sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Saiba o que seus pés falam sobre o seu estado de saúde.

Seus (nossos) sustentáculos. Sua majestade: 

                                "PÉS"!

Imagem relacionada
Os pés são os que suportam todo o peso do nosso corpo durante a jornada diária, e por isso são os que requerem mais cuidados. Infelizmente, nem sempre eles recebem a atenção que merecem.
Você sabia que através dos pés podemos identificar muitos problemas de saúde, tanto físicos quanto emocionais? Isso se converte em uma razão mais do que suficiente para dar a eles todos os cuidados necessários e mantê-los saudáveis. Aprendamos mais um pouco a seguir.

Imagem relacionada

Nossos pés e sua relação com a saúde.
Uma das maneiras mais simples de saber se estamos com algum problema de saúde é observando atentamente as mudanças que ocorrem em nossos pés, por exemplo:
Nos pés e nos dedos existem – em maior ou menor quantidade – alguns pelos, o que indica que há uma boa irrigação sanguínea na região. Quando esses pelos começam a cair – desaparecendo quase por completo – é um sinal de que existe um problema de má circulação. Nesse caso, pode ser culpa de um sapato inadequado que provoque muita pressão nos pés, ou de meias apertadas demais.

Resultado de imagem para fotos dos pés

A presença repentina e frequente de câimbras nos pés pode estar indicando a falta de alguns nutrientes, ou também pode ser um sinal de má hidratação ou má circulação. Dessa forma, é importante ter em conta as possíveis causas e buscar a solução adequada.
Se as câimbras ocorrerem em pessoas que praticam esportes, a causa pode ser a falta de hidratação, portanto deve-se implementar o consumo adequado de água para melhorar esta condição o antes possível. Entretanto, se este não for o caso, o mais provável é que se trate da falta de alguns nutrientes, como o potássio, o cálcio e o magnésio.
Outro sinal de que algo não anda bem é a presença de uma ferida que nunca termine de sarar. Ela indica que você possa estar sofrendo de diabetes, já que as pessoas com esta condição de saúde apresentam danos irreparáveis nos nervos das extremidades, e uma grande dificuldade para cicatrizar as feridas ou qualquer tipo de úlcera.

Imagem relacionada
Manter uma temperatura exageradamente fria nos pés pode ser um sinal de que a tireoide não está funcionando corretamente, e você pode estar sofrendo de hipotireoidismo. Outro motivo pelo qual os pés se mantêm frios demais é a má circulação, portanto a melhor recomendação é visitar um especialista para verificar qual pode ser a causa exata do frio excessivo nos pés.
Quando os pés permanecem inchados, a causa principal pode ser o mau funcionamento dos rins, que causam a retenção de líquidos. Outro motivo frequente da presença de inchaço nos pés é o consumo de alguns medicamentos que causam esse tipo de efeito colateral.
Não se esqueça!
É importante observar cada uma das mudanças que notarmos em nossos pés e agendar uma consulta médica imediatamente, já que pode se tratar de um sinal de um problema de saúde que esteja se apresentando, e como sabemos, é melhor prevenir do que remediar. Não descuide dos seus pés nem de nenhuma outra parte do seu corpo… Cada uma delas pode estar enviando um sinal de que algo está acontecendo!

Resultado de imagem para fotos dos pés



quarta-feira, 13 de setembro de 2017

17 alimentos com mais proteína: como consumi-los para emagrecer e ganhar músculos.

A proteína é uma molécula grande formada por aminoácidos (pequenas moléculas).

Imagem relacionada

A proteína possui um papel estrutural no organismo sendo importante para a construção e reparação muscular, formação de células, tecidos, alguns hormônios e outras estruturas do corpo.
Resultado de imagem para proteinas fotos
O organismo usa os aminoácidos das proteínas que ingerimos para desempenhar suas funções. Os aminoácidos são divididos em essenciais (o corpo não produz, portanto precisamos ingerir pela alimentação) e não essenciais (o corpo pode produzir).
Tipos de proteína
Proteína animal: tem todos os aminoácidos essenciais que o corpo precisa
Proteínas vegetais: tem um menor valor biológico, com falta de alguns aminoácidos.
Além disso, o corpo digere e absorve melhor as proteínas de origem animal que as vegetais.
Uma proteína de alto valor biológico fornece quantidades adequadas de todos os aminoácidos essenciais, ou seja, aminoácidos que nosso organismo precisa adquirir através da alimentação, pois o corpo não produz.
Imagem relacionada
Alimentos ricos em proteína animal
Carne de frango
Carne de vaca
Queijo
Salmão grelhado
Pescada
Ovo
Iogurte
Leite
Alimentos ricos em proteína vegetal
Imagem relacionada

Soja
Quinoa
Trigo sarraceno
Millhete
Lentilhas
Tofu
Feijão
Ervilhas
Arroz cozido
A vantagem de consumir alimentos ricos nestas proteínas é que consumimos em apenas 1 alimento todos os aminoácidos limitantes no organismo. Alimentos de fonte animal (carnes de boi, frango, peixes, ovos, leite) contêm proteínas de alto valor biológico.
Resultado de imagem para proteinas fotos
Normalmente uma alimentação variada em alimentos, mesmo que não contenha alimentos de origem animal ricos em aminoácidos essenciais, pode conter níveis adequados através da combinação de alimentos que fornecem os aminoácidos limitantes que o corpo não produz. É o caso dos vegetarianos e veganos, eles buscam a combinação de alimentos (grãos, vegetais, cereais e frutas) a fim de manter o equilíbrio e a ingestão desses aminoácidos. Uma dieta pobre em aminoácidos pode levar a baixa imunidade, indisposição, perda de massa muscular, entre outras implicações.
Ingestão de proteína para emagrecer
Para o emagrecimento e a definição muscular, alimentos fonte de proteína e de carboidratos devem ser consumidos ao longo do dia.
As proteínas podem ser ingeridas nas três principais refeições:
Café da manhã (leite, iogurte e queijos magros)
almoço e jantar (carnes sem gordura aparente, frango sem pele, peixes grelhados ou assados e ovos).
Resultado de imagem para proteinas fotos
Assim, o indivíduo absorve proteínas ao longo do dia não sobrecarregando uma única refeição.
Necessidade diária de proteína.
Segundo a última revisão da RDA (Recommended Dietary Allowances), a necessidade diária recomendada da ingestão de proteínas para os indivíduos é de 0,8g/kg de peso corporal/dia. Ou seja um indivíduo com 65 kg deve ingerir 52 g dia. Com essa ingestão, a maioria dos indivíduos normais estaria excluído de apresentar qualquer tipo de deficiência de proteínas, desde que seguindo uma dieta balanceada. Essa quantidade é muito fácil de alcançar, devido aos hábitos alimentares dos Brasileiros ricos em carnes, ovos, feijões, leite, etc.
Porém, à maior necessidade de proteínas apresentada por atletas, dependendo do tipo de exercício, a freqüência semanal, a duração e intensidade do esforço, assim como o tipo, a quantidade e o tempo de ingestão dos nutrientes (principalmente proteínas e carboidratos).
Segundo a American Dietetic Associacion, os requerimentos de proteína são maiores em indivíduos muito ativos (atletas com treinos diários e competições), podendo chegar a recomendação de até 35% das calorias vindas de proteína. 
Imagem relacionada
Porém, a absorção de proteína é limitada pelo organismo.
Alguns estudos mostram que a ingestão máxima que irá ser utilizada pelo músculo é de 20 a 25g de proteína por refeição. Se em cada refeição o indivíduo consumir 2 filés de frango grelhados já vai estar consumindo aproximadamente de 50 a 60g de proteínas. O excesso de proteínas ou aminoácidos não é estocado no corpo, sendo assim uma dieta hiperproteica pode levar ao acúmulo de gordura e a sobrecarga renal uma vez que os produtos finais do metabolismo proteico (ureia e amônia) são filtrados nos rins.
Desta forma, a ingestão recomendada de proteínas para atletas gira em torno de 1,1 a 1,4g/kg/dia, ou seja, aproximadamente 38 a 75% acima da RDA e para atletas de resistência (praticantes de musculação) é de 1,8g por kg, sendo que com essa quantidade a síntese proteica aumenta mas quando a ingestão é superior a 2,4g por kg, nenhuma diferença é encontrada.
Para indivíduos que desejam um aumento de massa magra, a proteína, além de ser ingerida o longo do dia e também após os treinos, uma vez que durante o exercício as fibras musculares são quebradas e precisam ser repostas.
Absorção e digestão
Os alimentos proteicos possuem graus de digestibilidade diferentes que podem implicar em um maior tempo de digestão e absorção. Quando falamos em praticantes de atividade física precisamos de proteínas de alta digestibilidade a fim de recuperar a massa muscular em menor tempo possível.
Resultado de imagem para proteinas fotos
Quando falamos em emagrecimento saudável o fator de digestibilidade refere-se apenas ao mal-estar gástrico (plenitude, empachamento) que alguns tipos de alimentos podem gerar.
O corpo digere e absorve melhor as proteínas de origem animal que as vegetais. As proteínas animais apresentam de 90 a 95% de digestibilidade, enquanto a da combinação de arroz e feijão, por exemplo, é de 80%. A presença de taninos, inibidores de tripsina e hemaglutininas ou lecitinas levam a diminuição da digestibilidade das proteínas das leguminosas.

SABER COM QUEM SABE : Efeitos do café no corpo: o que ele faz no cérebro, coração, estômago, rins e mais.

Imagem relacionada

O cérebro é uma gangorra de neurotransmissores, que são substâncias produzidas pelos neurônios e que estimulam ou reduzem a atividade cerebral. A cafeína interage diretamente com esses componentes, levando aos seguintes efeitos:
Resultado de imagem para cAFEZINHO FOTOS
Ação antidepressiva
Segundo a endocrinologista Rosália Padovani, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a cafeína age nos receptores de adenosina, que são responsáveis pela manutenção e produção de neurotransmissores importantes para o humor por fornecerem a sensação de bem-estar e euforia.
Estimulante
A cafeína inibe os receptores do neurotransmissor ácido gama-aminobutírico, conhecido como GABA, que é uma espécie de sedativo natural. Ao impedir a ação dessa substância, o cérebro fica mais atento, o que justifica o efeito estimulante que deixa alerta e tira o sono.
Engana-se quem acha que os efeitos do café no organismo se resumem a energia que ele fornece. A cafeína faz efeito por até duas horas depois de consumida, agindo diretamente no sistema urinário, cardiovascular, respiratório e digestivo. 
Resultado de imagem para cAFEZINHO FOTOS
Entenda:
Efeitos do café no corpo
No cérebro
Ação analgésica
A cafeína pode auxiliar no tratamento de alguns tipos de dor porque tem efeito vasoconstritor, combatendo dores causadas pela dilatação súbita das artérias, como a enxaqueca.
Um estudo da Embrapa realizado em conjunto com a Universidade de Brasília descobriu que o café tem ação semelhante a da morfina, amenizando ansiedade e dores.
No estômago
O café estimula a produção de ácido clorídrico no estômago, que é o ácido gástrico, irritando o órgão e gerando dor e desconforto. Isso explica porque café dá azia.
O incômodo é percebido principalmente em quem sofre de gastrite, condição caracterizada pela presença de lesões superficiais na mucosa do estômago, sendo contraindicado para tais indivíduos.
Nos rins
A cafeína dilata os vasos sanguíneos dos rins e, em consequência, estimula a secreção de urina. Contudo, este efeito do café não faz mal se não houver exagero na dose, o que pode levar a perda de líquido excessiva.
Imagem relacionada
Para o sistema reprodutor
De acordo com o clínico geral e nutrólogo Roberto Navarro, o café pode fazer o hormônio feminino estrogênio circular no sangue por mais tempo, mas isso não interfere positiva ou negativamente no organismo.
Já a endocrinologista explica que a bebida pode elevar os níveis do níveis de estrogênio, gerando alterações no ciclo menstrual e dores na mama.
Como há divergência de opiniões, o ideal é não exagerar e, caso haja algum sintoma, buscar um médico.
Para o coração
Doenças cardiovasculares
Uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) descobriu que consumir uma xícara de café por dia protege o coração de doenças cardiovasculares. Isso ocorre porque a bebida contém polifenóis, antioxidantes naturais que evitam a ação dos radicais livres, estruturas que oxidam células saudáveis.
Imagem relacionada
Ainda por cima, a bebida estimula o aumento da frequência cardíaca ao mesmo tempo em que causa dilatação dos brônquios, facilitando a respiração.
Pressão
A médica Rosália Padovani diz que o café pode ser bebido sem medo, já o nutrólogo Roberto Navarro afirma que a bebida realmente aumenta a pressão.
Neste caso, o ideal é conversar com seu médico sobre os prós e contras em cada caso e sempre evitar o consumo excessivo.
Contra diabetes
Um estudo da Universidade de Harvard descobriu que o consumo de café reduz o risco de diabetes tipo II. No entanto, ainda são necessárias mais pesquisas que confirmem a relação.
Café emagrece?
De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, o café auxilia a perda de peso porque estimula a lipólise, que é a quebra de gordura. Isso faz com que o tecido gorduroso fique disponível para que o corpo o utilize como fonte de energia, de modo a eliminá-lo.
Já a médica Rosália Padovani ressalta que café em excesso causa efeito rebote no emagrecimento pois aumenta a quantidade de hormônio do estresse, o cortisol, o qual está ligado ao aumento do peso.
Café previne doenças?
Diversos estudos analisam os efeitos do café na prevenção de doenças como depressão, cirrose, Alzheimer, Parkinson, câncer, entre outras. Porém, ainda não existe um consenso sobre essas ações.
Efeitos colaterais do café e contraindicação
Tomar café exageradamente causa efeitos colaterais como falta de sono, gastrite, arritmia, inquietação, espasmos musculares, transtornos mentais temporários, confusão na fala, ansiedade, nervosismo, síndrome de abstinência, entre outros.
Algumas pessoas ainda podem metabolizar a cafeína lentamente, o que torna seu efeito mais longo e intenso.
A bebida é contraindicada para quem possui gastrite, refluxo gastroesofágico e distúrbios de ansiedade. Gestantes, lactantes e crianças devem consultar um especialista antes do consumo.
Quantidade diária
Para o nutrólogo Roberto Navarro, o ideal é beber no máximo uma xícara de café por dia. Quantidades maiores devem ser analisadas por um profissional da saúde visando as particularidades de cada indivíduo.
Resultado de imagem para cAFEZINHO FOTOS

Bicarbonato de sódio elimina rapidamente a gordura da barriga, se você prepará-lo desta forma!

Resultado de imagem para Bicarbonato limão hortelã fotos
Diariamente vemos homens e mulheres travarem verdadeiras batalhas contra a balança, e sabemos que o excesso de peso abala a nossa autoestima, pois está diretamente ligado com a nossa auto imagem e a forma como nos apresentamos ao mundo.
Muitas pessoas apelam para cirurgias plásticas ou acabam se viciando em medicamentos e químicas em busca do corpo perfeito.
Mais saiba que existem itens na sua dispensa que podem auxiliar na perda de medidas, sem os malefícios causados por drogas emagrecedoras.
Um grande aliado à sua dieta para eliminar gordura é o bicarbonato de sódio.
Ele é ótimo digestivo que ajuda a evitar o acúmulo de toxinas no organismo, mas sempre recomendamos aliar uma dieta saudável a praticar de atividades físicas, para obter bons resultados.
E se você é hipertenso ou sofre de pressão alta, consulte seu médico antes de iniciar um tratamento a base de bicarbonato de sódio por conta própria.
Conheça aqui 3 receitas que irão te dar uma turbinada no seu regime!
1. Bicarbonato de sódio e vinagre de maçã
Ingredientes:
Bicarbonato de sódio: ½ colher (chá);
Vinagre de maçã: 2 colheres (sopa);
Água: 1 copo.
Modo de preparo:
1. Misture bem todos os ingredientes;
2. Beba ainda em jejum, pela manhã, por 30 dias.
Resultado de imagem para Bicarbonato limão hortelã fotos
2. Bicarbonato de sódio e suco de limão
Ingredientes:
Bicarbonato de sódio: ½ colher (chá);
Limão: Suco de 1 unidade;
Água: ½ xícara
Modo de preparo:
1. Misture bem todos os ingredientes;
2. Beba todos os dias pela manhã, ainda em jejum, durante um mês.
Dica: Se alimente somente 20 minutos depois da ingestão do preparo.
Imagem relacionada
3. Bicarbonato de sódio com fruta
Imagem relacionada
Ingredientes:
Maçã: 1 xícara, sem casca (pode ser outra fruta, como pera);
Limão: 2 unidades;
Hortelã: 10 folhas frescas;
Água: 2 xícaras;
Bicarbonato de sódio: 1 colher (chá).
Modo de preparo:
1. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea;
2. Adicione um pouco de gelo, se desejar;
3. Beba 2 copos do preparado durante 30 dias em jejum.
Observação: você pode acrescentar a canela para dar mais sabor, nas três receitas.
Imagem relacionada
Importante: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico!



segunda-feira, 11 de setembro de 2017

O ingrediente caseiro exterminador de verrugas – Testado e aprovado!

O ingrediente caseiro exterminador de verrugas – Testado e aprovado!

Hoje iremos te ensinar passo a passo como tirar verrugas em casa de maneira 100% natural, usando um ingrediente muito conhecido que provavelmente você já tem aí na sua casa agora.
Resultado de imagem para fotos da verruga humana
As verrugas são elevações da pele que podem surgir em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns nos braços, costas, pescoço, mãos é pés.
Seu tamanho costuma variar muito. Elas são macias, causadas pelo vírus papiloma vírus humano e não costumam causar dor, mas podem incomodar muito, principalmente na estética.
O problema é bastante comum, mas pode se tornar um grande incômodo se houver inflamação, pois resulta numa verruga maior, que neste caso pode causar dor e pode até mesmo sangrar.
Imagem relacionada

A boa notícia é que é perfeitamente possível eliminar qualquer verruga, sem dor, usando um ingrediente bastante conhecido.
Resultado de imagem para fotos da verruga humana

Confira as 2 melhores formas de eliminar as verrugas em casa.
Como Tirar Verrugas Com Vinagre de Maça
Os benefícios do vinagre de maça são reconhecidos pela ciência, pois ele é muito eficaz no combate a diversos problemas de saúde e também é ótimo para eliminar a verruga.
Para aplicar, basta limpar a área da verruga com água e sabão neutro.
Em seguida, coloca sobre a verruga um pedaço de algodão molhado com água, e deixe por aproximadamente 15 minutos.
Em seguida, seque, pegue outro pedaço de algodão, desta vez molhado com vinagre de maçã, e aplique novamente na região sobre a verruga.
Desta vez deixe agindo por mais 15 minutos e lave normalmente.
Repita esse procedimento 3 vezes por dia, durante uma semana.
Você irá notar que a verruga vai começar a ficar escura, criando uma crosta como se fosse uma ferida cicatrizando e em seguida ela vai cair e desaparecer completamente.
Se a verruga não for profunda e o procedimento for realizado com cuidado, não deverá deixar qualquer cicatriz.
Importante: Se a verruga surgir nas pálpebras, esse procedimento não deverá ser realizado.
Imagem relacionada
Como Tirar Verrugas Em Casa Com Casca de Banana
A casca de banana, que costumamos jogar no lixo, é um excelente remédio para eliminar as verrugas.
Siga esse procedimento:
Pegue uma casca de banana e passe sobre a verruga durante 3 minutos.
A parte da casca que você deve passar é a interna.
Não é para forçar, apenas passe suavemente para não machucar.
Realize esse procedimento 4 vezes ao dia durante uma semana.
Imagem relacionada
Gostou dessas dicas para acabar com as verrugas?
Compartilhe essa página para fazer com que essa informação chegue a mais pessoas que precisam.