quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A Verdade, a Mentira, o Fogo e a Água.



A Verdade, a Mentira, o Fogo e a Água...


Há muito tempo, a Verdade, a Mentira, o Fogo e a Água estavam viajando e chegaram a um rebanho de gado. Discutiram o assunto e chegaram à conclusão de que seria melhor dividir o rebanho em quatro partes iguais para que cada um pudesse levar consigo uma quantidade igual de animais.
Mas a Mentira era gananciosa e arquitetou um plano para ficar com uma parte maior.



- Ouça o meu conselho – sussurrou ela, puxando a Água para um canto. – O Fogo está planejando queimar toda a relva e as árvores das suas margens para conduzir seu gado pelas planícies e ficar com os animais para si. Se eu fosse você, acabaria com ele logo agora, e assim repartiríamos a parte dele entre nós.
A Água foi tola o suficiente para acatar o conselho da Mentira e lançou-se sobre o Fogo, apagando-o.
E a Mentira dirigiu-se em seguida para a Verdade, sussurrando-lhe:
- Veja só o que fez a Água! Acabou com o Fogo para ficar com o gado dele. Não deveríamos associar-nos a alguém assim. Deveríamos pegar todo o gado e partir para as montanhas.
A Verdade acreditou nas palavras da Mentira e concordou com seu plano. E, juntas, levaram o gado para as montanhas.
- Esperem por mim – disse a Água, correndo no se encalço, mas é claro que não conseguiu correr morro acima. E foi deixada para trás, no vale.
Ao chegarem no topo da montanha mais alta, a Mentira virou-se para a Verdade e pôs-se a rir.





- Consegui enganá-la, sua idiota! – disse ela, soltando uma risada estridente. – Agora você vai me dar todo o gado e será minha escrava, ou eu a destruirei.
- Ora essa! Você me enganou – admitiu a Verdade. – Mas eu jamais serei sua escrava.
E as duas brigaram; e enquanto se batiam, os trovões ecoavam pelas montanhas. As duas se agrediram como o quê, mas nenhuma conseguiu destruir a outra.
Acabaram decidindo chamar o Vento para decidir quem seria a vencedora da disputa. E o Vento subiu a montanha a todo velocidade, e escutou o que ambas tinham a dizer. E por fim falou:



- Não me cabe apontar a vencedora. A Verdade e a Mentira estão fadadas à disputa. Às vezes, a Verdade ganhará; outras vezes a Mentira prevalecerá; neste caso, a Verdade deverá se erguer e tornar a lutar. Até o fim do mundo, a Verdade deverá combater a Mentira e jamais buscar o descanso ou baixar a guarda; caso contrário, será aniquilada para sempre.
Assim é que a Verdade e a Mentira continuam lutando até hoje.






O Livro das Virtudes
William J. Bennett – Edito
ra Nova Fronteir  

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Britânico captura crocodilo Kadafi, devorador de crianças...

Britânico captura crocodilo Kadafi, devorador de crianças

Pete Prodromou, britânico especialista em vida selvagem, capturou juntamente com agentes floretais de Uganda um crocodilo apelidado de Kadafi e suspeito de ter devorado crianças e adolescentes que moravam no vilarejo de Katwe - entre eles um jovem de 15 anos, no dia de Natal.
Apesar da revolta dos moradores, o animal de 4 metros e meio e uma tonelada foi levado para uma reserva, sob forte escolta armada, com fuzis AK-47. Nas últimas tentativa de retirar crocodilos "assassinos" da região, os agentes acabaram sendo surpreendidos pela população, que retalhou os animais. 




Alguns moradores bebem o sangue desses animais porque acreditam que ele cura a Aids. Outros comem a sua carne em vingança pelas mortes, contou reportagem do "Daily Mail".
Ainda há um crocodilo das mesmas dimensões ameaçando a população. O britânico espera capturá-lo também. Para isso, ele conta com uma isca curiosa: uma boneca inflável!



Estimativas apontam que cerca de 500 pessoas - na maioria crianças - são mortas por crocodilos todo ano. O maior número de casos acontece na África.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Home » Ufologia Criatura com 4 metros de altura é avistada na Itália...

Home » Ufologia

Criatura com 4 metros de altura é avistada na Itália...


criatura italia thumb1 Criatura com 4 metros de altura é avistada na ItáliaVários sites da Europa estão reportando uma notícia sobre um extraterrestre de 4 metros que estaria andando ao longo de uma rua, na Itália. Uma das testemunhas Leonard D’Andrea estava dirigindo quando ele forçado a parar por causa do tráfego incomum frente.
Ele notou carros haviam parado e, a princípio ele achava que era um acidente. Momentos depois ele viu que havia 3 carros a sua frente e uma criatura alta, que caminhava ao longo da rua. Ele estimou que a mesma tinha por volta de 4 metros e que não fazia qualquer ruído.

D’Andrea tentou chamar seu pai para contar o que testemunhou, mas, infelizmente, seu telefone não estava funcionando. D’Andrea acrescentou que ele tentou iluminar a criatura. Ele menciona ainda que o extraterrestre era cinza e suas pernas eram levemente dobradas para a frente e as costas parecia um tendões muito grandes. Ele ainda viu a cabeça redonda da criatura que termina em forma cónica.



D’Andrea narrou que a criatura estava andando na estrada e parecia não se importar com os carros e as pessoas ao seu redor. Ele lembrou que havia um carro com uma família em sua frente. A mãe, juntamente com seus filhos, estavam se escondendo atrás dos bancos, enquanto duas meninas atrás dele tentavam chamar a polícia mas seu telefone também não funcionava.




A sombra da criatura foi então em direção a Lestizza. D’Andrea tentou seguir a criatura alta, mas não conseguiu fazê-lo. Outras pessoas que vivem no local também confirmaram que puderam observar algo incomum.