sábado, 2 de agosto de 2014

SIMPLES ASSIM! Solução para nossos Mares. (Só falta ser aceito)


Solução para nossos Mares... (Só falta ser aceita)...
Projeto para retirar os detritos dos oceanos em apenas 5 anos



Basta ir a qualquer praia para notar que a poluição dos rios e oceanos alcançou níveis inimagináveis. Embalagens, sacolas e muitos outros tipos de plásticos já fazem parte – infelizmente – da paisagem de algumas praias ao redor do mundo.

Pensando em mudar um pouco essa realidade, o estudante holandês Boyan Slat criou um projeto batizado de The Ocean Cleanup que, se viável, pode retirar milhões de toneladas de detritos em apenas 5 anos. O objetivo principal do projeto é desenvolver uma plataforma que recolheria toda a sujeira espalhada nos oceanos sem causar danos à fauna.
O problema.



Fonte da imagem: Reprodução/The Ocean Cleanup
O consumo excessivo de plástico e incidentes marinhos – como a ruptura de containers de carregamento em alto-mar – são alguns dos fatores responsáveis pela poluição dos oceanos. Nos estudos conduzidos pelo aluno de engenharia, Boyan Slat concluiu que a maior concentração de detritos está localizada em 5 grandes áreas.
Caso a humanidade não tome nenhuma atitude para reverter essa situação, o risco que corremos é a morte de milhares de espécies aquáticas, além do transporte de substâncias nocivas, o que pode acabar chegando à cadeia alimentar e contaminando a população. Outro ponto importante é que a poluição gera altos custos para o governo e a indústria, que perde a chance de explorar o turismo e precisa constantemente restaurar os danos causados às embarcações.

Controlar o consumo de plástico por parte das pessoas é parte da solução do problema. No entanto, isso não fará com que os detritos já depositados nos oceanos desapareçam. Por esse motivo, limpar as águas é a necessidade mais urgente.
O projeto.

Fonte da imagem: Reprodução/The Ocean Cleanup
Reunindo seus conhecimentos de engenharia, meio ambiente e tecnologia, Boyan Slat pode ter encontrado uma saída para esse grande problema ambiental. Depois de fazer alguns testes e recolher detritos do mar, o objetivo do estudante é desenvolver um dispositivo capaz de recolher a sujeira para que ela possa ser trazida à terra e reaproveitada.

Batizada de Ocean Cleanup Array, a máquina teria a forma de uma arraia e seria equipada com barreiras de contenção. De acordo com o site do projeto, as barreiras são mais eficazes do que as redes e oferecem menos riscos à vida marinha.

ara diminuir custos e aumentar a eficiência do dispositivo, o projeto prevê que a plataforma seja autossustentável, funcionando com energia proveniente do sol, das correntes e das ondas. O formato garante o contato constante da máquina com a superfície da água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário