sábado, 14 de junho de 2014

15 ALIMENTOS que você compra uma vez e replanta para sempre.





AO invés de gastar dinheiro toda vez que vai ao mercado, que tal plantar alguns alimentos em casa mesmo? O bolso agradece, além de fazer bem para a saúde e a natureza. Saiba agora como criar uma mini-horta:



Manjericão

Se você gosta de uma boa pizza e um bom molho, certamente na sua casa não falta manjericão. Para garantir o manjericão do ano inteiro, escolha as hastes mais bonitas e separe três, deixando-as num tamanho entre 10 e 15 cm. Retire as flores e folhas da parte inferior e, na superior, deixe apenas algumas. Coloque-as num copo de vidro com água até a metade (a água deve ser trocada de dois em dois dias) e mantenha no sol. Quando as raízes chegarem a 2 cm, troque o copo por um vaso médio ou grande para que a erva tenha espaço para crescer.

Cebolinha

Plantar cebolinha é fácil e rende muito! Num copo de água, coloque a cebolinha com a parte branca para baixo, deixando o pedaço verde para cima. A água deve cobrir cerca de 2,5 cm da parte branca e a verde deverá permanecer seca. É importante trocar a água todos os dias e deixá-la num local onde bata sol. Pronto, agora é só esperar alguns dias.

Alecrim

Faça o mesmo procedimento do manjericão. Depois que os galhos estiverem maiores, replante num vaso com uma mistura de 2/3 de areia e 1/3 de terra e mantenha no sol. É importante que o vaso tenha furos na parte inferior para absorver a água. Atente-se para cortar os galhos quando necessário.

Hortelã

Utilize o mesmo procedimento do manjericão e do alecrim. Depois de alguns dias, replante num vaso maior e que absorva água. A folha precisa de muita água, caso contrário você não conseguirá colher a erva.

Alho



Replantar o alho é bem trabalhoso, mas podemos utilizar as folhas do bulbo de uma maneira bem fácil. Num recipiente de vidro com água, coloque os dentes de alho e utilize as extremidades dos brotos para temperar batatas, húmus e qualquer tipo de salada.

Alface

Plantar alface-romana também não tem muito segredo. Numa vasilha com água, coloque a cabeça do alface (aquela que sempre jogamos fora). Troque a água constantemente. Em alguns dias, estará pronto para colher.

Aipo (salsão)

Para aqueles que vivem na dieta, será uma economia e tanto. Numa vasilha funda e com água, coloque o talo com média de 5 cm. Deixe num local ensolarado, troque a água todos os dias e regue também a planta para não a deixar ressecar. As folhas brotarão em tom amareladas e depois ficarão verdes. Depois que as folhas brotarem, em torno de sete dias, passe para um vaso com terra e furos para não acumular água.

Acelga

Utilize a raiz e faça o mesmo procedimento do aipo.

Alho-poró

Num recipiente com água e não muito fundo, coloque o talo com uns 5 cm de raiz. Não deixe que a água seque nem evapore. Após criar raízes, replante num vaso com terra.

Erva-cidreira

Deixe em torno de 5 ou 6 talos na água até que crie raízes. Depois disso, passe para um vaso com terra. Mantenha em lugar arejado e que bata sol e regue todos os dias.

Cebola

Com a extremidade da cebola, aquela parte que jogamos fora, faça o mesmo procedimento dos demais alimentos que citamos acima: coloque numa vasilha com água e, depois de alguns dias, quando aparecerem as raízes, passe para um vaso com terra ou plante diretamente na terra em local aberto.

Cenoura



Também não é preciso replantar, pois podemos utilizar apenas as folhas que são muito nutritivas. Num recipiente com água até a metade, coloque a parte superior da cenoura (aquela que você geralmente joga fora). Em 15 dias, as folhas começarão a brotar. Você poderá utilizá-las em sopas, saladas e até em sucos.

Pimentas

Escolha um local ensolarado e plante-as com uma profundidade entre 30 e 40 cm. É importante regá-las constantemente. Lembre-se de que a melhor época para a plantação de pimentas é no final da primavera.

Batata-doce

Fure a batata-doce com um palito de churrasco, coloque-a num copo com água e utilize o palito para que ela fique suspensa (metade na água e metade fora). A água deve ser trocada diariamente e o copo deverá ser mantido em local que bata luz. Tenha paciência, pois as mudas germinam depois de algum tempo. Depois disso, plante as mudas num vaso com terra bem espaçoso.

Abacaxi
Utilize a coroa e a base que fica presa na casca, colocando-as num copo com água, a qual deverá ser trocada todos os dias. Depois disso, algumas mudas aparecerão e deverão ser plantadas num vaso com terra. Neste período, a quantidade de água deve ser dosada, ou seja, a terra não pode fica nem muito encharcada nem seca. Tenha paciência, pois depois de meses as folhas velhas serão substituídas por novas. Um ano depois, a planta deve ser removida para um vaso maior do que o anterior para facilitar a drenagem. Siga o cultivo de maneira tradicional, com bastante água e luz. Aguarde!Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário