sexta-feira, 1 de setembro de 2017

O amor enxerga a amplitude da alma, todas as suas experiências e vivências.



O amor enxerga a amplitude da alma, todas as suas experiências e vivências.


O amor não tem gênero, nem raça, nem transtorno de personalidade…
O amor é precioso demais para ser rotulado. É simples demais para não ser enxergado. É forte demais para não ser expressado.



“Só se vê bem com os olhos do coração, o essencial é invisível aos olhos.” Eis um dos mais grandiosos segredos revelados do amor.

O amor não enxerga na aparência a principal razão da existência, como se importasse mais do que a divina essência.

A “vestimenta”, apesar de fazer parte, não constrói nem modifica o caráter. Somos o que sentimos, e não o que enxergamos superficialmente.



O amor é fiel a essa verdade, e não se importa com o preconceito do mundo, que ainda não entendeu que cada mortal é responsável apenas pela sua própria vida.



O amor é o único que sabe que o “aceitar” só cabe quando nos referimos a nós mesmo. Quando nos referimos aos outros, devemos “respeitar”, somente.



O amor diz que devemos nos afastar, quando não podemos ou não queremos conviver, e não tentar modificar alguém além de nós mesmo.

Apenas através do amor daremos um passo rumo à evolução moral, percebendo que é extremamente belo e natural tudo que é desigual.


Apenas o amor nos liberta das rígidas, falsas e velhas crenças, através do eterno aprendizado e instrução.



Sagrado caminho da verdadeira salvação.

TAPIOCA. ESSA "ONDA DELÍCIA" VAI TE PEGAR Motivos que farão você começar a substituir o pão por tapioca.

Imagem relacionada
O pão francês é muito comum na nossa dieta, mas muitas pessoas vêm optando por substituí-lo por outros alimentos, como o pão integral e a tapioca.
A busca por alimentos cada vez mais saudáveis tem sido adotada nos tempos atuais. As pessoas optam por uma dieta balanceada preterindo os alimentos calóricos e nocivos à saúde e ao bem estar do corpo e da mente.
Bastante versátil, a tapioca está na moda e faz parte do cardápio de quem deseja perder alguns quilinhos indesejáveis. Mas, será que a substituição realmente ajuda a emagrecer e proporciona outros benefícios? Saiba mais neste artigo.
Por que substituir o pão pela tapioca?
A tapioca pode ser menos calórica.
Imagem relacionada
A tapioca não necessariamente é menos calórica do que o pão francês, pois ambos os alimentos possuem alto índice glicêmico. Por exemplo, se você tem o costume de comer um pão de 50 gramas e substitui por uma tapioca de 50 gramas, vai trocar 6 por meia dúzia. De acordo com nutricionistas, entre uma tapioca e um pão integral, o pão integral é a melhor opção.
Os especialistas afirmam que a tapioca não emagrece, mas dá para emagrecer comendo tapioca, tudo depende também do recheio.
Resultado de imagem para Tapioca recheada fotos
Você pode substituir o pão por uma tapioca mais leve ou uma crepioca. Use 3 colheres de sopa de goma para tapioca e acrescente 1 colher de outra semente, como a chia, por exemplo. Desta maneira, você reduzirá o índice glicêmico do seu alimento e ainda acrescentará as fibras e gorduras saudáveis das sementes.
Os recheios mais indicados são: tomate, queijo cottage, azeite, queijo branco, geleia light, presunto de peru, banana e canela.
A tapioca não contém glúten
A tapioca também oferece a vantagem de não conter glúten, o que torna o alimento um excelente aliado na dieta das pessoas que sofrem da doença celíaca.
Lembre-se que não existe nenhuma comprovação científica de que retirar o glúten da alimentação ajuda no processo de emagrecimento. Portanto, se você não é intolerante ao glúten, mas deseja emagrecer, optar pela tapioca por esse motivo não ajudará você em nada.
Resultado de imagem para Tapioca recheada fotos
Mas por que muitas pessoas afirmam que emagreceram cortando o glúten da dieta? Porque os alimentos que contêm glúten são aqueles que têm alto índice glicêmico, como o pão, a massa de pizza, os biscoitos etc. É natural que o indivíduo perca alguns quilinhos ao deixar de comer esses alimentos.
Imagem relacionada
A tapioca é saborosa e versátil
Fácil de fazer, leve, saudável e saborosa, a tapioca combina com uma série de recheios, doces ou salgados. O alimento pode ser consumido no café da manhã, como um lanche antes de ir à academia ou como refeição, acompanhada de uma boa salada.

ESTRANHO! 10 curiosidades sobre as divas do pop.



10 curiosidades sobre as divas do pop.


Elas arrebatam milhões de fãs pelo mundo. Seus shows são disputados e seus discos (ou seja lá qual for a mídia) sempre atingem vendas expressivas. Porém, por mais que todas elas sejam veneradas por muita gente, alguns detalhes de suas vidas não são conhecidos pelo grande público, especialmente os menos fanáticos. Confira, então, dez curiosidades sobre asrainhas da música POP.
.


10. Miley Cyrus
Em 2008 a eterna Hannah Montana mudou legalmente seu nome de Destiny Hope Cyrus para Miley Ray Cyrus.




9. Christina Aguilera
A veterana já afirmou que prefere usar cuecas, pois são mais confortáveis do que calcinhas. Sua marca favorita é a Calvin Klein.



8. Katy Perry
No natal de 2010 Katy participou de um episódio especial dos Simpsons. Porém, não como desenho, e sim contracenando com marionetes.



7. Ke$ha
Antes de ser famosa Ke$ha participou de um reality show chamado Simple Life, no qual sua família abrigou Paris Hilton e Nicole Richie para que levassem uma vida “comum”.



6. Fergie
A ex-vocalista do Black Eyed Peas já foi dubladora da personagem Sally, irmã do Charlie Brown, em episódios especiais da série animada Snoopy.



5. Beyoncé
Em 2010 Beyoncé e seu marido, o rapper Jay-Z, arrecadaram juntos 122 milhões de dólares. O que lhes rendeu o título de “casal mais poderoso do planeta”.



4. Mariah Carey
O nome da cantora significa vento e vem de uma língua dos povos nativos dos Estados Unidos. Ela o recebeu por causa de uma música chamada “They Called The Wind Mariah”.



3. Britney Spears
Em 2004 Britney protagonizou um casamento-relâmpago com Jason Alexander, seu amigo de infância. O casal divorciou-se 55 horas depois.



2. Demi Lovato
Em seu 21º aniversário a cantora estava no Quênia. Na ocasião ela ainda foi voluntária na construção de uma escola.



1. Lady Gaga
A versátil mãe dos monstrinhos já atacou também como atriz. E se saiu muito bem, sendo premiada com o Globo de Ouro por sua atuação em American Horror Story: Hotel.
10

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Diga adeus a dor ciática em 20 minutos com este método natural.

O nervo ciático é o nervo mais longo do corpo humano.




A dor no nervo ciático é extremamente desagradável e pode comprometer bastante a qualidade de vida das pessoas que sofrem com esse problema.


Se você é uma das pessoas que sofre com a dor ciática, sabe exatamente o que estamos dizendo.

Mas a boa notícia é que isso está prestes a acabar!

Hoje você vai conhecer uma solução eficiente que promete por um fim na dor do nervo ciático.



Siga as orientações abaixo atentamente para ter resultados positivos.

O nervo ciático é o nervo mais longo do corpo humano. Sua inflamação produz uma dor muito incômoda que se estende desde as costelas até abaixo do joelho.

Inclusive, essa dor pode ser tão intensa a ponto de causar imobilidade parcial ou total.

Repousar ajuda a amenizar o problema momentaneamente, mas não resolve.

Além da dor, outros sintomas podem ocorrer, como por exemplo: desconforto para sentar, sentir as pernas pesadas e formigadas, etc.

A inflamação no nervo ciático pode ter diversas causas, sendo que algumas delas podem ser a hérnia de disco, diabetes, síndrome do piriforme, e até mesmo infecção pelo vírus do herpes.



As pessoas que mais sofrem com dor no nervo ciático são as sedentárias, as obesas, as que levantam muito peso ou as que passam muito tempo sentadas fazendo movimentos que podem forças as costas, como é o caso dos motoristas, por exemplo.

Mas afinal, como tratar a dor no nervo ciático?

Antes de tudo, se você sofre com a dor ciática deve ter o acompanhamento de um bom médico que vai te passar o tratamento adequado para o seu caso.

Mas você pode reforçar o seu tratamento seguindo uma dessas duas ótimas dicas naturais abaixo.

Repousar ajuda a amenizar o problema momentaneamente, mas não resolve.

Além da dor, outros sintomas podem ocorrer, como por exemplo: desconforto para sentar, sentir as pernas pesadas e formigadas, etc.

A inflamação no nervo ciático pode ter diversas causas, sendo que algumas delas podem ser a hérnia de disco, diabetes, síndrome do piriforme, e até mesmo infecção pelo vírus do herpes.

As pessoas que mais sofrem com dor no nervo ciático são as sedentárias, as obesas, as que levantam muito peso ou as que passam muito tempo sentadas fazendo movimentos que podem forças as costas, como é o caso dos motoristas, por exemplo.

Mas afinal, como tratar a dor no nervo ciático?

Antes de tudo, se você sofre com a dor ciática deve ter o acompanhamento de um bom médico que vai te passar o tratamento adequado para o seu caso.

Mas você pode reforçar o seu tratamento seguindo uma dessas duas ótimas dicas naturais abaixo.



Tratando a Dor no Nervo Ciático com Vinagre de maçã

Vamos começar justamente com o melhor tratamento natural disponível para a dor ciática, aproveitando os benefícios do vinagre de maça.

Esse tratamento deve ser feito à noite, antes de dormir.

1 – Coloque aproximadamente 10 litros de água em um balde.

2 – A água deve estar na temperatura mais quente que possa ser suportada pelos pés.

3 – Em seguida adicione um punhado de sal e meio litro de vinagre de maçã.

4 – Mexa bem essa mistura.

5 – Coloque os pés dentro do balde e os mantenha lá até que a água esfrie.

6 – Ao tirar os pés, enxugue e envolva-os em uma toalha seca e vá direto para a cama para dormir.

7 – Mantenha os pés aquecidos. Por isso recomenda-se dormir com uma toalha, um lençol ou colcha envolvendo-os para que fiquem bem aquecidos.

8 – No outro dia, saia da cama com chinelos e não pise no chão sem eles. Até na hora de tomar banho, não fique descalço.



Faça isso uma vez e provavelmente a dor vai passar logo no primeiro dia. Então repita esse procedimento a cada seis meses ou quando voltar a sentir dor.

Tratando a dor ciática com açafrão-da-terra (Cúrcuma)
Aplique na região dolorida uma pasta feita com açafrão e azeite de oliva por aproximadamente meia hora.

E aí, gostou dessa solução caseira para acabar com a dor no nervo ciático?


Imagem relacionada





Se você gostou ajude mais pessoas compartilhando essa página nas redes sociais
.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

LIVRE DO ATCHIMM. 5 remédios naturais para curar a rinite alérgica


Resultado de imagem para atchim fotos


A rinite alérgica ou febre do feno, é uma doença inflamatória crônica da mucosa nasal. 

Imagem relacionada

15 a 20% da população mundial sofre desta doença, geralmente causada por uma reação alérgica a elementos como o pólen de árvores e plantas, pelo de animais, ácaros, etc.
A rinite alérgica pode ser estacional, mas existem pessoas que sofrem com o problema habitualmente. A seguir, apresentaremos alimentos e remédios naturais para combater e aliviar seus sintomas.

Imagem relacionada

Sintomas habituais
A rinite alérgica caracteriza-se pelos seguintes sintomas:
Espirros repetitivos
Tosse
Mucosidade aquosa
Coceira nasal
Lacrimejamento constante
Congestão ocular
Coceira ocular
Além disso, algumas pessoas também podem apresentar:

Imagem relacionada
Dor de cabeça
Insônia
Falta de apetite
Irritabilidade
Depressão
Diagnóstico e tratamento
Se você sofre algum dos sintomas citados, seja em uma estação específica do ano ou habitualmente, procure um médico para realizar exames diagnósticos e se certificar de que você está sofrendo de rinite alérgica e, principalmente, quais são os tipos de alergênicos responsáveis pelo quadro.
Resultado de imagem para atchim fotos

O tratamento mais habitual é a base de anti-histamínicos, além do hábito de evitar o contato com os alergênicos ao máximo. Além dos anti-histamínicos, existem alguns alimentos e remédios naturais que poderão ajudar a combater e aliviar os sintomas da rinite. Confira:
1. O alcaçuz (ou regaliz)
O alcaçuz (glycyrrhiza glabra) é um arbusto muito usado na medicina tradicional chinesa e em outras culturas por suas propriedades anti-inflamatórias. Seu efeito é tão forte que o mesmo já foi considero uma cortisona natural.
A raiz de alcaçuz é totalmente indicada para o tratamento natural de alergias, graças à uma série de princípios com atividade anti-inflamatória similar a dos glicocorticoides.
Além de desinflamar, também combate à tosse e ajuda a expectorar. Pode ser tomado como infusão, extrato, pastilhas ou mesmo chupando a raiz para extrair seu sumo.
Atenção: hipertensos e pacientes que já estiverem fazendo uso de alguma medicação deverão consultar seu médico antes de utilizar este medicamento natural.
2. A urtiga
A urtiga é uma planta medicinal altamente depurativa e que ajuda a bloquear os efeitos da histamina em pessoas alérgicas principalmente ao pólen. Além disso, ajuda a evacuar e a refrear produção de mucosidade e ataques de tosse produzidos, principalmente, pela alergia ao pólen e pela reação a outros alergênicos.
Também pode ser consumida em infusão ou como extrato, além da opção de prepará-la em sopas. Não se esqueça de utilizar sempre uma luva para a manipulação desta planta!
3. O mel e o pólen
O mel contém pólen em pequenas quantidades, por isso, ao consumi-lo, o organismo acaba ficando exposto a doses reduzidas deste alergênico, o que faz com que se acostume a ele e, por consequência, reduz a reação alérgica em temporadas em que haja muito pólen no ambiente.
Além disso, você pode experimentar consumir o pólen de abelha aos poucos, tomando um grânulo no primeiro dia, adicionado mais um a cada dia, até chegar a uma medida semelhantes à de uma colherzinha de chá. Se você notar qualquer tipo de reação, pare de consumir imediatamente.


4. O chá verde
O chá verde tem numerosas propriedades para a saúde e baixo teor de teína, por isso pode ser consumido habitualmente.
Em casos de rinite alérgica, o chá verde contém um composto que impede a produção de histamina, diminuindo e aliviando a reação e os sintomas da alergia.
Consuma duas ou três xícaras diárias deste chá. Você também pode optar pelo extrato ou por comprimidos de chá verde.
5. A cúrcuma
A cúrcuma é uma especiaria excelente e que sem dúvidas não deve faltar em nossa cozinha, já que apresenta inúmeras propriedades. Ela é antioxidante, anticancerígena, anti-inflamatória, etc.
Favorece o bloqueio da imunoglobulina e previne ou diminui os sintomas de alergias em geral.
Pode ser utilizada em pratos diários, como sopas, ensopados, cremes, refogados, etc. Como não possui sabor tão forte, também pode ser incluída em algumas sobremesas como pudins, flãs, milkshakes, etc.
É possível preparar uma bebida à base de cúrcuma e outras especiarias, fervendo uma bebida vegetal (de arroz, aveia, etc.) com cúrcuma, canela, anis estrelado, casca de limão ou laranja e um pouco de açúcar integral. Ficará deliciosa tanto fria quanto quente.

Resultado de imagem para atchim fotos

Alimentos que contêm histamina
Quanto à alimentação, evite alimentos que contenham muita histamina, que são os seguintes:
Peixe cru, em conserva ou semi-conserva
Mariscos
Queijo curado, principalmente a parte da casca
Carnes e peixes curados e defumados
Embutidos

Resultado de imagem para atchim fotos

Legumes (principalmente grão de bico, soja e seus derivados)
É preciso atenção ao consumir estes alimentos, o melhor é que, em episódios de crise, eles sejam evitados, e fora destes episódios, sejam consumidos em pequenas quantidades

Sua barriga está inchada porque seu intestino pode estar intoxicado! Beba isso para desinchar!



Uma das causas prováveis para barriga inchada é devido ao intestino intoxicado.


Hoje você vai aprender, passo a passo, como desintoxicar o intestino seguindo uma receita caseira comprovada.



A medicina natural acredita que a maioria das doenças tem como causa um intestino intoxicado.

Esse órgão é um dos mais importantes dos nosso corpo, sendo responsável por armazenar resíduos sólidos para depois excretá-los.

No entanto, uma alimentação inadequada juntamente com uma vida sedentária acabam prejudicando essa função, levando o intestino a uma intoxicação crônica.

Quando temos problemas digestivos, como prisão de ventre, os sedimentos se acumulam no cólon e aderem às paredes do intestino.

Estes resíduos, junto com microrganismos e outras toxinas, fermentam dentro do organismo e viajam através da corrente sanguínea para o restante do corpo, provocando a formação de gases e o inchaço por toda a barriga.



Manter o cólon limpo, realizando desintoxicações regulares, ajuda a prevenir muitos problemas de saúde, como alergias, fadiga, prisão de ventre, falta de apetite, excesso de peso e mau hálito.
Existem diversas maneiras de limpar o intestino, entre elas laxantes, enemas e receitas naturais.

Os laxantes, muitas vezes acabam prejudicando a flora intestinal e outros órgãos, como o fígado, e acostumam o organismo a um movimento intestinal estimulado de forma artificial.

Os enemas costumam ser eficazes, mas precisam ser feitos com a orientação de um profissional, pois existe o risco de causar fissura anal, infecções e outras doenças.

A medicina natural nos oferece algumas boas opções de como desintoxicar o intestino. Essas opções são menos arriscadas e igualmente efetivas.

Os ingredientes desta receita que vamos te mostrar hoje são muito especiais e possuem alta atividade depurativa. Trata-se de uma solução completa para desintoxicar o intestino naturalmente, através de uma bebida simples que vai realizar uma profunda limpeza intestinal, sem nenhum risco para a sua saúde.

Os ingredientes dessa receita são ricos em antioxidantes, em vitaminas como a A e C, além de conter muita água, que ajuda a expulsar os resíduos presos às paredes intestinais.



É também um suco que evita a produção de gases, o que torna a limpeza ainda mais tranquila.

Além disso, é diurético, o que o torna um aliado das pessoas que desejam emagrecer.

Se já não fosse bom o bastante, essa receita contém nutrientes anti-inflamatórios, antioxidantes e anticancerígenos.

Resultado de imagem para Barriga inchada fotos

Como desintoxicar o intestino e acabar com a barriga inchada
Para essa receita, você vai precisar de:

– 1 abacaxi

– 2 laranjas

– 1 pepino

– 1 maçã

– 1 limão

– 1 colher (sopa) de gel/baba de babosa/aloe vera

– 2 copos de água

Como preparar:
– Descasque o abacaxi e corte-o em pedaços.

– Descasque as laranjas.

– Corte o pepino em fatias sem descascar.

– Retire o gel da babosa: descasque a folha e, com o auxílio de uma colher retire o gel, que é a parte pegajosa da planta, conhecida como “baba”.

– Coloque tudo no liquidificador e adicione os 2 copos de água.

– Bata bastante.

– Adicione o suco de 1 limão espremido na hora.

– Beba três copos diariamente por três dias seguidos.

Imagem relacionada

Observação.: O primeiro copo deve ser bebido assim que a bebida estiver pronta. Em seguida guarde o restante na geladeira e beba os outros dois copos durante o dia.

Imagem relacionada
Contraindicação: para as grávidas, que não devem fazer nenhuma desintoxicação durante o período de gestação.

Gostou dessa receita para limpar o intestino e desinchar a barriga? Compartilhe para ajudar quem precisa.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Surpreenda-se com estes benefícios do tomilho para a saúde.




Surpreenda-se com estes benefícios do tomilho para a saúde.

Trata-se de um arbusto próprio das zonas quentes que também é frequentemente usado como condimento na cozinha, para dar sabor e aroma a inúmeras receitas. Para que você também possa aproveitar ao máximo essa planta medicinal, explicaremos quais são os benefícios e propriedades do tomilho.
O que é tomilho

O tomilho (que é cientificamente conhecido como Thymus vulgaris L.) é um arbusto aromático que normalmente atinge apenas 30 cm de altura. É uma planta muito usada para dar sabor a vários pratos, mas também pode ser usado para como planta medicinal devido a suas propriedades curativas.

Propriedades do tomilho

O tomilho, tomado como chá, ajuda aliviar os problemas respiratórios. Isso não significa que esta seja a única propriedade do tomilho, já que também ele é antisséptico e desinfetante graças a seu teor de timol.

Além disso, um dos usos do tomilho que não é muito conhecido é o utilizar como um limpador, basta adicionar um pouco desta planta aromática a água quente junto com um pouco de sabão, colocar a mistura em um recipiente e está pronto seu produto de limpeza caseiro.
Benefícios do tomilho




1 – Anemia

Pelo seu alto teor de ferro, esta erva pode ajudar a elevar os níveis de hemoglobina no sangue, o que ajuda no combate a anemia.Links que recomendamos:


Aprenda a receita de um suco para anemia
Anemia: 9 super alimentos para prevenir essa doença
30 alimentos ricos em ferro para combater a anemia
2 – Antibiótico

O tomilho tem um elevado teor de uma substância denominada timol, um dos mais poderosos antibióticos, antibacterianos e anti-sépticos naturais, que eliminam patogênicos respiratórios que causam a maioria das infecções respiratórias em todos os níveis.

Ele também tem a capacidade de aliviar mal estar e febre, tornando-se uma ótima medida para tratar e melhorar a gripe e resfriado comum. Além disso, pode ser usado como desinfectante para feridas abertas.
3 – Sistema nervoso

Essa planta contém um composto chamado lisina, que facilita o relaxamento e promove o sono. Uma infusão de tomilho antes de dormir pode garantir horas de sono reparadoras, e em estados de agitação nervosa também colabora com a estabilização do humor. Além disso, é excelente para melhorar a oxigenação cerebral, por isso seu uso é recomendado para pessoas que sentem que perderam as suas capacidades de memória e como um adjuvante no tratamento da doença de Alzheimer.
4 – Digestivo

O tomilho é um tônico magnífico que impede a formação de gases, controla a acidez e alivia cólicas e dores de estômago. Ao mesmo tempo, infusões de tomilho são amplamente utilizadas para recuperar o apetite, por isso é altamente recomendado em casos de doenças crônicas e anorexia.
5 – Promove a saúde dental

Infusões desta erva podem ser preparadas em altas concentrações para o tratamento de doenças bucais, já que os seus poderes desinfectantes vão garantir uma boa respiração e uma boca saudável.
Como cultivar tomilho
Instruções

1 – A melhor época para cultivar tomilho é na primavera.

2 – Utilize mudas de uma planta de tomilho para cultiva-lo em casa.

3 – Encha um pote ou um vaso com substrato de plantas e um bom sistema de drenagem pra evitar que fique encharcado de água.

4 – Plante as mudas de tomilho no vaso, com ajuda de uma pá de jardinagem.

5 – Coloque o vaso em um lugar onde receba a maior quantidade de luz solar possível.

6 – Você também pode planta-lo com um arbusto no jardim, já que esta planta aromática se adapta muito bem.

7 – Você devera semear o tomilho em um solo de preferência seco e uma área onde fique ensolarada a maior parte do dia.

8 – Nos dias frios, você deverá proteger esta planta aromática das geadas, já que ela procede de zonas quentes e não tolera muito bem o excesso de frio.

9 – Você devera regar bem pouco esta planta, já que o excesso de umidade a prejudica.

10 – Enquanto ao adubo, o tomilho não precisa de nenhuma fertilização especial.

11 – dica: Cultivando tomilho em sua casa, ele será mais aromático do que o que você normalmente compra.
Como se beneficiar do tomilho?




Infusões ou chás

São um dos seus usos mais populares. Para preparar, basta ferver uma colher de chá de tomilho em um copo de água por 5 minutos. Desligue e deixe repousar. Você deve beber duas horas antes ou após as refeições. Se for para tratar uma infecção, faça o tratamento com três xícaras por dia, com metade de um limão espremido e um pouco de mel. O ideal é que não seja adicionado açúcar.
Banhos medicinais

São benéficos em casos de lesão, para o tratamento de doenças ou infecções da pele e fungos (micose), e doenças reumáticas. Para isso, ferva três copos de tomilho em um litro de água durante 10 minutos. Deixe repousar mais 10 minutos. Você pode mergulhar os pés, mãos, ou lavar a área da pele afetada nesta água para tratar condições, tais como fungos ou infecções.

Para tratar a caspa, lave ou enxague o cabelo e com esta água, esfregando vigorosamente o couro cabeludo com as pontas dos dedos.
Óleo essencial

Usado em vaporizadores ou inaladores, ajuda no tratamento de gripe ou resfriados. Na pulverização ajuda a limpar o meio ambiente. O óleo essencial é extraído a partir de folhas de tomilho através de destilação das folhas e a parte superior da planta. Seu principal componente é o timol, que tem excelentes propriedades anti-sépticas.

O óleo deve ser usado com cautela e nunca deve ser aplicado diretamente sobre a pele. Para isso, você tem que dilui-lo com outros óleos. O óleo essencial de tomilho pode ser misturado com outros óleos para massagens que ajudam no tratamento de articulações doloridas, também ajuda a relaxar os nervos, estimula o sistema nervoso e combate a fadiga e fraqueza. O seu uso excessivo pode ser tóxico.
Xarope

O xarope caseiro feito com tomilho é muito útil para o tratamento de doenças respiratórias e problemas inflamatórios.

O tomilho é uma excelente escolha, desde que seja devidamente utilizado, porque altas concentrações de qualquer erva não são recomendadas. O conhecimento adequado sobre as propriedades das plantas medicinais nos dá uma ampla opção de escolha de tratamento natural para diversas condições de saúd
e.

Os benefícios de se tomar uma taça de vinho diariamente.


Resultado de imagem para Tomar um copo de vinho por dia fotos

Graças ao seu alto teor de polifenóis, o vinho tinto elimina os radicais livres e protege o coração. Seu consumo sempre deve ser moderado.


Muitos médicos aconselham seus pacientes a beberem uma taça de vinho tinto por dia, porque faz bem para saúde.
A maioria segue esse conselho ao pé da letra, mas nem sempre sabem as verdadeiras razões pelas quais o profissional lhes recomenda essa ação, simplesmente obedecem a prescrição. Portanto, conheça, a seguir, as vantagens de se beber vinho todos os dias.
Benefícios que o consumo diário do vinho traz
Estes são os benefícios que já foram confirmados sobre o consumo de uma taça de vinho por dia:
Reduz o risco de falecimento por diversas causas: na Europa, as pesquisas científicas afirmam que o consumo de 22 a 32 gramas de álcool por dia tem um efeito “protetor” sobre a saúde, evitando a morte por várias causas. Na Dinamarca, França e Inglaterra afirmam que se for consumido moderadamente é melhor que a cerveja ou outras bebidas alcoólicas.
Minimiza os efeitos do cigarro: O vinho serve para reduzir os danos causados pelo tabaco nos vasos sanguíneos, seja por provocar o relaxamento ou a vasodilatação dos mesmos. Sobretudo, produz efeitos positivos no endotélio (uma camada de células que reduzem a fricção entre os vasos linfáticos e sanguíneos) mas, principalmente, sobre o coração.
Previne doenças cardiovasculares: é um dos benéficos mais conhecidos do vinho tinto, sempre quando consumido em quantidade adequada e com regularidade. Os cientistas dizem que o vinho tinto reduz a possibilidade de ocorrência de doenças coronarianas, reduzindo a produção do colesterol “mau” e aumentando a produção do “bom”.
Possui efeitos anticoagulantes e antitrombóticos: isto não se consegue bebendo apenas diariamente, mas foi detectado que mesmo os consumidores esporádicos apresentam menor quantidade da proteína fibrogênica, que promove a formação de coágulos de sangue.
Previne o aparecimento da arteriosclerose: uma das enfermidades causadas pela degeneração das artérias. O vinho permite neutralizar os seus sintomas e até impedir o seu aparecimento. A arteriosclerose ocorre quando os vasos sanguíneos perdem a sua capacidade de relaxar. O álcool desta bebida ajuda os vasos a permanecerem saudáveis graças à formação de óxido nítrico, substância fundamental no relaxamento vascular.
Equilibra a pressão arterial: como já se sabe, o consumo excessivo de álcool provoca hipertensão arterial, mas beber uma taça de vinho (250 ml) ao dia produz o efeito contrário, porque abaixa a pressão, logo após a refeição, nas pessoas que sofrem deste mal.
Reduz a formação de cálculos renais: A ingestão diária de vinho tinto diminui o risco de desenvolvimento de pedras nos rins.
Evita o aparecimento do Mal de Alzheimer: os estudos científicos demonstraram que o resveratrol (uma substância do vinho tinto) produz efeitos neuro protetores, ajudando no combate ao desenvolvimento deste mal.
Entre outras vantagens do vinho, destacam-se:
Previne a demência;
Reduz o risco de padecer de artrite reumática;
Previne a gripe e os resfriados;
Reduz a possibilidade de sofrer de câncer de garganta;
Ajuda a nos manter despertos e acordados;
Auxilia na digestão;
Melhora a circulação sanguínea;
Reduz os ricos de padecer de diabetes;
Previne o envelhecimento prematuro das células da memória;
Promove uma melhora nos casos de varizes;
Evita o câncer de próstata;
Favorece a absorção das proteínas;
Melhora a pele;
Ajuda na visão e previne doenças como a retinopatia diabética;
Reduz a dor e os males das hemorroidas;
Diminui as alergias por suas propriedades anti-histamínicas;
Evita a formação de coágulos de sangue.
Porque tem de ser vinho “tinto”?
Muitos perguntarão por que tem de ser vinho tinto e não outro tipo qualquer (rosado, branco, espumante…). As razões são variadas.
Por isso, devemos aprender um pouco mais sobre essa bebida. Ela é elaborada como o mosto de uvas roxas, as quais são recolhidas da vide por meio de um processo chamado “vindima”.

Uma taça por dia, a prescrição ideal
O vinho é saudável quando bebido em quantidade apropriada, que segundo os especialistas é uma taça por dia, mas fique atento, pois não se trata de qualquer vinho, somente o vinho tinto.
Tampouco, poderá ser consumido na hora que você quiser, tem de ser durante o almoço ou jantar (melhor no jantar, por uma questão de comodidade, pois se você estiver em horário de trabalho com aroma de vinho no hálito, não ficará nada bem).
Concluíram isso após vários estudos, afirmando que uma taça de vinho por dia ajuda a prevenir muitas enfermidades cardiovasculares, tantos nos homens como nas mulheres.
Também servindo para tratar doenças e transtornos, como a diabetes, a demência ou a osteoporose. Ainda que se trate de uma das bebidas com álcool mais antigas do mundo, não faz tanto tempo que foram descobertas essas suas virtudes.
Antes, o mesmo era consumido apenas por diversão, para relaxar, acompanhar banquetes ou desfrutar de uma bebida diferente.
Os cachos são recolhidos de forma manual ou com o uso de tesouras, ou também com máquinas especiais.


Os vinhos selecionados têm um processo mais artesanal e caseiro desde a plantação e cuidado da vide, passando pela colheita, transporte e produção.

Imagem relacionada
A elaboração do vinho é efetuada por meio da maceração, prensagem, fermentação, trasfega, clarificação e engarrafamento.
Outra razão que faz o vinho benéfico para saúde é devido a quantidade de polifenóis presente (provenientes das cascas e das sementes das uvas), que entre outras funções, protegem o coração.
De que forma? Eliminando os radicais livres. O vinho branco, por exemplo, é feito somente com a polpa da uva, por isso não contém estas substâncias.
Segundo a variedade da uva, a quantidade de sol recebido, o tipo de terreno onde cresceu ou concentração alcoólica do vinho, ele poderá apresentar uma quantidade maior ou menor de polifenóis.





















As palavras do apóstolo Paulo, aconselhando Timóteo a usar de um pouco de vinho é, sem dúvida, o texto áureo dos evangélicos chegados a um gole. O referido texto encontra-se em 1 Timóteo 5:23 e nos diz da seguinte forma: "Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades."
 
É interessante observar que o apóstolo Paulo traz severas exortações em várias de suas epístolas aos usuários de bebidas embriagantes. Entre os mais claros podemos destacar 1 Coríntios 5:11: "Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais"; e ainda o texto de Gálatas 5:21, que diz: "Invejas, homicídios,bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."





5 incríveis remédios caseiros para combater o refluxo e a acidez no estômago.

 Os responsáveis: limão e vinagre de maçã.


Os principais remédios caseiros para tratar refluxo são feitos a partir de alimentos que neutralizam a acidez do estômago e diminuem a agressão do esôfago, como limão e vinagre de maçã.

Imagem relacionada

O refluxo ocorre quando o líquido ácido do estômago sobe para o esôfago, causando sensação de dor e queimação principalmente após as refeições.

Resultado de imagem para Remedios Refluxo fotos

A lista abaixo traz remédios caseiros utilizados para tratar o refluxo:
Resultado de imagem para Remedios Refluxo fotos

Água com limão: beber meio copo de água com limão em jejum e antes das refeições, pois o limão diminui a acidez do estômago, evitando a dor que o refluxo provoca;
Chá de gengibre: melhora a digestão, diminuindo o tempo que o alimento fica no estômago, evitando o refluxo;
Vinagre de maçã: deve-se tomar de 2 a 3 colheres por dia, junto às refeições principais, pois ele ajuda a diminuir a acidez do estômago;
Chá de camomila: tomar de 2 a 3 xícaras de chá por dia, pois ele é um calmante natural, ajudando a relaxar o estômago;
Suco de babosa: devido ao aloe vera, ajuda a tratar a dor e a queimação provocadas pelo refluxo, sendo útil também no tratamento da gastrit
Imagem relacionada

Esses alimentos devem ser consumidos diariamente para prevenir os sintomas do refluxo e evitar complicações da doença, como esôfago de Barrett ou câncer
Dicas simples para tratar o refluxo
Outras dicas importantes para tratar o refluxo são:
Evitar tomar líquidos durante as refeições;
Evitar deitar nos 30 minutos após as refeições;
Mastigar e comer devagar;
Usar roupas largas que não apertem na cintura;
Imagem relacionada

Fazer refeições em pequenas quantidades, especialmente ao jantar;
Comer pelo menos 2 horas antes de dormir;
Evitar refeições líquidas ao jantar, como sopas ou caldos;
Deitar na cama para o lado esquerdo, evitando o retorno do conteúdo gástrico à boca.
Outra dica que funciona muito bem é colocar um pedaço de madeira de pelo menos 10 centímetros debaixo dos pés da cama, do lado da cabeceira. Esse calço irá fazer com que o corpo fique levemente inclinado, evitando que o ácido do estômago suba para o esôfago, causando o refluxo.