domingo, 9 de dezembro de 2012

Saia do ostracismo...Participe e mude seus conceitos!..2° Edição : Corrigida CORAJOSOS "O FILME" Reunião Homens de Corágem...


2° Edição : CorrigidaDVD CORAJOSOS "O FILME"Homens de CoragemHomens de CoragemSoprou de NovoMarcelo Gualberto...


Marcelo GualbertoDiretor Nacional da MPC


Não tem como não estabelecer um paralelo entre o início do Desperta Débora, há quase 18 anos atrás, Meu desejo é que este espaço virtual seja um espaço de bençãos na caminhada dos Homens de Coragem. O Desperta Débora nasceu ainda na era do fax, tecnologia de ponta naquela época.... comunicação entre as coordenadoras e as Déboras tinha que ser feita por meio de cartas, e de preferência carta social, ao custo de 0,01 centavo. Só mesmo por um milagre, que entendo ter sido um “sopro”do Espírito Santo, para o Desperta Débora ter crescido tanto em tão pouco tempo. Rapidamente o movimento se espalhou de norte a sul do Brasil. Quando digo pouco tempo, refiro-me a cerca de três anos para, que de fato, fossemos um movimento nacional.Periodicamente publicaremos mensagens, dicas e notícias sobre o movimento em todo o Brasil. Queremos ver um país mudado, com famílias rendidas ao Senhor. E tudo isso começa com um homem que tenha “coragem para ser diferente e um compromisso que faça diferença”. Este homem pode e deve ser você!Marcelo GualbertoCapelão – Homens de Coragem


Termo de CompromissoHomens de Coragem1Enquanto eu viver, serei um seguidor de Jesus Cristo, e Ele será o Senhor da minha vida.2Solenemente, assumo, diante de Deus e da sociedade, total responsabilidade pelos meus filhos e por minha esposa, a quem serei fiel e dedicarei honra e respeito.3Vou amá-los, protegê-los, servir-lhes e ensinar a eles a Palavra de Deus, como líder espiritual e cabeça do lar.4 Serei um “Pai de Oração”. Com isso quero dizer que assumo o compromisso de orar pelos meus filhos, diariamente, pela conversão deles, pela escola em que estudam e para que eles consagrem seus dons e talentos a Deus e a Sua obra.5Vou confrontar o mal em todas as suas manifestações, buscar a justiça e praticar a misericórdia.6Vou amar meu próximo, orar por ele e tratá-lo com bondade, respeito e compaixão.7Vou trabalhar, honesta e diligentemente, para prover o sustento da minha família.8Vou perdoar os que errarem em relação a mim e pedirei perdão àqueles contra os quais agi erroneamente.9Vou aprender com os meus erros, arrepender-me dos meus pecados e andar com integridade como um homem responsável diante de Deus e da sociedade.10Vou trabalhar corajosamente, com a força dada por Deus, para cumprir este compromisso pelo resto da minha vida. Assumo, ainda, no caso de algum fracasso, o compromisso de começar de novo, sempre na dependência do Pai Celestial. 

Os corajosos, este filme  por si só nos alerta quanto a importância de um maior comprometimento com aquilo que Deus quer para o nosso dia a dia com a família a sociedade e com nos mesmos. Ele fala sobre os dias difíceis passados por policiais que como agentes da lei, são confiantes e concentrados, preparados para o pior que as ruas pode oferecer.  No entanto, ao final do dia, eles enfrentam um desafio na qual não estão preparados: a responsabilidade de ser pai. Quando uma tragédia atinge suas casas, esses homens são deixados lutando com as suas esperanças, seus medos, sua fé, e sua paternidade. Sábado, dia 8 de dezembro no auditório Enéas Tognini, 10 horas da manhã, apos uma ligeira apresentação feita pelo Diretor Nacional da MPC  Marcelo Gualberto, foi exibido na integra o filme corajosos, onde todos os presentes foram muito tocados pela mensagem passada. Na sequencia a apresentação e convocação feita por Onir prado, aconteceu quase que naturalmente. Todos, tocados pelo realismo, exemplos e resultados que o filme trouxe e visitados de uma forma intensa e maravilhosa pelo Espirito Santo, foram levados a uma aceitação unanime, responsável, definitiva. Com certeza  estes frutos farão com que muitas vidas sejam alcançadas e beneficiadas por este mover autentico, genuinamente gerado e enviado pela misericórdia e amor de Deus para este momento tão difícil, que as famílias, o povo de uma maneira geral esta enfrentando com tantas perdas, frustrações, mortes, e um desamor geral!No mais, que possamos estar atentos ao desenrolar das coisas e orando para que aqueles que o senhor tem levantado para esta" Obra Santa", sejam  revestido de toda coragem, determinação, amor e armadura espiritual necessária, para que esta causa atinja seus objetivos!  João/ Eli.Marcelo Gualberto








...
No dia 20 de maio de 1995, em Seul na Córeia, o Espírito Santo de Deus resolveu “soprar” nos ouvidos e no coração do meu amigo, Pr. Jeremias Pereira. Um “sopro”, um cicio, uma brisa leve, que logo se transformou em “vento impetuoso” que despertou milhares de mães, no Brasil e no mundo, para a luta intercessória, diante de Deus, em favor dos filhos e da juventude brasileira. Muito resumidamente, esta é a história do Desperta Débora, um movimento de oração que conta com mais de 100.000 mães, biológicas, adotivas ou espirituais.
No dia 12 de agosto de 2012, no Rio de Janeiro, o Espírito Santo resolveu “soprar” de novo. Desta vez nos ouvidos e no coração de um outro amigo, Onir Prado. Parece que estou vendo a história se repetir. Por enquanto apenas uma suave brisa que logo se transformará em mais um “vento impetuoso” para convocar os homens brasileiros a assumirem o seu papel na liderança espiritual de suas casas, para a oração em favor dos filhos, para o resgate dos valores cristãos numa sociedade em queda. Refiro-me ao movimento que acaba de nascer, Homens de Coragem.
É verdade, o “Vento sopra onde quer”. Nada disso foi fruto de um planejamento estratégico. Apenas aconteceu e está acontecendo. Simples assim! Meu desejo e minha oração é que possamos seguir em frente exatamente como começamos, como um sopro, um vento, um movimento, ou seja, leve, imprevisível, incontrolável e perceptível. Vento que faça tremular a bandeira da esperança num Brasil angustiado; brisa para refrescar corações desesperados, vendaval para destruir os sofismas e quebrar as cadeias que prendem milhões de lares neste país.
A convocação agora é para os homens. Desta vez é mais do que orar pelos filhos. O chamamento é para os “Homens de Coragem”, coragem para ser diferente e compromisso para fazer diferença.

Marilene Ayalla Amém!famílias rendidas aos pés do Senhor!


Nenhum comentário:

Postar um comentário