terça-feira, 10 de agosto de 2010

Possessividade!

Não te quero só para mim e nem poderia, quero-te para ti mesmo e para tua própria vida. Quanto mais fores o que quiseres mais serás o que eu queria. ( A. Desconhecido)


Nenhum comentário:

Postar um comentário