muito intensos, medicações via oral podem ser utilizadas.

O tratamento adequado vai depender da localização das lesões e da intensidade dos sintomas, e deve ser indicado por um médico dermatologista.
Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima - Dermatologista

RÓSACEA: Como resolver este problema.



Rósacea: Como Resolver Este Problema...

Se é uma das pessoas que de vez em quando tem marcas vermelhas na sua cara, inchaços ou pústulas, o mais provável é sofrer de rosácea.
Se ainda não sabe, as mulheres sofrem em maior número deste mal que os homens.



Ainda não se sabe qual a origem desta doença. Há quem aponte como fatores que originam o aparecimento deste mal, o Sol, doença vascular provocada por bactérias gastro-intestinais, sol ou até mesmo ácaros que vivem nos
folículos pilosos. Também se pensa que a hereditariedade desempenha um papel importante na aquisição da rosácea.
Algum sintomas comuns da rosácea são:

- Ruborização frequente no rosto.

- Rosto irritado com manchas vermelhas.

- Erupções vermelhas (como espinhas ou borbulhas) no rosto.

- Minúsculos vasos sanguíneos em torno do nariz ou das bochechas.

- Nariz vermelho e inflamado, inchado na ponta.

E como é que poderei tratar ou amenizar os sintomas?

Fique a saber que se a rosácea não for tratada, e apesar de esta doença aparecer em ciclos, a rosácea não tratada fica com sintomas cada vez mais graves.




Nos homens, o quadro pode ser mais grave e a evolução da doença pode levar ao surgimento do rinofima, quando ocorre o aumento do volume do nariz, cuja pele se apresenta infiltrada, com os poros dilatados e com elevações na superfície.
Tratamento


A rosácea é uma doença de curso crônico e não existe um tratamento que a elimine definitivamente, mas ela pode ser mantida sob controle. Deve-se evitar os fatores que provocam a sua exacerbação, como: frio intenso, sol e os alimentos citados no início do texto, caso se perceba que pioram o quadro.

A medicação inclui o uso de antibióticos por via oral até se obter a melhora, quando a dose deve ser diminuída gradativamente. A manutenção pode ser feita com antibióticos específicos, de uso local. Eventualmente, se houver piora das lesões, deve ser restituída a medicação por via oral. A indicação do tratamento adequado e a sua duração vai depender da intensidade de cada caso, devendo ser definida pelo médico dermatologista.

As telangiectasias podem ser esclerosadas através da fulguração ou laser. O tratamento do rinofima é cirúrgico, podendo ser utilizada a dermoabrasão, o laser de CO2 ou o shaving.

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima - Dermatologista
 


terça-feira, 11 de novembro de 2014

VIVENDO E APRENDENDO: Viagem Miami Orlando de Ônibus. Você pode Você consegue. Bora viajar?


Vivendo e aprendendo: Viagem Miami Orlando de Ônibus.




O ônibus da Red Coach entre Miami e Orlando. Foto: Divulgação
O trajeto Miami Orlando deve ser um dos mais percorridos pelos brasileiros que viajam aos Estados Unidos. Como o aeroporto de Miami continua sendo o que mais recebe voos diretos do Brasil e tudo mundo no fim quer ir para os parques de Orlando, se fizessem uma pesquisa, não ia achar estranho que depois dos americanos, os brasileiros fossem a nacionalidade predominante nesse trecho.

Entre as opções para ir de uma cidade para outra muitos optam por fazer uma conexão aérea, a maneira mais rápida porém não tão barata (além da passagem, cheio de malas, você vai pagar uma bela quantia por excesso de bagagem, por ser um voo interno…).

Outra opção comum é ir de carro. Ainda que pareça trivial, o trecho Miami-Orlando é extenso, sendo uns 380 km (mais ou menos 4 horas de viagem), o que pode ser cansativo (principalmente se for feito logo após a chegada em Miami).

E se eu não quiser pagar o trecho interno de avião, ou não quiser alugar um carro? Como que faz para chegar? Vai de ônibus! Ainda que não seja muito falado é muito comum e barato andar de ônibus dentro dos Estados Unidos e essa pode ser uma boa opção.


Ônibus da Red Coach. Foto: Blog Vambora!

Por todo mundo falar quase sempre só de carro e avião, achar informações e relatos de pessoas que usaram ônibus é muito difícil, até em inglês. Penei para encontrar informações confiáveis e acabei com um monte de nomes de empresas duvidosas achadas no Google. Decidi então que ia perguntar no hotel se eles recomendariam alguma empresa e fecharia a passagem por lá mesmo.

Para resumir, todo mundo sabia menos do que eu e tive que voltar para a minha lista de empresas trazidas do Brasil. Os dois nomes mais repetidos eram a Red Coach e a Greyhound: a primeira mais luxuosa (prometendo assentos individuais, bancos de couro, wifi gratuito, etc) e a segunda mais popular, com muitas linhas cruzando todo os EUA.

A questão é que muitas cidades americanas não possuem rodoviárias como a gente conhece aqui no Brasil e o comum são os ônibus saírem de ruas ou até mesmo das sedes das empresas. Entre a Red Couch e a Greyhound acabei optando pela 1ª, pelos ônibus saírem e chegarem dentro ou próximo dos aeroportos das duas cidades (o que facilita muito), além de claro, oferecer um preço bem razoável pelo serviço de luxo prestado (Obs: Como o valor das passagens dependem da época do ano – baixa ou alta temporada – pesquise diretamente no site das companhias para ver quanto sairia a sua viagem).



Interior super confortável do ônibus. Foto: Blog Vambora!
Novidade: Transfer/ Shuttle da Red Coach para Hotéis em Miami e Orlando e área de cruzeiros

O número de leitores e interessados nesse serviço é tão grande que a Red Coach entrou em contato aqui com o Vambora! para contar um novo serviço da empresa que vai facilitar ainda mais a viagem Miami Orlando dos brasileiros. Além do trajeto entre as cidades é possível agora também incluir na mesma passagem o transfer até seu hotel, muito mais fácil e cômodo.

Assim, confira abaixo todos os passos para comprar sua passagem e transfer direto até seu hotel em Orlando ou Miami:
-> Acesse o site para comprar as passagens da Red Coach. O site está em inglês ou espanhol mas é muito fácil de seguir as instruções, sem segredo: http://bit.ly/RedCoach

-> Quando entrar basta escolher primeiro se você quer comprar passagens só de ida, ou ida e volta. Escolha depois o seu local de saída (Ex: Aeroporto de Miami) e local de chegada. Aqui já começa a facilidade: em Orlando você pode escolher já ir direto para o seu hotel, seja na Disney (Walt Disney World Resorts), Universal (Universal Studios), Sea World (Seaworld Hotels), hotéis na International Drive (International Drive Hotels), Lake Buena Vista (Lake Buena Vista Hotels), Kissimmee (Kissimmee Hotels) e Porto de Canaveral (Port Canaveral-Cruise Terminals). Em Miami, as opções de localizações de hotéis são diversas também, incluindo o centro de Miami (Miami Downtown Hotels), Miami Beach (Miami Beach Hotels), South Beach (South Beach Hotels), Coconut Grove (Coconut Grove Hotels) e até o Terminal de Cruzeiros (Miami Cruise Terminal).

Para mostrar um exemplo de como funciona, escolhi o Aeroporto de Miami como local de saída e International Drive em Orlando, como chegada, ida e volta. Veja abaixo:


Como dá para ver, nem precisa digitar o nome completo que a opção já aparece para você(lembrando sempre de escrever em inglês – se não souber, basta copiar o nome em inglês, em parênteses, no parágrafo de cima).

-> Com seus destinos escolhidos, aparece uma nova opção, agora para escolher o nome do seuhotel. A lista é grande, mas se por acaso o seu não aparecer, você pode enviar um email para customerservice@redcoachusa.com, que em 24h eles respondem a mensagem com a informação incluindo o seu hotel.



-> Com todos os destinos ok, agora só é preciso escolher o horário de saída dos ônibus na data escolhida. Importante lembrar que a viagem Miami Orlando dura cerca de 5h no total, desde o aeroporto até o hotel.



-> Como dá para ver na imagem acima, existem diversos horários de saída do ônibus ao longo do dia e 3 tipos de tarifas. Em resumo, a mais barata, chamada de “Non Refundable”, que você só pode comprar via site e não tem reembolso (caso depois da compra você não possa comparecer/fazer a viagem); a “Standart” já tem algum reembolso caso seja preciso remarcar a passagem/horário e a “Refundable”, é a mais cara porém permite cancelamentos e mudanças de horários sem nenhum custo extra.

-> Escolhido horário e preço da passagem, agora é hora de escolher o seu assento nos ônibus.Caso você escolha a passagem saindo do aeroporto e chegando direto no seu hotel, a viagem será feita em duas etapas: uma do aeroporto até o terminal da empresa na outra cidade e depois o transfer do terminal até o seu hotel, com um intervalo para trocar os ônibus. Então, no meu exemplo, marquei o lugar no ônibus do Aeroporto de Miami até o terminal da Red Coach em Orlando e depois do ônibus que sairá do terminal até a chegada no meu hotel em Orlando.



Importante: eles não permitem a compra desse translado até o hotel dentro dos ônibus, então é preciso que a compra de todo o processo seja feita junta. anteriormente, no site da empresa.

-> Assentos escolhidos, agora basta você colocar os dados do passageiro. Outra coisa importante: crianças (3 a 7 anos) e idosos (acima de 62 anos) tem direito automaticamente a um desconto. Para moradores locais há um programa de bônus, chamado de Aerolíneas Plus (que funciona como um programa de milhas de empresas aéreas), o que para o turista brasileiro comum não é muito vantajoso, já que vai usar poucas vezes o serviço, então se quiser pode não colocar nada nessa informação.



-> Depois disso é só adicionar as informações de pagamento, seja cartão de crédito internacional ou via paypal. Importante: tem tantos leitores aqui do blog indo viajar pela empresa através desse post, que eles estão oferecendo um cupom de 5% de desconto na compra da passagem! Então nessa hora, no primeiro campo escrito “Discount Code, coloque o código “1DWZEJQ5T4” e clique em “validate” para obter os 5% de desconto na hora. Muito bom!



-> Pronto! Com tudo confirmado basta imprimir o comprovante e apresentar ao motorista na hora de entrar no ônibus. (Obs: Com a passagem comprada online, melhor chegar sempre com uns 20/30 minutos de antecedência, para evitar qualquer problema e atrasos).

No site da Red Coach também é possível ver o número de malas por pessoa, peso e outras demais informações de viagem (viajando com crianças, o que fazer em caso de cancelamento, etc), clicando em “Travel Information” (veja aqui). No caso, pela Red Coach, se pode levar até duas malas no bagageiro (com até mais ou menos 20kg) e uma bagagem de mão (eles descrevem com mais detalhes no site deles) por pessoa. Acima desse número de bagagens, com peso extra, deverá ser paga uma quantia de $25/por bagagem excedente. No caso de outras empresas, como a Greyhound, os números e valores podem variar então melhor conferir nos próprios sites também.

Finalmente, com a passagem comprada, o meu teste com o ônibus da Red Coach não poderia ter sido melhor! Serviço pontual, ônibus muitooo confortável, com as cadeiras de couro reclinando 140º, televisão, wi-fi gratuito funcionando perfeitamente e apoio para pés: foi como viajar de classe executiva em 4 rodas! Realmente sensacional! Até queria ter tirado mais fotos mas em 2 minutos dormi profundamente e só acordei quando chegamos!

Gostei demais e recomendo mesmo para quem esteja procurando uma outra maneira de fazer o trajeto Miami Orlando. Vambora?