sexta-feira, 10 de abril de 2015

Ideias para rever seu conceito sobre sucesso...







Ideias para rever seu conceito sobre $°°§  "SUCESSO"  §°°$





 COLABORAÇÃO DO MEU AMIGO...

Pense rápido: você toma decisões em tempo hábil?
O que significa isso? Significa que:
• é lento nas decisões e declarações;
• é conservador e excessivamente cauteloso;
• procrastina, procurando mais dados para evitar riscos e estabelecer a confiança que ele necessita;
• é perfeccionista, precisando se assegurar que está 100% correto e proteger-se fortemente contra as críticas;
• é desorganizado e sempre tem dificuldades para cumprir os prazos estabelecidos
• ou ainda que é lento para decidir sobre questões de maior complexidade.




Veja, se você se encaixa nesta descrição, demora para agir, geralmente não toma decisões dentro do prazo, precisa se apressar para acabar tudo a tempo, continuamente está considerando possíveis objeções (reais e imaginárias), ou seja: em suma não gosta de apertar o gatilho… vai acabar ficando para trás com este tipo de comportamento. Você não reagirá rápido o suficiente para mudar; não aprenderá coisas novas; as pessoas ficarão cada vez mais frustradas enquanto você atrasa o processo.
Por outro lado, desafiar seu modelo mental só lhe trará recompensas. David Ulrich, um dos maiores consultores de estratégia, diz que no passado existia a recompensa de estar certo. Isso está mudando para a recompensa de ser o primeiro. Olhe ao redor: no passado, as organizações não apresentavam um produto até chegar a hora certa. Eles trabalhavam para se assegurar de que era o produto correto e que tinha um mercado para ele. E agora? Bem, as empresas lançam o produto o mais rápido possível para consertá-lo mais tarde, depois do cliente reagir ao mesmo. Este é o atual cenário. Aceite-o ou ele te devora…
Você até pode associar decisões em tempo hábil com decisões descuidadas, mas pense bem. Em tempo hábil é sinônimo de “mais cedo”, “assim que possível” ou “numa data/horário determinado”. Mas não de maneira descuidada ou inconsistente. Decisões tomadas agilmente, bem planejadas, podem ser de alta qualidade. É o gradualismo na qualidade.





Dito isto, o que se pode fazer para reconstruir o modelo mental? Veja a seguir como lidar com esta questão:
• Aprenda a tolerar quebra-cabeças incompletos.
Você precisa, prefere ou quer ter 100% de certeza? Quer se certificar que todas ou pelo menos a maioria das suas decisões estão corretas? Muitos preferem isso. É difícil abrir mão do perfeccionismo porque a maioria o considera um dos seus traços positivos. As pessoas tem orgulho de nunca estarem erradas. Reconheça o perfeccionismo pelo que ele é – coletar mais informações que os demais para melhorar a sua autoconfiança ao tomar decisões livres de erros, evitando assim o risco e as críticas que viriam se fossem tomadas mais rapidamente. Veja, qualquer pessoa com um cérebro, tempo de sobra e 100% dos dados pode tomar boas decisões. O verdadeiro teste é ver quem consegue agir primeiro, acertando mais com menos dados. Alguns estudos indicam que até mesmo os gestores mais bem-sucedidos estão cerca de 65% corretos. 65%! Se você precisa agir oportunamente, tem que diminuir a sua própria necessidade interna por dados e por ser perfeito. Semanalmente tente diminuir um pouco a sua necessidade de estar certo o tempo todo, até que encontre um equilíbrio mais razoável entre pensar e agir. Tente tomar pequenas decisões com base em nenhum ou quase nenhum dado. Confie mais na sua intuição. Posso lhe assegurar que sua experiência não o deixará vaguear aleatoriamente. Deixe a sua mente fazer os devidos cálculos.




• Comece cedo

Você é um procrastinador? Não consegue cumprir prazos? Faz tudo aos 45 minutos do segundo tempo? Além de não agir em tempo hábil, possivelmente a qualidade e a exatidão das suas decisões serão frágeis. Os procrastinadores perdem os prazos e as metas de desempenho. Se você procrastina pode acabar tomando decisões inconsistentes. Comece mais cedo. Sempre pense em 10% da decisão a ser tomada imediatamente após estar incumbido dela, assim pode melhor calcular quanto tempo levará para completar o restante. Divida as decisões em 3 ou 4 partes e agende o tempo necessário para trabalhar nelas dentro do período de entrega. Lembre-se de uma das Leis de Murphy: É preciso 90% do tempo para concluir 90% do projeto e mais 90% do tempo para terminar os últimos 10%. Sempre aloque mais tempo do que acha que vai levar. Estabeleça pontos de monitoramento durante o projeto. Antecipe no cronograma a coleta e a analise de dados. Não espere até o último minuto. Estabeleça um deadline particular uma semana antes do prazo real.
• Organize-se e tenha disciplina
Nem sempre consegue fazer tudo a tempo? Se esquece dos prazos? Perde as encarecidas solicitações por uma decisão? Sob a pressão do tempo e uma incerteza cada vez maior, não dá para assoviar e chupar cana ao mesmo tempo. É complicado trabalhar de maneira desordenada e confusa e simultaneamente tomar decisões de qualidade em tempo hábil. Nesse cenário, é necessário estabelecer rígidas prioridades. Concentre-se mais nas poucas decisões críticas. Não se distraia com trabalho trivial ou outras decisões. Organize-se melhor e tenha disciplina. Mantenha um “diário de decisões”. Assim, quando aparecer uma oportunidade para tomar decisões, anote-a imediatamente ao lado da data ideal em que ela precisa ser tomada. Planeje inversamente o necessário passo a passo para tomar a decisão pontualmente. Se você não for disciplinado na maneira como trabalha e, às vezes, demora para tomar decisões e agir por causa disso, compre livros sobre TQM, ISO e Six Sigma, ou ainda, participe de um sério seminário sobre como estruturar o trabalho de forma eficiente e eficaz.



• Aprenda com os erros
Paralisado pela análise? Rompa com o seu modelo mental “preciso examinar até a exaustão” e “necessito sempre seguir o caminho mais seguro” e simplesmente faça. Agir mais oportunamente vai gerar mais erros e falhas, mas também vai permitir mais coisas realizadas com rapidez. Desenvolva uma filosofia com relação ao fracasso e à critica. Afinal, a maioria das inovações falham, a maioria das propostas falham, a maioria dos esforços para mudar falham e tudo o que vale a pena exige redobrada energia. A melhor maneira de lidar com um erro é refletir “o que podemos aprender com isso?” Por fim, pergunte a si mesmo se a sua necessidade de ser cauteloso atende as necessidades de rapidez e pontualidade que se exige.
• Compreenda seu mecanismo para atuar com agilidade
É muito comum ver pessoas que agem de forma oportuna em algumas áreas e atrasam em outras. Às vezes, evitamos certas questões. Imagine então 2 colunas. No lado esquerdo, estão as áreas onde você parece tomar decisões com agilidade. O que estas áreas tem em comum? No lado direito estão as áreas onde você se segura, hesita e aguarda demais para se decidir. O que há de comum nesta lista? O dinheiro está envolvido? Pessoas? Riscos? Você está evitando detalhes, estratégias ou uma área técnica da qual não gosta ou sobre a qual sabe pouco? Já que você toma decisões de forma oportuna pelo menos em uma área, transfira para as demais o seu comportamento e práticas decisórias. Veja, você já tem as habilidades. Só precisa superar as barreiras (provavelmente obstáculos relacionados à atitude) na areas mais difíceis. Se você não tem o expertise, recorra a sua rede de relacionamentos. Procure os 2 melhores peritos que vc conhece nessa questão, ou contrate um consultor, ou ainda convoque um grupo temporário para solucionar tal problema específico. Você não tem que ser um especialista na área, mas precisa saber como acessar o know-how para tomar as decisões com agilidade.
Room 4D (Pablo Aversa)





quarta-feira, 8 de abril de 2015

Crise de 29...Do dia para a noite, investidores milionários perderam tudo o que tinham em ações...


Crise de 29...


Do dia para a noite, investidores milionários perderam tudo o que tinham em ações sem o menor poder de compra...

Crise de 29...



Um retrato da Crise de 1929: investidor falido vendendo seu carro por apenas 100 dólares.
Um retrato da Crise de 1929: investidor falido vendendo seu carro por apenas 100 dólares.



O fim da Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) colocou os Estados Unidos em um novo panorama econômico. De maior devedora, a economia norte-americana se transformou na principal credora da economia mundial. Além disso, expandiu o seu parque industrial ao ponto de reter em suas mãos praticamente um terço de todos os produtos industrializados que percorriam o mundo. Mediante tanta prosperidade, vemos que imigrantes de todo o mundo buscavam viver o tal “american way of life”.



O momento de expansão e euforia acabou se refletindo no comportamento do mercado de ações daquele país. Cidadãos das mais variadas classes sociais sonhavam em ascender socialmente investindo grande parte de suas economias no setor de ações. Esperando que a economia sustentasse patamares de crescimento constantes, vemos que a população norte-americana parecia realmente viver um sonho, a ilusão de que seu país não mais reconhecia limites.



Acreditando piamente nos princípios do liberalismo clássico, os governantes norte-americanos não enxergavam a necessidade de interferir nessa incessante onda especulativa. Com o passar do tempo, a capacidade de consumo dos norte-americanos passou a ser superada pela enorme quantidade de mercadorias produzidas pelas indústrias. No entanto, a despeito dessa tendência, as bolsas de valores insuflavam a especulação financeira sobre empresas que só ampliavam suas vendas e mercados.

Contudo, já em 1928, o estouro dessa bolha financeira começou a se manifestar quando o preço das mercadorias acumuladas começou a despencar e as empresas se viram forçadas a reduzir seu quadro de funcionários. Já no ano seguinte, muitos investidores se desesperavam tentado realizar a venda de suas ações para outros possíveis investidores. No dia 24 de outubro daquele ano, uma avalanche de ofertas e a ausência de compradores sentenciaram a quebra da Bolsa de Nova York.
Fotos AFP e Stan Honda/AFP
DE NOVO, NÃO


Do dia para a noite, investidores milionários perderam tudo o que tinham em ações sem o menor poder de compra. A situação caótica levou muitos deles a subir no alto dos prédios e dar fim às suas próprias vidas. Milhares de trabalhadores perderam os seus empregos e nações que dependiam do investimento norte-americano viram a sua própria ruína. Na projeção de um incrível efeito dominó, diversas economias do mundo se viram gravemente prejudicadas.

Visando uma solução para o problema, o eleitorado norte-americano promoveu a vitória do democrata Franklin Delano Roosevelt para a presidência. Sob a sua tutela, a economia norte-americana revisou os princípios liberais e empreendeu a intervenção do Estado na economia com a criação do New Deal. No outro lado do Atlântico, vimos a ascensão de regimes totalitários que negavam o capitalismo através da instalação de governos fortemente centralizados.







segunda-feira, 6 de abril de 2015

Cientistas provam que comer a noite engorda mais, sinto muito...




Cientistas provam que comer a noite engorda mais, sinto muito...





Mães tem mania de horário, organização e disciplina. Tudo para que os filhos tenham uma boa educação e não se tornem adultos preguiçosos, sem responsabilidade e com um estilo de vida (e decoração da casa) bagunçada. Quantas vezes já não ouvimos “horário de dormir é à noite”, “vem comer porque está na hora do almoço”, “arrume tempo para organizar seu guarda-roupa”, “tome café da manhã como um rei, almoce como a rainha e jante como uma princesa” (acho que para homens essa fala deve haver algumas alterações) e por aí vai… Eu não sei se mães carregam o fardo de saberem de tudo, mas recentemente pesquisadores provaram, pela primeira vez, que  igual ao rei pode ter consequências diferentes (e piores).
A maioria sempre achou que tanto faz comer de manhã, de tarde ou de noite – afinal, as calorias dos alimentos são sempre as mesmas. Mas não é bem assim, numa experiência feita por cientistas da Northwestern University, nos EUA, dois grupos de camundongos comeram a mesma ração durante seis semanas. Para o 1º grupo, ela era servida no horário normal. Já os ratos do 2º grupo só eram alimentados no horário errado, em que deveriam estar descansando.
Mulher-comendo-bolo-de-frente-para-geladeira
Ao final do estudo, haviam ficado 48% mais gordos – muito mais do que os ratos alimentados na hora certa, que tiveram 20% de ganho de peso. Conclusão: por algum motivo, comer à noite engorda mais – mesmo que você ingira os mesmos alimentos que comeria durante o dia.
Ninguém sabe exatamente por que, mas os cientistas suspeitam que a
absorção da energia contida nos alimentos seja influenciada pelo ritmo circadiano – o relógio biológico do corpo. “Mudar a hora de comer pode ajudar a conter a epidemia de  entre os humanos”, recomenda o estudo.
comer_a_noite
Mas o hábito de assaltar a geladeira à noite talvez não seja uma falta de caráter – pode ser culpa da própria comida. Outra experiência feita com ratos, também na Northwestern University, constatou que uma dieta rica em gordura causa alterações numa parte do cérebro chamada núcleo supraquiasmático, que controla o relógio biológico – e isso faz com que o indivíduo tenda a dormir e comer cada vez mais tarde. Ou seja, o mais indicado são refeições leves, saudáveis e com horário.
Se a vida não ensina, os cientistas provam e você percebe que sua mãe esteve certa o tempo todo.
...







Israelenses desenvolvem dispositivo que é capaz de ‘cheirar’ o odor dos tumores...


Israelenses desenvolvem dispositivo que é capaz de ‘cheirar’ o odor dos tumores...



A saúde é um tópico que sempre a ciência busca novas inovações com ajuda da tecnologia e agora também da  (criando o termo “”). E foi com isso que pesquisadores israelenses, americanos e britânicos desenvolveram um dispositivo que pode virar o jogo da vida quando o assunto for câncer.
O câncer no pulmão –ou neoplasia maligna do pulmão- é um dos tipos mais comuns e graves de câncer, sendo ele o primeiro colocado no ranking de mais letal em todo o mundo. O Brasil anualmente possui mais de 27 mil pessoas diagnosticadas com neoplasia.
No entanto, a estatística preocupante não se deve ao fato de que é o mais comum, mas porque sua progressão mortal é de difícil detecção. O câncer no pulmão é silencioso e ataca sem deixar impressões digitais, e aflige suas vítimas com metáfase incontrolável (até não haver mais chance de reverter o quadro).
O dispositivo criado detecta, com precisão, o  e identificando seu estágio de progressão. É um teste similar ao bafômetro com um chip de nanotecnologia incorporado ao NaNose, fazendo com que ele, literalmente, fareje os tumores. O sistema envia as informações para um laboratório, que examina a presença de tumores, tanto benignos como malignos, e também pode detectar outras doenças graves.
E os pesquisadores pensam em levar o projeto ainda mais longe, pois pretendem futuramente instalar o dispositivo em smartphones, sendo batizado de SniffPhone, podendo assim levar a nanomedicina à milhares de pessoas.
Sediada em Boston, a empresa Alpha Szenszor licenciou a tecnologia e espera apresenta-la muito em breve ao mercado. Mas enquanto o SniffPhone não é lançado, uma outra versão (mais compacta) foi desenvolvida e pode ser conectada a uma porta USB do computador.




HOMOFOBIA - UM ESCLARECIMENTO NECESSÁRIO...

HOMOFOBIA - UM ESCLARECIMENTO 

NECESSÁRIO





A palavra homofobia está na moda. No mundo inteiro discute-se a questão do homossexualismo. Em alguns países já se aprovou a lei do casamento gay. Aqui no Brasil, tramita no congresso um projeto de lei (PL 122/2006), que visa a criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual. O assunto que estava adormecido, em virtude de firme posição evangélica contra o referido projeto de lei, mormente na efervescência da campanha política de 2010, ganhou novo fôlego com a nova proposta da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que pleiteia a reclusão de cinco anos, em regime fechado, para quem se posicionar publicamente contra o homossexualismo. Diante desse fato, quero propor algumas reflexões:

Em primeiro lugar, esse projeto de lei fere o mais sagrado dos direitos, que é a liberdade de consciência. Que os homossexuais têm direito garantido por lei de adotarem para si o estilo de vida que quiserem e fazer suas escolhas sexuais, ninguém questiona. O que não é cabível é nos obrigar, por força de lei, concordar com essa prática. Se os homossexuais têm liberdade de fazer suas escolhas, os heterossexuais têm o sagrado direito de pensar diferente, de serem diferentes e de expressarem livremente o seu posicionamento.

Em segundo lugar, esse projeto de lei cria uma classe privilegiada distinta das demais. O respeito ao foro íntimo e à liberdade de consciência é a base de uma sociedade justa enquanto a liberdade de expressão é a base da democracia. Não podemos amordaçar um povo sem produzir um regime totalitário, truculento e opressor. Não podemos impor um comportamento goela abaixo de uma nação nem ameaçar com os rigores da lei aqueles que pensam diferente. Nesse país se fala mal dos políticos, dos empresários, dos trabalhadores, dos religiosos, dos homens e das mulheres e só se criminaliza aqueles que discordam da prática homossexual? Onde está a igualdade de direitos? Onde está o sagrado direito da liberdade de consciência? Onde o preceito da justiça?

Em terceiro lugar, esse projeto de lei degrada os valores morais que devem reger a sociedade. O que estamos assistindo é uma inversão de valores. A questão vigente não é a tolerância ao homossexualismo, mas uma promoção dessa prática. Querem nos convencer de que a prática homossexual deve ser ensinada e adotada como uma opção sexual legítima e moralmente aceitável. Os meios de comunicação, influenciados pelos formadores de opinião dessa vertente, induzem as crianças e adolescentes a se renderem a esse estilo de vida, que diga de passagem, está na contramão dos castiços valores morais, que sempre regeram a família e a sociedade. O homossexualismo não é apenas uma prática condenada pelos preceitos de Deus, mas, também, é o fundo do poço da degradação moral de um povo.

Romanos 1.18-32 (NVI)
18 - "Portanto, a ira de Deus é revelada do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça, 
19 - pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou.
20 - Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis;
21 - porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram.
22 - Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos
23 - e trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis.
24 - Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos dos seus corações, para a degradação dos seus corpos entre si.
25 - Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.
26 - Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza.
27 - Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão.
28 - Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam.
29 - Tornaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão cheios de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros,
30 - caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; inventam maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais;
31 - são insensatos, desleais, sem amor pela família, implacáveis.
32 - Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam."

Em quarto lugar, esse projeto de lei avilta os valores morais que devem reger a família. Deus criou o homem e a mulher.

Gn 1.27: "Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou;
homem e mulher os criou." (em algumas versões lê-se: "macho e fêmea os criou")

Ninguém nasce homossexual. Essa é uma prática aprendida que decorre de uma educação distorcida, de um abuso sofrido ou de uma escolha errada. Assim como ninguém nasce adúltero, de igual forma, ninguém nasce homossexual. Essa é uma escolha deliberada, que se transforma num hábito arraigado e num vício avassalador. Deus instituiu o casamento como uma união legal, legítima e santa entre um homem e uma mulher.

Gn 2.24: "Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne."

A relação homossexual é vista na Palavra de Deus como abominação para o Senhor 


Lv 18.22: "Não se deite com um homem como quem se deita com uma mulher; é repugnante." (abominação)A união homossexual é vista como um erro, uma torpeza, uma paixão infame, algo contrário à natureza (Rm 1.24-28 - texto citado acima).

A Palavra de Deus diz que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, a não ser que se arrependam dessa prática 


1Co 6.9,10: "Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus."

Porém, aqueles que se convertem a Cristo e são santificados pelo Espírito Santo recebem uma nova mente, uma nova vida e o completo perdão divino.


1Co 6.11: "Assim foram alguns de vocês. Mas vocês foram lavados, foram santificados, foram justificados no nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito de nosso Deus."

TATUAGEM GOSPEL - VOCÊ É CONTRA OU A FAVOR?

TATUAGEM GOSPEL - VOCÊ É CONTRA OU A FAVOR?


"Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pelarenovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12.1-2)

É lamentável ver que, a cada dia que passa, nos deparamos com crentes cada vez mais distantes da palavra, que ao invés de influenciar, de ser sal e luz, de não tomar a forma deste mundo, seguem os modismos, se assentam na roda dos escarnecedores. Estes, diante de qualquer admoestação, logo proferem a máxima nascida no inferno: "Não tem nada a ver!" 

Com a aprovação de pastores e líderes de igrejas evangélicas muitos jovens estão aderindo a moda gospel das tatuagens. Há quem prefira versículos bíblicos, outros optam por tatuar nome ou logotipo da denominação como fizeram alguns membros da Igreja Renascer em Cristo. O modismo das tatuagens tem se infiltrado principalmente em igrejas neo-pentecostais onde o mundanismo na igreja é bastante visível como se pode constatar nas programações de baladas gospel, batismo em parque aquático, festa gospel a fantasia, funk, axé gospel e outras bizarrices do gênero .
Confira algumas tatuagens "gospel":








E você, o que acha? Você pode dar a sua opinião postando um comentário abaixo. Desde já, obrigado pela sua contribuição. Deus o abençoe!





“Eu poderia estar melhor do que estou hoje? Porque não estou?”

PASTORAL: PREPARANDO-SE PARA O FUTURO


“Vês a um homem perito na sua obra? Perante reis será posto; não entre a plebe.”
(Provérbios 22.29)




É preciso ter uma vida com propósitos e planejada, é necessário mensurar o crescimento e estabelecer metas claras a serem alcançadas nesse crescimento. Por diversas vezes vamos deixando a vida correr de forma solta. Enquanto estudantes nas escolas e faculdades nós crescíamos porque éramos cobrados em nossos testes e provas. Hoje paramos de crescer porque não somos cobrados, se não nos impormos uma determinada cobrança não cresceremos e permaneceremos estagnados por muito tempo. Para continuar crescendo é importante a imposição de regras.

Para saber se você ainda tem algo a conquistar faça a si mesmo a seguinte pergunta:
“Eu poderia estar melhor do que estou hoje? 
Porque não estou?” 
Normalmente quando percebemos que podíamos ser melhores verificamos que durante o processo faltou disciplina.

Para que o processo de desenvolvimento seja contínuo precisamos estar atualizados, a fim de buscarmos o aperfeiçoamento. Nos dias de hoje as coisas estão mudando rapidamente ao nosso redor, se coloramos hoje, por exemplo, uma máquina de datilografia na frente de uma criança, ela muito provavelmente não saberá do que se trata. Da mesma forma, se colocarmos um tablet na frente de um idoso que não se atualizou ele muito provavelmente não saberá tirar o melhor proveito deste aparelho.

O que você está fazendo para melhorar a sua vida pessoal?
Quais são os propósitos e metas que você tem definido para sua vida?
Muitas pessoas não conseguem se desenvolver no processo de crescimento e acabam colocando a culpa em DEUS e dizem: “DEUS não está me ouvindo”. Não é que Ele não está ouvindo, nós é que não nos preparamos adequadamente para vencermos os desafios que Ele mesmo nos deu o subsídio necessário para vencer, a Bíblia declara em 1 Coríntios 10.13 
“Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar”. 

Observe o exemplo, para crescermos espiritualmente DEUS nos deixou as ferramentas como a Palavra, oração e jejum. Cabe a nós utilizarmos essas ferramentas para nos desenvolvermos a nossa vida espiritual, utilizá-las cabe totalmente a nós.

Somente dizermos que temos fé de que tudo irá melhorar não é o suficiente. A fé precisa ser coerente e ser acompanhada de atitudes e capacitações. Na parábola dos talentos vemos que o Senhor deu mais recursos aqueles que eram mais capacitados. Diante disso qual seria nosso saldo hoje? Positivo ou negativo?

Normalmente tomamos atitudes diferentes quando sofremos uma grande perda, diante desta situação reavaliamos nossos hábitos. Não espere uma tragédia, ou maus acontecimentos para reavaliar seus hábitos, se antecipe planejando. "Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?" Lucas 14.28.





Qual é nossa parte no avanço? Deus tem a dEle bem clara, e nós temos a nossa? JESUS quando foi ressuscitar a Lázaro disse: “tirai a pedra”. Essa era a parte do povo. Descubra qual e a sua parte no processo, se capacite e a desempenhe com excelência, desta forma você estará em constante processo de desenvolvimento.

Que Deus te dê um futuro feliz. Amém!!

Pr. Dener Maia
Pastoral do Domingo 04 de Janeiro de 2015 

Os 10 jogadores com os maiores salários do mundo 2015...

Posted: 29 Mar 2015 11:59 PM PDT
Cristiano Ronaldo pode ter sido o melhor jogador do mundo em 2014, mas quando se trata da conta bancária, foi seu rival argentino, Lionel Messi que engordou mais sua fortuna. Segundo o ranking 2015 divulgado recentemente pela revista France Football





estes são osjogadores de futebol mais bem pagos do mundo:




.
  1. Lionel Messi (Barcelona): 65 milhões de euros por ano
  2. Cristiano Ronaldo (Real Madrid): 54 milhões de euros
  3. Neymar (Barcelona): 36,5 milhões de euros
  4. Thiago Silva (Paris Saint-Germain): 27,5 milhões de euros
  5. Robin Van Persie (Manchester United): 25,6 milhões de euros
  6. Gareth Bale (Real Madrid): 23,8 milhões de euros
  7. Wayne Rooney (Manchester United): 22,5 milhões de euros
  8. Zlatan Ibrahimovic (Paris Saint-Germain): 21,5 milhões de euros
  9. Sergie Agüero (Manchester City): 21,2 milhões de euros
  10. Robert Lewandowski (Bayern de Munique): 20,2 milhões de euros



Fonte: France Football