terça-feira, 8 de outubro de 2013

Geada Negra: O Haarp teria sido testado no Brasil em 1975?

Geada Negra: O Haarp teria sido testado no Brasil em 1975?



Dia 18 de julho de 1975, 37 anos atrás, caíram sobre o solo paranaense uma das maiores geadas que se tem notícia no Brasil. A “geada negra”, como ficou conhecida, erradicou a cafeicultura no Estado do Paraná, em especial a região norte.

Naquela ocasião muitos não tiveram ideia da amplitude dos problemas causados e das consequências que seriam geradas por esta geada, talvez ainda hoje muitos não tenham essa compreensão. Era uma sociedade voltada à agricultura, e o Brasil era o maior exportador, e produtor de café. Era todo um modo de vida, que foi erradicado de uma hora para outra.

“Um verdadeiro cataclismo”. Assim noticiaram os jornais da época a respeito da geada negra que se abateu sobre o Norte do Paraná, dizimando cerca de 850 milhões de pés de café e mudando definitivamente as configurações econômicas de Londrina e região.

O fato aconteceu no dia 18 de julho de 1975. O inverno era pesado. Os curitibanos haviam acabado de ver, extasiados, a neve que caiu sobre a cidade. Apesar de bonito, o espetáculo da natureza trouxe consigo outro fenômeno meteorológico, mas de efeito catastrófico: uma forte geada que destruiu todos os cafezais do estado, que até então tinha sua economia dependente da produção de café. O céu azul ficou marcado por manchas vermelhas que anunciavam a tragédia. Nas horas mais frias os termômetros despencaram e de repente nada mais restou.

Os pés de folha verde não existiam mais - é uma floresta de pés pretos, completamente queimados, esturricados. Com a queda do café, houve um verdadeiro fluxo imigratório: cerca de 2 milhões de pessoas abandonaram o Paraná. Alguns estudiosos acreditam ter sido esse o maior fluxo migratório já ocorrido no mundo em tempos de paz.

Hoje podemos imaginar e supor muitas teorias. Será que oHaarp- suposta arma norte-americana cujo poder é causar grandes mudanças climáticas – , não foram testados aqui mesmo no Brasil? O país tinha uma economia cafeeira muito rentável, que incomodava os norte-americanos.

Mesmo sabendo que oficialmente o Haarp só começara a existir em 1993, muitas tecnologias são mantidas ocultas, e só muitos anos após serem criadas são oficialmente reveladas, por isso podemos deixar margem para essa questão.



O Haarp, fundado em 1993, está localizado no Alasca (EUA). Muitas "teorias da conspiração" sugerem que a instalação é capaz de alterar o clima de qualquer lugar do planeta, criando fenômenos como terremotos, furacões, entre outros.

Pouco provável tal tecnologia ser usada em 1975? Ou realmente fomos os primeiros a ser testados por esses equipamentos com a intenção de derrubar o nosso principal produto de exportação? Será que ainda hoje, algumas tragédias ambientais que ocorrem mundo afora não tem essa intervenção? Nenhum fenômeno semelhante foi registrado com tamanha proporção em solo brasileiro.

A geada negra dizimou toda uma cultura agrícola, que do dia para a noite viu o apogeu de uma sociedade se esfacelar em um fenômeno climático, de proporções jamais vistas antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário