quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

AMIGÕES HERÓIS... Pequeno Beagle salva menina de 11 anos de ser sequestrada.


Uma menina de 11 anos foi quase sequestrada na manhã deste último domingo, 21, em Pasadena, Estados Unidos, enquanto passeava com seu cachorro, segundo sua família.

“Ele agarrou-a pelo braço e disse: ‘Venha comigo agora!”, disse Bianca Hernandez, a irmã da vítima.

Pequeno cachorro beagle salva menina de 11 anos de ser sequestrada

A menina, uma aluna do sexto ano na região de Midland, Califórnia, que estava visitando a família, resistiu ao possível raptor, mas estava perdendo a luta até que seu cachorro, Ray, um Beagle Mix de 2 anos, entrou na briga, de acordo com testemunhas

Um vídeo do circuito de vigilância de um comércio que funcionava próximo ao local onde ocorreu a tentativa de sequestro capturou claramente o rosto do sujeito e a placa do seu carro – um Ford Expedition 2001, que ele estava dirigindo.

O Departamento de Polícia de Pasadena pediu à imprensa que se abstenha de revelar a identidade do suspeito enquanto a investigação continua. O pedido foi feito porque pode comprometer as investigações sobre a garota quase sequestrada.

“Somos abençoados por ela estar bem”, disse Hernandez.

FORD CRIA CASINHA PARA CÃES QUE ISOLA DOS ESTRONDOS DE FOGOS DE ARTIFÍCIO.








É difícil falar de Natal e Ano Novo sem pensar em fogos de artifício e, embora o espetáculo visual seja inesquecível, os estrondos são bastante prejudiciais aos bichos que possuem grande sensibilidade auditiva, a exemplo dos cães de estimação. Os animais ficam ansiosos e passam por um grande stress. A Ford resolveu, então, usar a tecnologia de seus veículos para criar uma casinha capaz de isolar o barulho que vem de fora.



Cães escutam em uma frequência de 67 Hz a 45.000 Hz, enquanto os humanos de 20 Hz a 20.000 Hz

“Nós nos perguntamos como as tecnologias que usamos em nossos carros poderiam ajudar as pessoas em outras situações. Certificar-se de que os cães e seus donos pudessem desfrutar de uma noite de Ano Novo sem estresse parecia a aplicação perfeita para o nosso sistema Active Noise Control, e temos mais algumas idéias em andamento sobre como nossa vida diária pode se beneficiar com o know-how da Ford", explicou a companhia, no blog Ford Europe.

Nos veículos, o Active Noise Control é usado nas últimas SUVs Edge, com microfones que captam ruídos do motor e da transmissão. Em seguida, alto-falantes tocam as freqüências opostas para cancelá-los. Na casinha, essa tecnologia é utilizada para reduzir os sons em um nível aceitável para a audição ultrassensível dos cães — geralmente, eles escutam em uma frequência de 67 Hz a 45.000 Hz, enquanto os humanos podem ouvir de 20 Hz a 20.000 Hz.
Para chegar a esse resultado, o protótipo usa paineis com abafadores, controle ativo de sons, porta automática, elevadores anti-vibração para a sustentação e ventilação à prova de sons.
Veja o  Vídeo:



 Assim como o cesto de bebê que simula viagem de carro, essa é mais uma boa ideia que ainda não tem previsão de chegada ao mercado, mas que já tem muita gente interessada — especialmente se forem oferecidas mais opções e com diferentes faixas de preços.

ESSE PRÉDIO É UMA VERDADEIRA FLORESTA VERTICAL EM MEIO A MILÃO.



ESSE PRÉDIO É UMA VERDADEIRA FLORESTA VERTICAL EM MEIO A MILÃO
HÁ MAIS DE 16 HORAS
EQUIPE MEGACURIOSO

As cidades são cada vez mais cinzas. Enquanto prédios se proliferam, as áreas verdes do planeta se reduzem. Mas é possível unir a natureza ao meio urbano. Prova disso é o “Bosco Verticale”, edifício residencial sustentável em Milão, na Itália. O projeto assinado pelo arquiteto Stefano Boeri foi inaugurado em 2014 e é considerada a primeira floresta vertical do mundo.



As duas torres do Bosco Verticale — uma de 76 e outra de 112 metros de altura — abrigam 480 árvores de porte médio e grande e outras 300 de pequeno porte, 11 mil plantas perenes e rasteiras e 5 mil arbustos. Esses números impressionantes equivalem a 20 mil m² de floresta e vegetação rasteira, apesar de ocupar uma superfície urbana de 1,5 mil m².



Além da estética deslumbrante, essas milhares de plantas contribuem significativamente com o ambiente do entorno: absorvem dióxido de carbono do poluído ar de Milão, filtram partículas de poeira, servem como barreira à radiação solar, produzem umidade e oxigênio, promovem conforto acústico, fornecem sombra e refrescam o ambiente dos apartamentos.



As torres possuem sistemas eólicos, solares e um grande sistema de reutilização de água residual ajuda a irrigar a vegetação contida em cada sacada. A floresta vertical aumenta e preserva a biodiversidade local, ajudando a criar um ecossistema urbano que atrai pássaros e insetos como um imã. De acordo com a estação do ano, o edifício apresenta novas paisagens, que variam de acordo com a mudança das plantas.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

O PERDÃO... SUA MAIOR ARMA CONTRA MUITOS MALES.




PERDÃO
Atos 7.54-60


-Introdução: Perdão é o aumentativo de perda. Sim, perdoar é perder. Para liberar perdão é preciso aprender a perder. Jesus nos ensinou que “se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas” (Mateus 6.14,15). Com estas palavras Jesus ensina que:
-quem ganha sai perdendo: quando pensamos que não podemos sair perdendo e revidamos, defendemos nossos interesses para sair ganhando. É o famoso ‘não levar desaforo para casa’. Quando achamos que estamos ganhando, na verdade estamos perdendo. Se ganhar do próximo, perde o perdão de Deus (v.15).
-quem perde sai ganhando: quando aceitamos superar a perda, ou perdoar. Humanamente saímos perdendo, mas espiritualmente somos vencedores. Um crente que tem visão espiritual não faz conta de pequenas coisas. Se perder para o próximo, ganha o perdão de Deus (v.14).
Na verdade, o importante não é quem sai com a razão e sim que Jesus ganhe.
Depois de Jesus perdoando os soldados e todos os seres humanos na cruz, um dos maiores exemplos de perdão na Bíblia é o momento em que Estêvão é apedrejado. Em todo o tempo ele demonstrou serenidade e resignação. Ele perdeu a sua vida, mas ganhou a salvação em Jesus.



Você consegue perdoar?
Vamos aprender com o exemplo de Estêvão, sete características de pessoas que não perdoam e sete de pessoas que sabem perdoar:

1- Quem não perdoa: v.54 e 57-58
As sete características de quem não sabe perdoar:
-RAIVA: “enfureciam-se no seu coração” v.54ª
Aqueles homens ficaram com raiva da pregação de Estêvão. Uma pessoa rancorosa não consegue perdoar porque sempre haverá algo para remexer sua ferida. Lembrar de coisas ruins que as pessoas fazem é uma característica de quem não sabe perdoar.
-ÓDIO: “rilhavam os dentes contra ele” v.54b
Os inimigos de Estêvão rangiam os dentes de tanto ódio. Quando a ira é guardada se torna em ódio. O ódio é cego. Uma pessoa com ódio é capaz de coisas terríveis. Quem não sabe perdoar sente mal quando vê a pessoa que o ofendeu.
-GRITARIA: “eles, porém, clamando em alta voz” v.57ª
Deve ter sido um grande tumulto de pessoas gritando palavras de ofensa contra Estêvão. Quando uma pessoa com raiva fala alto a tendência é o outro responder mais alto ainda e começa uma confusão, mas “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira” (Provérbios 15.1). Quem não sabe perdoar comumente responde com palavras grosseiras.



-FALTA DE DIÁLOGO: “taparam os ouvidos” v.57b
Eles não queriam ouvir o que Estêvão dizia. Quem não sabe perdoar, não consegue ouvir ou perceber qualquer gesto do próximo. Muitas inimizades começam depois de uma ofensa quando um começa a ignorar o outro. Quem não sabe perdoar isola ignorando a pessoa que o ofendeu.
-ATAQUES: “unânimes, arremeteram contra ele” v.57c
Depois que a raiva virou ódio, começou a gritaria e não havia mais diálogo, começaram a atacar Estêvão. Existem pessoas que são relativamente mansas, contudo se estiverem descontentes são capazes de fazer atrocidades. Este é o famoso ‘pagar com a mesma moeda’. Quem não sabe perdoar responde de maneira vingativa.
-INIMIZADE: “lançando-o fora da cidade” v.58ª
Estevão foi levado para fora da cidade onde eram feitos os apedrejamentos. Com este ato estavam demonstrando que não era digno de estar no meio deles. Isto é o mesmo que ‘riscar da minha lista’. Quem não sabe perdoar tem o hábito de romper com amizades e excluir pessoas de sua vida.
-VIOLÊNCIA: “o apedrejaram” v.58b
Aqueles homens já estavam armados com pedras na mão. Foi só um começar que todos atiraram suas pedras contra Estevão. Muitas pessoas andam sempre armadas com pedras nas mãos. Quem não sabe perdoar está disposto a atacar assim que tiver oportunidade.
-CONIVÊNCIA: “As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo” v.59b
Parece que algumas pessoas que estavam presentes ali não fizeram muita coisa. Talvez não gritaram nem atiraram pedras, mas atiçaram a confusão e ajudaram de alguma maneira. Saulo ajudou guardando as vestes das pessoas que saíram para atacar Estevão. Existem pessoas que dizem que não faz mal ao próximo, mas fica esperando algo acontecer ou provocando outras pessoas. Quem não sabe perdoar se agrada quando alguém prejudica o outro. Deus abomina isso (Provérbios 6.16-19).
Estas características de pessoas que não perdoam, não podem ser para um cristão. A raiva que se torna ódio, depois gritaria, falta de diálogo, ataques, inimizades, violência e conivência com o erro, não podem ser comportamentos de um servo de Deus.
Você tem alguma destas características de pessoa que não perdoa?
Seja sincero e peça ajuda de Deus!



2- Quem perdoa: v.55,56 e 59,60
As sete características de quem perdoa:
-ESPIRITUALIDADE: “mas Estêvão, cheio do Espírito Santo” v.55ª
Estêvão perdoou porque enquanto os homens estavam cheios de raiva ele estava cheio do Espírito Santo. Você não precisa se encher de razão, encha-se do Espírito Santo. O segredo para saber perdoar é ter uma vida cheia do Espírito Santo. O crente que tem a armadura de Deus veste o capacete da salvação para proteger sua cabeça de ver, ouvir e pensar coisas ruins. Usa a couraça da justiça para proteger seu coração de maus sentimentos e se protege com o escudo da fé (Efésios 6.10-17).





-DETEMINAÇÃO: “fitou os olhos no céu” v.55b
Ao invés de ver o que estava acontecendo ou procurar uma saída, Estêvão olhou para o céu. Isso nos ensina que quando não há solução em nenhum lado, olhe para cima que Deus te dá uma salvação. A visão do crente não deve ser os problemas e sim ter o alvo, meta ou foco em Jesus.
-VISÃO: “e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita” v.55c
Estêvão não olhou nem as feridas que tinha no corpo porque se maravilhava ao ver a glória de Deus. Devemos sempre contemplar a Glória de Deus que ofusca todos os nossos problemas. Deus tem o melhor para aqueles que o amam (Romanos 8.28 e I Coríntios 2.9)
-APROVAÇÃO DIVINA: “e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus” v.56
Ao ver os “céus abertos” e Jesus em pé demonstra um ato de aprovação de Deus. Se a Bíblia diz que “Cristo vive, assentado à direita de Deus” (Colossenses 3.1) Ele abriu os céus e se levantou em gesto de aprovação à atitude de Estêvão. Se você é um servo de Deus saiba que Deus está vendo sua vida e fará justiça por você.
-ORAÇÃO: “que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito” v.59
Estêvão era um homem de oração. Aprendeu com Jesus que precisava perdoar seus inimigos. Sua oração foi colocar sua vida mais uma vez nas mãos do Senhor. Quando sua vida está nas mãos de Deus, você está protegido. Para perdoar as pessoas é preciso orar.
-HUMILDADE: “então, ajoelhando-se,” v.60ª
Mesmo em público e diante de seus inimigos ele se ajoelhou. Quando falamos em ajoelhar pensamos em alguém de pé, mas Estêvão estava caído no chão, deitado e sem forças. Se esforçou o máximo que pôde para estar de joelhos. Para perdoar é preciso humildade.
-RESIGNAÇÃO: “clamou em alta voz: Senhor, não lhes imputes este pecado” v.60b
Mesmo sentindo dores ele perdoou. Seu grito em alta voz não era de dor, mas também para que todos os presentes soubessem de seu perdão. Resignação é negar a si mesmo, abstendo-se de direitos próprios. Quem disse que para perdoar é preciso não sentir nada. Pelo contrário, mesmo sentindo dores é importante falar palavras liberando o perdão. Uma pessoa que sabe perdoar, não vê apenas que tem razão na causa, mas que Deus manda perdoar.
-PERSEVERANÇA: “com estas palavras, adormeceu” v.60c.
Há pessoas que não conseguem perseveram em suas palavras. Estêvão perdoou aqueles homens até o fim, como Jesus ensinou perdoar sempre (Mateus 18.22). Quem sabe perdoar persevera até o fim liberando perdão aos ofensores.
Para perdoar seus inimigos, o crente precisa se encher do Espírito Santo, ter a determinação de manter o foco em Jesus sempre, visão da glória de Deus, buscar aprovação de Deus e não dos homens, viver em oração, ser humilde, negar a si mesmo e ser perseverante porque o inimigo promoverá situações para te ofender.



Você pode perdoar!
-CONCLUSÃO:
Estamos muito acostumados a ganhar e querer sair na melhor sempre. Na vida é preciso aprender a perder. Jesus deixou toda sua glória no céu, perdendo privilégios de sua Divindade em troca de depois receber a Glória de Deus.
Quem disse que perdão é um sentimento? Perdão é uma atitude. Jesus mandou perdoar. Então mesmo que a pessoa não mereça, ou ainda que não reconheça seu erro pedindo perdão, mesmo assim devemos perdoar.
Você acha difícil pedir perdão?

Difícil seria se tivéssemos que morrer na cruz!

Histórias que edificam. SURPRESAS DO DESTINO - A HISTÓRIA DE FLEMING


O nome dele era Fleming e era um pobre fazendeiro escocês. Um dia, enquanto trabalhava para ganhar a vida e o sustento para sua família, ele ouviu um pedido desesperado de socorro vindo de um pântano nas proximidades.Largou suas ferramentas e correu para lá. La chegando, enlameado ate a cintura de uma lama negra, encontrou um menino gritando e tentando se safar da morte. O fazendeiro Fleming salvou o rapaz de uma morte lenta e terrível. No dia seguinte, uma carruagem riquíssima chega a humilde casa do escocês. Um nobre elegantemente vestido sai e se apresenta como o pai do menino que o fazendeiro Fleming tinha salvado. ” Eu quero recompensa-lo”, disse o nobre. ” Você salvou a vida do meu filho”. ” Não, eu não posso aceitar pagamento para o que eu fiz”, responde o fazendeiro escocês, recusando a oferta. Naquele momento, o filho do fazendeiro veio a porta do casebre. ” E seu filho? ” perguntou o nobre. ” Sim, ” o fazendeiro respondeu orgulhosamente. ” Eu lhe farei uma proposta. Deixe-me leva-lo e dar-lhe uma boa educação. Se o rapaz for como seu pai, ele crescera e será um homem do qual você terá muito orgulho”. E foi o que ele fez. 


Tempos depois, o filho do fazendeiro Fleming se formou no St.Mary’s Hospital Medical School de Londres, ficou conhecido no mundo como o notável Senhor Alexander Fleming, o descobridor da Penicilina. 

Imagem relacionada

Anos depois, o filho do nobre estava doente com pneumonia. O que o salvou? Penicilina. O nome do nobre? Senhor Randolph Churchill. 

Resultado de imagem para penicilina fotos

O nome do filho dele? Senhor Winston Churchill. Alguém disse uma vez que a gente colhe o que a gente planta. Trabalhe como se você não precisasse do dinheiro. Ame como se você nunca tivesse tido uma decepção. Dance como se ninguém estivesse te assistindo.



Postado por Katy Francelino

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

VOCÊ SABIA? Uma Ema aposta corrida com um carro no Brasil.




Resultado de imagem para fotos de ema


Uma ema aposta corrida com um carro no Brasil

De Freitas Agostinho
6 horas atrás

Ema aposta corrida com um carro e faz ultrapassagem

É um fato comprovado: o homem está longe de ser o animal mais rápido do planeta. Ele é destronado por várias espécies entre as quais algumas com capacidades impressionantes. É evidentemente o caso do guepardo que está entre os mais famosos, mas ainda existem outros menos conhecidos como a ema.

Originária da América do Sul, essa grande ave é próxima do avestruz e, assim como ele, não pode voar mas é bastante talentosa no ato de correr. Foi o que pôde ser constatado por esses brasileiros. Quando eles estavam em um carro, ele cruzaram o caminho de uma ema em plena velocidade. E ainda que o carro estivesse a mais de 50 km/h, o animal não teve dificuldades em desafiá-los e até mesmo de ultrapassá-los passando em sua frente!


Arquivo: Ema no Pantanal 2.jpg


Com seu tamanho imponente, de até 1,70 m de altura e 40 kg, estima-se que a ema possa ultrapassar os 60 km/h, utilizando suas asas para estabilizar a corrida. Contudo, isso não é suficiente para destronar sua prima africana, a avestruz, que detém o recorde do animal de duas patas mais rápido do planeta. Desempenhos que ciclistas conseguiram medir em 2016.

Em plena corrida na África do Sul, eles foram subitamente perseguidos por uma avestruz que visivelmente não tinha apreciado a presença deles.



© Fournis par KIOSK Uma ema aposta corrida com um carro no Brasil