terça-feira, 17 de abril de 2012

Pomar Brasil, Pomar Brasil !.

Suas marcas são descritas nas escarpas,
As pegadas são deixadas desde o rio,
Rio amado, soletrado e majestoso, 
Que cedeu da sua parte como a um filho.


Hoje reina imponente na paisagem,
Transformada, bem mais verde e produzindo,
E seu fruto tão mais doce e desejado,
Com sua cor, sua beleza, vem surgindo.


Pomar Brasil, Pomar Brasil,
No meu sertão você surgiu,
A fé te fez, o Rio supriu,
Teu fruto é doce,
É do Brasil!

Segunda versão :

Suas marcas são descritas nas escarpas,
As pegadas são das curvas desde o rio,
Chico amado, soletrado e majestoso, 
Que cedeu da sua parte como a um filho.

Hoje reina imponente na paisagem,
Transformada, bem mais verde e produzindo,
E seu fruto é mais doce e desejado,
Com sua cor, força e beleza, vem surgindo.

Pomar Brasil, Pomar Brasil,
Na areia, poeira, você surgiu,
A fé te fez, o Rio supriu,
Teu fruto é doce,
É do Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário