quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

APROXIMANDO A CURA DA AIDS, CIENTISTAS CONSEGUEM MEIO DE ERRADICAR TODOS OS VIRUS...

Resultado de imagem para ALEGRIA DA CURA DA AIDS FOTOS

A terapia antirretroviral já ajudou milhões de pessoas a sobreviver ao HIV. Infelizmente, o vírus ainda tem um mecanismo de sobrevivência embutido: ele cria reservatórios latentes de vírus inativos que são invisíveis à terapia antirretroviral e ao sistema imune.
Mas agora os pesquisadores da UC Davis identificaram um composto capaz de ativar o HIV latente, oferecendo a tentadora possibilidade do vírus ser expelido de seu reservatório silencioso e, assim, levando à cura. Melhor ainda, o composto, chamado de PEP005, já está aprovado pelo FDA. O estudo foi publicado pela PLoS Pathogens.
“Esta molécula tem grande potencial de avançar para estudos clínicos.”




“Estamos animados por ter encontrado um excelente candidato para a reativação e erradicação do HIV que já está aprovado para uso em pacientes”, disse a autora do estudo, Satya Dandekar, que preside o Departamento de Microbiologia Médica e Imunologia. “Esta molécula tem grande potencial de avançar para pesquisa translacional e estudos clínicos.”
Resultado de imagem para ALEGRIA DA CURA DA AIDS FOTOS

Satya Dandekar
Satya Dandekar
Embora a terapia antirretroviral tenha sido bem sucedida — reduzindo a infecção pelo HIV em recém nascidos, restaurando o sistema imune dos pacientes e reduzindo a carga viral para níveis virtualmente indetectáveis –, ela não é capaz de sozinha curar a doença. Se o tratamento é descontinuado, os reservatórios de vírus latente são reativados e a infecção retorna à galope. Como resultado, os pacientes precisam aderir ao tratamento para sempre, colocando-os em risco de sofrer com toxicidade a longo prazo.
“Erradicar o HIV é fundamental.”
“Nós avançamos muito, mas ainda temos 30 milhões de pessoas contaminadas pelo HIV”, disse Dandekar. “Sem os medicamentos, o vírus pode voltar com o mesmo níveis de ameaça aos pacientes. Erradicar o HIV é fundamental.”
Resultado de imagem para ALEGRIA DA CURA DA AIDS FOTOS

Erradicar quer dizer reativar o vírus latente e então destruí-lo — uma estratégia chamada de “chutar e matar”. Cientistas do mundo todo têm trabalhado nessa abordagem, mas encontrar o composto ideal tem sido desafiador. A molécula ideal precisa ter como alvo as proteínas associadas à latência do HIV sem superestimular o sistema imune ou ativar outras proteínas, como NF-kappaB, desenfreadamente. Resultados assim poderiam ocasionar efeitos colaterais severos.
O time de cientistas da UC David pode ter sido bem sido sucedido com o PEP005, o princípio ativo de uma droga já aprovada pelo FDA para tratar câncer, chamada PICATO, a qual aumentou a ativação do HIV em amostras de sangue de pacientes e mostrou baixa toxicidade.
HIV-Electron-micrograph-392
Estrutura tridimensional da superfície da célula com partículas de HIV sendo liberadas através da membrana plasmática. (Cortesia da Holland Cheng Lab, © UC Regents)
Entretanto, o HIV é um vírus complicado e, tal como os médicos descobriram com a terapia antirretroviral, deve ser atacado de múltiplas formas. Além da PEP005, os cientistas testaram outros compostos capazes de reativar o HIV através de diferentes caminhos. Esse processo meticuloso levou à molécula JQ1, que age sinergicamente com a PEP005, maximizando a ativação do HIV. Quando combinada com a PEP005, a JQ1 aumenta a ativação do vírus em até 15 vezes.
“Observamos uma ativação viral ainda mais intensa.”



“Um tratamento único não é suficiente e, por isso, estamos tentando atingir o HIV através de diferentes caminhos”, explicou Guochun Jiang, a primeira autora do estudo. “Como resultado, observamos uma ativação viral ainda mais intensa.”
Embora esses resultados sejam promissores, os cientistas têm consciência que eles só funcionam se o “chute” for seguido de “matar”. “Primeiro, precisamos identificar a melhor combinação de agentes ativadores de latência”, disse Dandekar. “Depois, precisamos ajudar os pacientes a limpar essas células reativadas. Só reativar o HIV da latência não será suficiente.”
Resultado de imagem para ALEGRIA DA CURA DA AIDS FOTOS

Dandekar lembra que muitos pacientes com HIV que fazem uso da terapia antirretroviral possuem respostas imunes robustas, as quais levarão um bom tempo até limpar o vírus. Ela acredita que as vacinas contra o HIV que estão em desenvolvimento trazem uma vantagem adicional: mesmo que uma vacina não seja 100% eficaz em prevenir a transmissão, ela pode aumentar a habilidade do paciente de destruir o vírus reativado.
Identificar a PEP005 e JQ1 como potentes ativadores do HIV é um passo fundamental nessa direção. “É muito animador que a molécula do PICATO já esteja aprovada e sendo usada em pacientes”, disse Dandekar. “Além de ser muito eficiente em reativar o HIV, ela também funciona maravilhosamente bem com outros agentes de reativação de latência, é menos citotóxica e não induz a uma resposta imune excessiva.”
Imagem relacionada

MARAVILHOSA NOTÍCIA...Pesquisadores dinamarqueses anunciam cura para o HIV ‘em alguns meses’


Imagem relacionada


Cientistas dinamarqueses estão esperando resultados de um experimento que, se der certo, pode significar a criação de uma cura distribuível e acessível para o vírus HIV, que causa a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), dentro de alguns meses. Pesquisadores estão conduzindo ensaios clínicos para testar uma "nova estratégia", no qual o vírus é despojado do DNA humano, onde se multiplica, e destruído permanentemente pelo sistema imunológico do paciente. 
Imagem relacionada

A medida representaria um passo dramático na tentativa de encontrar uma cura para o vírus. As informações são do jornal inglês Telegraph.A técnica envolve a libertação do vírus HIV de "reservatórios" que estes formam no DNA das células, levando-o para a superfície das mesmas. Uma vez “exposto” na superfície da célula, o vírus pode ser eliminado naturalmente pelo sistema imunológico, capaz de criar uma "vacina" contra ele. Os cientistas estão atualmente realizando testes em humanos, na esperança de provar que ele é eficaz. Em laboratório, os testes já foram bem-sucedidos.

Imagem relacionada

Pesquisa em humanosEm estudos in vitro - aqueles nos quais são usadas células humanas em laboratório - a nova técnica foi tão bem sucedida que, em janeiro, o Conselho de Pesquisa dinamarquês premiou os pesquisadores com cerca de R$ 5 milhões para darem prosseguimento na pesquisa, desta vez, em humanos.De acordo com Dr. Søgaard, pesquisador sênior do Hospital da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, que lidera o estudo, os primeiros sinais são "promissores".- Estou quase certo de que teremos sucesso. O desafio será fazer o sistema imunológico dos pacientes reconhecer o vírus, depois de exposto, e destruí-lo. Isto depende da força e da sensibilidade dos sistemas imunes individuais - afirmouQuinze pacientes estão participando dos ensaios e, se eles forem considerados curados do HIV, o tratamento será testado em uma escala mais ampla.A pesquisa da equipe dinamarquesa está entre o movimento mais avançado e rápido do mundo para a cura do HIV.Comportamento seguroDr Søgaard ressaltou que a cura não é o mesmo que uma vacina preventiva e que a sensibilização de comportamento inseguro, incluindo relações sexuais desprotegidas e compartilhamento de agulhas, ainda são de suma importância na luta contra o HIV.
Resultado de imagem para ALEGRIA DA CURA DA AIDS FOTOS

Com o tratamento moderno HIV, o paciente pode viver uma vida quase normal, mesmo em idade avançada, com efeitos colaterais limitados.No entanto, se a medicação for interrompida, o vírus pode voltar a se multiplicar no organismo do indivíduo e os sintomas da Aids podem reaparecer em duas semanas.Encontrar uma cura iria libertar o paciente da necessidade de tomar medicação contínua HIV e salvar bilhões em serviços de saúde pública.Fonte: Extra

Babosa e Cabelo... Inseparáveis, veja suas razões...

Remédio natural para evitar a queda, dar brilho, regenerar cada fio e revigorar o couro cabeludo... 
Babosa e cabelos, feitos um para o outro...

Um excelente remédio caseiro para evitar a queda de cabelo é a babosa...
O cabelo é uma parte da estética da pessoa, é muito importante que eles estejam sempre lindos e saudáveis, e além disso é muito importante evitar a queda

Resultado de imagem para Babosa fotos

A queda de cabelo pode ser causada por inúmeros fatores. E para te ajudar a ter um cabelo lindo e livre da queda nós trazemos algumas dicas e remédios caseiros muito eficazes para evitar esse problema.Lave muito bem seus cabelos no mínimo 2 vezes por semana, se seus cabelos forem oleosos lave todos os dias. O ideal é lavar sempre que os cabelos estiverem sujos, e cada pessoa pode ficar com o cabelo sujo em um certo tempo.queda de cabelo é bastante comum nos primeiros meses da amamentação, após cirurgias e em caso de distúrbios hormonais e neste último caso, o melhor é tratar este descontrole, já que esta é a causa da queda do cabelo.Remédio natural para evitar a queda Um excelente remédio caseiro para evitar a queda de cabelo é a babosa, planta também conhecida como Aloe vera.Você deve retirar a lateral da folha da Aloe vera, corte a folha na metade e passe o gel do interior da folha em todo o seu cabelo, deixe até que seque, depois lave seus cabelos. Esse procedimento pode ser feito 1 vez por semana.

Imagem relacionada

Além de utilizar a Aloe vera, o consumo de gérmen de trigo é uma ótima maneira de evitar a queda de cabelo. Você deve adicionar 2 colheres de gérmen de trigo em pó num copo de leite ou suco e beba diariamente. Você deve saber que os resultados não são imediatos, você deve ser persistente, somente assim você vai conseguir bons resultados. Conheça outras maneiras que você pode utilizar a babosa Pegue uma folha e tire a baba de dentro, bata no liquidificador e passe em todo o cabelo, inclusive na raiz; Deixe meia hora na touca plástica ou de alumínio;Lave os cabelos como de costume;Utilize pelo menos uma vez por semana ou a cada quinze dias.A babosa pode ser misturada também no creme de hidratação. 

Resultado de imagem para Babosa fotos

Na pele você passa a baba no rosto, como uma máscara e espera secar, depois lave normalmente.

3 INGREDIENTES PARA VOCÊ FAZER UM XAROPE QUE ELIMINA A TOSSE E LIMPA COMPLETAMENTE OS PULMÕES!


 Imagem relacionada
Trouxemos uma ótima receita que ajuda a eliminar o catarro e a tosse.
Trata-se de  um xarope feito com ingredientes naturais, bastante eficientes para cura.
Resultado de imagem para Babosa fotos

Além disso, esses ingredientes são encontrados facilmente e têm um custo baixíssimo.

Resultado de imagem para água fotos



A cenoura, por exemplo, é um alimento muito saudável que proporciona diversos benefícios ao corpo, como:

- Aumenta a imunidade

- Reduz o colesterol

- Previne contra o câncer

- Combate a acne

- Fonte cálcio e vitaminas

- Auxilia a digestão

- Purifica o corpo

Este fantástico xarope pode ser utilizado por adultos e crianças (a partir dos 3 anos).

Ele é superfácil.

E os resultados são maravilhosos.
Faça e comprove:
INGREDIENTES

Meio quilo de cenoura




4 colheres (sopa) de mel

Água

MODO DE PREPARO

Coloque as cenouras em uma panela e deixe fervendo, até que elas fiquem macias.

Retire as cenouras da tigela, mas não jogue a água fora.

Amasse as cenouras com um garfo ou coloque-as no liquidificador.

Em seguida, adicione o mel à água e misture bem.

Depois, acrescente a esta mistura de água e mel o purê de cenouras.

Mexa e guarde num frasco de vidro com tampa.

Mantenha o xarope na geladeira.

Tome 4 colheres (sopa) do xarope durante o dia.

Crianças tomam 4 colheres (chá) por dia.

Em dois dias, você começará a sentir os resultados.​

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

O mundo chora a grande...perda deste sonho inacabado...Alguns relatos e repercussões deste trágico acidente...

O mundo chora a grande...perda de um sonho inacabado...

A comoção tomou conta das redes sociais após confirmação do acidente do avião British Aerospace BAe 146 que transportava a delegação da Chapecoense até Medellín, na Colômbia. Perfis oficiais de diversos clubes brasileiros e estrangeiros se manisfestaram, assim como a Conmebol, que comunicou a suspensão da decisão da Copa Sul-Americana.





 Algumas personalidades do futebol também prestaram homenagem. Através do Twitter, Neymar postou uma imagem com "Força Chape", mensagem que se espalhou na internet. Felipe Melo foi o primeiro brasileiro a se manifestar com mensagem de apoio e torcida. Messi, Luis Suárez e Maradona também postaram homenagens...





O acidente da Chapecoense evoca outras tragédias similares sofridas por equipes de futebol. Em 1949, o avião no qual a equipe italiana do Torino voltava de um jogo em Lisboa caiu, matando 42 pessoas, entre elas quase todo o elenco. Onze anos depois, outro acidente envolveu a aeronave que trazia o Manchester United de Munique. Oito jogadores, dois dirigentes e o técnico morreram. Sobreviveram sete atletas, entre eles Bobby Charlton, lenda do United.

A aeronave, da companhia boliviana LAMIA, tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação

O diretor da clínica San Juan de Dios, Guillermo Molina Mesa, afirmou à GloboNews, que de acordo com informações do hospital San Vicente Fundación, o goleiro Danilo não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O médico Guillermo Mesa afirmou ainda que o estado do jogador Neto é muito grave e que o zagueiro passará por uma cirurgia, segundo a GloboNews.

As notícias sobre o goleiro Danilo ainda estão desencontradas. Seu nome não aparece na lista de sobreviventes. No entanto, a mãe do jogador disse, em entrevista à ESPN, que teve informação de que goleiro foi transferido para um hospital maior

O especialista em gerenciamento de risco Gustavo Cunha Mello analisa o que poderia ter levado à queda do avião com a delegação da Chapecoense.

“Como todo e qualquer acidente, não posso atribuir a uma única causa. Todo acidente tem um conjunto de fatores contribuintes. Tem que se verificar, por exemplo, o terreno montanhoso ali, exigindo manobras complicadas e muitas curvas do avião para aproximação com a pista de Medellín. Isso é um fator que complica, sobretudo com avião em pane. Meteorologia complicada também, obrigando o piloto a desviar de formações de cúmulos nimbos, de formações pesadas de chuva. A própria pane relata pelo piloto, uma pane elétrica.”

Conjecturando: Pensamos depois das opiniões, notícias recentes...
Algumas horas do acidente e após uma série de notícias foi constatado que uma outra aeronave vindo de Bogota, teve que alternar (para) Medellin e em emergência declarada teria sido priorizada para pouso... O que nos assusta é que a aeronave  BAe 146 que se acidentou, chegaria em Medellín com seu combustível no limite, sendo que seu ranger, autonomia era de 1800 milhas náuticas ou 3000 Kilômetros O  time (Chapecoense) embarcou de Guarulhos, às 15h15 de segunda-feira, em um voo comum da companhia Boliviana de Aviación até Santa Cruz de la Sierra... na Bolívia, embarcou no voo fretado da Lamia, rumo a Medellín que consumiría todo seu combustível (CRÍTICO)...seus 3000 quilômetros de autonomia...
Quase a mesma distancia entre Santa Cruz de la Sierra e Medellin na Colombia... 
Pelo fato de não ter reportado a emergência e sim pane elétrica, o controle de vôo de Medellin teria priorizado a outra aeronave, ficando a que se acidentou, em situação difícil, possível PANE SECA (pouco combustível pois além do mau tempo, região muito acidentada geograficamente)  a aeronave BAe 146 acidentada teria que ficar orbitando ( fazendo voltas para esperar) o aeroporto de Medellin até ser autorizada para pouso... Isto é apenas interpretação, nada oficial até que seja tudo apurado oficialmente pelas autoridades aeronáuticas. ( Caixas pretas, sobreviventes, controladores, instrumentos, da aeronave etc)



Lamia, a companhia aérea que transportava a Chapecoense

Empresa boliviana é especialista em transporte de times de futebol


A companhia aérea, à qual pertence o avião fretado que caiu na Colômbia com jogadores e comissão técnica da Chapecoense, oferece voos não regulares e começou a operar a partir do aeroporto Alberto Carnevali, em Mérida; em 2014, pediu uma licença para operar na Bolívia como “operador de pequeno porte”, segundo consta no Certificado de Operação Aérea daquele país. Nos últimos dois anos, sua especialidade vinha sendo o transporte, em voos fretados, de times de futebol sul-americanos e da própria Bolívia.
Sua frota se resume a dois aviões British-Aerospace BAE-Avro 146, com quatro turbinas e capacidade para 90 passageiros. Eles foram adquiridos em fevereiro e março de 2014 já com “idade” de 16,6 e 17,6 anos. A BAE deixou de produzir o modelo em 2001.
A Lamia já transportou vários times de futebol latino-americanos, devido ao seu custo baixo e à flexibilidade de voos fretados. Segundo registra o seu site oficial, “a Lamia Corporation tem como atividades principais a prestação de serviços aéreos comerciais, transportes aéreos não regulares de passageiros, correspondência e carga, tanto nacional quanto internacional, para instituições corporativas, particulares e governamentais e aeronáuticas, com a utilização de aviões e helicópteros de tipo e configuração aprovados pela autoridade aeronáutica da Bolívia”.
O voo que levava o time brasileiro partiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, porque a operação dele a partir do Brasil havia sido proibida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Em nota, a agência afirmou que a Lamia solicitou autorização de voo para o transporte do time para partir para a Colômbia na segunda-feira. "O pedido foi negado com base no Código Brasileiro de Aeronáutica (CBAer) e na Convenção de Chicago, que trata dos acordos de serviços aéreos entre os países. O acordo com a Bolívia, país originário da companhia aérea Lamia, não prevê operações como a solicitada", destacou a nota. "Complementando a negativa do pedido, a ANAC informou ao solicitante do voo que o transporte poderia ser realizado por empresa aérea brasileira e/ou colombiana, conforme a escolha do contratante do serviço, nos termos dos acordos internacionais em vigor", complementou a agência.

Jogadores:






Danilo e Alan Ruschel momentos antes do acidente. Danilo morreu

SnapChat/Reprodução
Danilo e Alan Ruschel momentos antes do acidente. Danilo morreu

1. Danilo (goleiro)
2. Gimenez (lateral)
3. Bruno Rangel (atacante)
4. Marcelo (zagueiro)
5. Lucas Gomes (atacante)
6. Sergio Manoel (meio-campista)
7. Filipe Machado (zagueiro)
8. Matheus Biteco (meio-campista)
9. Cleber Santana (meio-campista)
10. Alan Ruschel (lateral - sobrevivente)
11. William Thiego (zagueiro)
12. Tiaguinho (meio-campista)
13. Neto (zagueiro - sobrevivente)
14. Josimar (meio-campista)
15. Dener Assunção (lateral)
16. Gil (meio-campista)
17. Ananias (atacante)
18. Kempes (atacante)
19. Follmann (goleiro - sobrevivente)
20. Arthur Maia (meio-campista)
21. Mateus Caramelo (lateral)
22. Aílton Canela (atacante)

Demais convocados e comissão técnica

23. Caio Júnior (técnico)
24. Eduardo de Castro Filho, o Duca (auxiliar técnico)
25. Luiz Grohs, o Pipe (analista de desempenho)
26. Anderson Paixão (preparador físico)
27. Anderson Martins, o Boião (preparador de goleiros)
28. Dr. Marcio Koury (médico)
29. Rafael Gobbato (fisioterapeuta)
30. Cocada
31. Sergio de Jesus, o Serginho
32. Adriano
33. Cleberson Silva
34. Mauro Stumpf, o Maurinho (vice-presidente de futebol)
35. Eduardo Preuss, o Cadu Gaúcho (diretor)
36. Chinho di Domenico (supervisor)
37. Sandro Pallaoro
38. Cezinha
39. Gilberto Pace Thomas, o Giba (assessor de imprensa)

Diretoria

40. Nilson Folle Júnior
41. Decio Burtet Filho
42. Edir de Marco (diretor)
43. Ricardo Porto (diretor)
44. Mauro dal Bello (diretor)
45. Jandir Bordignon (diretor)
46. Dávi Barela Dávi (empresário)

Convidado

47. Delfim Peixoto Filho (vice-presidente da CBF e presidente da Federação Catarinense)

Imprensa

48. Victorino Chermont (Fox Sports)
49. Rodrigo Santana Gonçalves (Fox Sports)
50. Deva Pascovich (Fox Sports)
51. Lilacio Júnior (Fox Sports)
52. Paulo Julio Clement (Fox Sports)
53. Mario Sergio Pontes de Paiva (Fox Sports e ex-jogador)
54. Ivan Agnoletto (rádio rádio Super Condá)
55. Guilher Marques (Globo)
56. Ari de Araújo Júnior (Globo)
57. Guilherme Laars (Globo)
58. Giovane Klein (repórter da RBS TV de Chapecó)
59. Bruno Mauro da Silva (técnico da RBS TV de Florianópolis)
60. Djalma Araújo Neto (cinegrafista da RBS TV de Florianópolis)
61. Adré Podiacki (repórter do Diário Catarinense)
62. Laion Espindula (repórter do Globo Esporte)
63. Rafael Henzel (rádio Oeste Capital - sobrevivente)
64. Renan Agnolin (rádio Oeste Capital)
65. Fernando Schardong (rádio Chapecó)
66. Edson Ebeliny (rádio Super Condá)
67. Gelson Galiotto (rádio Super Condá)
68. Douglas Dorneles (rádio Chapecó)
69. Jacir Biavatti (comentarista RIC TV e Vang FM)

Tripulação

70. Miguel Quiroga (piloto)
71. Ovar Goytia
72. Sisy Arias
73. Romel Vacaflores (assistente de voo)
74. Ximena Suarez (aeromoça - sobrevivente)
75. Alex Quispe
76. Gustavo Encina
77. Erwin Tumiri (técnico da aeronave - sobrevivente)
78. Angel Lugo
A Chapecoense jogaria a final de uma competição internacional pela primeira vez na sua história.


Solidários, clubes prometem emprestar jogadores para reerguer a Chapecoense..,


Times da Série A falam em imunidade contra rebaixamento para o clube de Chapecó

Atlético Nacional pede à Conmebol que entregue o título da Sul-Americana ao adversário

“Vamo verdão! Vamo verdão! Vamo ser campeão! “







Chapecoense Marlone (Foto: Reprodução/Instagram)
thiago silva lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução)Thiago Silva
valdívia lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução)Valdívia

sergio ramos lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução Twitter)

luis figo lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução Twitter)
rooney lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução Twitter)
felipe anderson lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução Twitter)
adriano imperador lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução)Adriano Imperador (Foto: Reprodução)
ROBINHO LAMENTA acidente da chapecoense (Foto: Reprodução Twitter)
fernandinho lamenta acidente da chapecoense (Foto: Reprodução)