segunda-feira, 4 de março de 2013

Seu respeito... seu galardão... sua reformulação... Seus respeitos e valores! Tenha um tempinho para isto.... Um Oásis para toda sua vida...











Seu respeito... seu galardão... sua reformulação... 

Seus respeitos e valores! 


Quando um velho homem morreu na enfermaria de geriatria de um lar de idosos em uma cidade do interior da Austrália, acreditava-se que ele não tinha mais nada de qualquer valor.
Mais tarde, quando as enfermeiras estavam olhando seus poucos pertences, encontraram este poema. A sua qualidade e conteúdo impressionaram tanto a equipe que cópias foram feitas e distribuídas para cada enfermeira no hospital.
Uma enfermeira levou uma cópia para Melbourne ... O único legado do velho homem para a posteridade já apareceu nas edições de Natal de revistas em todo o país e figura nas revistas de Saúde Mental. Uma apresentação de slides também foi feita com base em seu simples mas eloquente poema.
E esse velho homem, com nada para dar ao mundo, é agora o autor deste poema "anônimo" navegando em toda a Internet.

VELHO RANZINZA...
O que vocês vêem enfermeiros?... O que vocês vêem?
O que vocês estão pensando... quando estão olhando para mim?
Um homem casmurro,... não muito sábio,
Incerto de hábito… de olhos distantes?

Quem goteja sua comida... e não faz qualquer comentário.
Quando você diz em voz alta... “Eu gostaria que você tentasse!”
Quem parece não perceber... as coisas que você faz.
E sempre está perdendo... uma meia ou sapato?

Quem, resistindo ou não... lhe permite fazer como quiser,
Com o banho e a alimentação... o dia inteiro para preencher?
É nisso que você está pensando?... é isso ... o que você vê?
Então abra seus olhos, enfermeiro... você não está olhando para mim.

Vou lhe contar quem eu sou ... como continuo, ainda, sentado aqui,
Conforme posso fazer ao seu comando,... como comer à sua vontade.
Eu sou uma pequena criança de dez anos... com um pai e uma mãe,
Irmãos e irmãs... que se amam
Um rapaz de dezesseis... com asas nos pés
Sonhando que breve... uma amante ele vai encontrar.

Um noivo logo aos vinte... meu coração dá um salto.
Lembrando os votos... que eu prometi manter.
Aos vinte e cinco, agora... tenho minha própria juventude.
Quem precisa de mim para guiar... e um lar seguro feliz.

Um homem de trinta... minha juventude agora cresceu rápido,
Ligados um ao outro... com os laços que devem durar.
Aos quarenta, meus filhos pequenos... cresceram e se foram,
Mas a minha mulher está ao meu lado... para ver que eu não lamento.

Aos cinquenta anos, mais uma vez,... bebês brincam no meu joelho,
Mais uma vez, conhecemos as crianças... minha única amada e eu.
Dias sombrios estão sobre mim... minha mulher agora está morta.
Eu olho para o futuro... tremo de pavor.
Pois meus jovens estão todos criados... da sua própria juventude.
E eu penso nos anos... e no amor que eu conheci.
Eu sou agora um velho homem... e a natureza é cruel.
É piada para fazer a velhice... parecer uma tolice.
O corpo, ele se desintegra... graça e vigor, partem.

Existe agora uma pedra... onde uma vez eu tive um coração.
Mas dentro desta velha carcaça... um jovem ainda habita,
E agora e de novo... meu maltratado coração incha
Lembro as alegrias... eu me lembro da dor.
E eu estou amando e vivendo... a vida outra vez.
Eu acho que os anos, muito poucos... foram embora muito rápido.
E aceitar o fato gritante... que nada pode durar.

Então abram seus olhos, pessoas... abram e vejam.
Não um homem casmurro.
Olhe mais perto... veja... A MIM!

Lembre-se este poema da próxima vez que encontrar uma pessoa mais velha que poderá deixar de lado sem olhar para a alma jovem dentro dela ... Vamos todos, um dia, estar lá, também! Por favor, compartilhe este poema. As coisas melhores e mais bonitas deste mundo não podem ser vistas ou tocadas. Elas devem ser sentidas pelo coração!

Curtam/Compartilhem >>>>>>>>>>> + Saúde



Em sentido figurado, os que servem fielmente a Deus na idade 
avançada têm muito em comum com a elegante palmeira. 
“As cãs [cabelos brancos] são uma coroa de beleza quando se 
acham no caminho da justiça”, diz a Bíblia. (Provérbios 16:31


MUITAS pessoas nas terras do Mediterrâneo plantam 
tamareiras, um tipo de palmeira, no seu quintal. 
Essas árvores são conhecidas por sua beleza e seus 
frutos saborosos. Além do mais, elas continuam 
dando frutos por bem mais de cem anos.

O Rei Salomão, do Israel antigo, poeticamente comparou
 a estatura de uma bela sulamita à de uma tamareira. 
(Cântico de Salomão 7:7) O livro Plants of the Bible
 (Plantas da Bíblia) diz: “A palavra hebraica para 
tamareira é ‘tàmâr’. . . . Para os judeus, ela era símbolo
 de graça e elegância, e muitas vezes a aplicavam a 
mulheres.” Por exemplo, a bela meia-irmã de Salomão 
chamava-se Tamar. (2 Samuel 13:1) Ainda hoje, alguns 
pais dão esse nome às filhas.

Belas mulheres não são as únicas a ser comparadas a 
uma palmeira. O salmista cantou: “Os justos florescerão 
como a palmeira, crescerão como o cedro do Líbano; 
plantados na casa do SENHOR, florescerão nos átrios 
do nosso Deus. Mesmo na velhice darão fruto, 
permanecerão viçosos e verdejantes.” — Salmo 92:12-14,
 Nova Versão Internacional.

Em sentido figurado, os que servem fielmente a Deus na
 idade avançada têm muito em comum com a elegante 
palmeira. “As cãs [cabelos brancos] são uma coroa de 
beleza quando se acham no caminho da justiça”, diz a
 Bíblia. (Provérbios 16:31) Embora seu vigor físico talvez 
diminua com os anos, os idosos podem conservar sua 
vitalidade espiritual derivando forças do estudo regular
 da Palavra de Deus, a Bíblia. (Salmo 1:1-3; 
Jeremias 17:7, 8) Graças às suas palavras cativantes e
 ao seu bom exemplo, os idosos fiéis são uma enorme 
fonte de encorajamento para outros e continuam a 
produzir frutos ano após ano. (Tito 2:2-5; 
Hebreus 13:15, 16) Como a tamareira, mesmo na idade 
avançada os idosos podem ser produtivos.




Preconceito!

Para os jovens...Para a maioria...
Para para nossos olhos...!Se coloque um segundo no lugar 
dela...Não Chore... 
Foi só um segundo.... tente se colocar 5 minutos... pesou 
???Ela é uma heroína? Porque?
Para Deus...
Para quem foi criado segundo a Bíblia...
Linda!!!
Falem os anos... (diz a Palavra de Deus)
Os anciãos governavam ensinavam !
Salmos 92;14 Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos
 e vigorosos,
E teus frutos??? Ainda é tempo! Deixe, peça a direção de 
Deus para sua vida! E darás muitos Frutos!..JO/ELI



Um pouco mais...



Sério, importante..... Para TDs!!!!!!



A CONFUSÃO MENTAL DOS IDOSOS (UTILIDADE PÚBLICA )
( leia, é pequeno, importante e sério )
Principal causa da confusão mental no idoso
Arnaldo Lichtenstein, médico
Sempre que dou aula de clínica médica a estudantes do quarto ano de Medicina, lanço a pergunta:
- Quais as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental?
Alguns arriscam: *"Tumor na cabeça".
Eu digo: "Não".
Outros apostam: "Mal de Alzheimer"
Respondo, novamente: "Não".
A cada negativa a turma se espanta.... E fica ainda mais boquiaberta quando enumero os três responsáveis mais comuns:
- diabetes descontrolado;
- infecção urinária;
- a família passou um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.
Parece brincadeira, mas não é. Constantemente vovô e vovó, sem sentir sede, deixam de tomar líquidos.
Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez.
A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos ("batedeira"), angina (dor no peito), coma e até morte..
Insisto: não é brincadeira.
Na melhor idade, que começa aos 60 anos, temos pouco mais de 50% de água no corpo. Isso faz parte do processo natural de envelhecimento.
Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica.
Mas há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de tomar água, pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem.
Conclusão:
Idosos desidratam-se facilmente não apenas porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo. Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo.
Por isso, aqui vão dois alertas:
1 - O primeiro é para vovós e vovôs: tornem voluntário o hábito de beber líquidos. Por líquido entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite, sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina, também funcionam. O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro. Lembrem-se disso!
2 - Meu segundo alerta é para os familiares: ofereçam constantemente líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao perceberem que estão rejeitando líquidos e, de um dia para o outro, ficam confusos, irritadiços, fora do ar, atenção. É quase certo que sejam sintomas decorrentes de desidratação.
"Líquido neles e rápido para um serviço médico".

(*) Arnaldo Lichtenstein (46), médico, é clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
Gostou?
Então divulgue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário